Pais já pagam explicações de Fortnite aos filhos

O negócio dos jogos movimenta muito dinheiro, não só para as produtoras, mas também para os diversos jogadores profissionais e Youtubers que divertem os seus fãs ao partilharem os seus jogos. Mas o Fortnite está a elevar a fasquia a um novo nível.

Já havia diversas formas de ganhar dinheiro com o Fortnite, por exemplo através da venda de contas, ajuda e proteção no jogo. Mas os próprios pais das crianças entrarem diretamente no negócio, é realmente levar o jogo a um novo nível.

A notícia acaba por não surpreender os mais atentos, já que o jogo da Epic Games é um sucesso a nível mundial e envolve, cada vez mais, jogadores – e dinheiro. A própria Epic Games anunciou que durante 2018 iria investir 100 milhões de dólares em torneios, ajudando a aumentar o alcance do Fortnite.

A procura por parte dos jogadores deste jogo não é nova, mas o vício e o envolvimento que os jovens têm neste caso, bem como o seu sucesso, eleva a fasquia da forma como olhamos para a sociedade e como ela reage.

Para os especialistas, há duas razões que levam os pais norte-americanos a pagar explicadores de Fortnite para os seus filhos. Um dos principais motivos é para evitar a exclusão social devido ao jogo.

Com o sucesso que o jogo atingiu, ser bom jogador está a ditar a popularidade dos jogadores na sua vida real – nas escolas e na sociedade – o que levar, contam o USA Today e o Wall Street Journal, os seus próprios pais, preocupados com o bem estar, imagem social e a inserção dos filhos na sociedade, a pagar explicações do jogo.

Segundo é possível pesquisar em sites de classificados, como o Craigslist ou o eBay, e nas redes sociais, as explicações variam entre os 10 e os 25 dólares por hora.

Mas o outro grande motivo que está a levar os pais norte-americanos a pagar explicações de Fortnite, prende-se com a nova tendência das faculdades dos EUA, cujas propinas são normalmente caras, que estão a oferecer bolsas de estudo para equipas de eSports – sendo o Fortnite um dos jogos mais populares.

Algumas faculdades têm já equipas de eSports em competição, oferecendo milhares de dólares em bolsas de estudo e prémios para os estudantes.

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Porra, por causa destas e outras que tais que nunca vou ser popular, talvez se tivesse Facebook ainda houvesse esperança.

  2. revivendo as façanhas do personagem asterix em que ele dizia: “este romanos sao louco”
    afinal podemos aplicar a mesma frase para os americanos: “estes americanos sao doidos”
    estamos a criar vicios em vez de se criar bons estudantes e bons empregos (apesar de serem bem pagos para integrarem as equipas)
    dantes era o desporto (basquet, futebol americano, etc) agora sao os jogos
    daqui a uns tempos estao a gastar dinheiro na cura da dependencia dos jogos e como tem acontecido, ha mortes por causa do vicio dos jogos
    é a sociedade que temos

RESPONDER

Vacina da gripe já está disponível. SNS tem 1,4 milhões de doses

A vacina da gripe começa esta segunda-feira a estar disponível, sendo gratuita e sem necessidade de receita médica no Serviço Nacional de Saúde para pessoas a partir dos 65 anos, residente em lares e para …

Encontrado raro caracol fossilizado em âmbar com 99 milhões de anos

Uma equipa internacional de paleontólogos descobriu em Mianmar um caracol incrivelmente fossilizado em âmbar datado de há cerca de 100 milhões de anos - sendo, por isso, contemporâneo dos dinossauros.  Ao contrário da maioria dos …

Se não pararmos de comer carne, vamos acabar com o planeta

Cada cidadão deverá reduzir em 75% o seu consumo de carne de vaca, 90% de carne de porco, comer metade da quantidade de ovos e triplicar o consumo de sementes e frutos secos. Segundo um estudo …

Encontrado o mais antigo registo sobre Jerusalém

Especialistas da Autoridade de Arqueologia de Israel (AAI) encontraram uma pedra com uma inscrição de dois mil anos de idade na qual se lê "Jerusalém" em hebraico. Encontrada numa escavação subterrânea por baixo do Centro de …

NASA tem esperança que os ventos de Marte reanimem a Opportunity

Os ventos fortes, que se fazem sentir em Marte num determinado período do ano, poderão ajudar a limpar a poeira dos painéis solares do rover Opportunity, que está adormecido desde junho. De acordo com a …

Dormir muito é tão prejudicial como dormir pouco

Um novo estudo descobriu que dormir muito pode ter consequências tão prejudiciais para a saúde como dormir pouco, reduzindo igualmente as capacidades cognitivas.  Um grupo de cientistas da Universidade norte-americana de Ontario conduziu em junho de 2017 …

Cientistas desenvolveram uma retina humana em laboratório

Cientistas da Johns Hopkins University, nos Estados Unidos, desenvolveram a partir do zero tecido da retina humana para aprender como é que são compostas as células que nos permitem ver o mundo a cores. Os cientistas …

Asteróide deixa cientistas perplexos com a sua superfície incomum

Cientistas receberam os primeiros dados e fotos do rover MASCOT, que pousou recentemente na superfície do asteroide Ryugu, e ficaram completamente perplexos. Os dados obtidos apontam para uma quantidade extremamente baixa de poeira na superfície do …

Ossadas contam história de criança neandertal devorada por pássaro gigante da Idade do Gelo

Arqueólogos descobriram os restos humanos mais antigos já encontrados na Polónia. Análises posteriores revelaram pertencerem a uma criança neandertal que terá sido devorada por um pássaro gigante. Apesar de as ossadas terem sido recuperadas há já …

Cientistas descobrem de que são feitos os exoplanetas semelhantes à Terra

Investigadores da Universidade de Zurique analisaram a composição e estrutura de exoplanetas distantes usando ferramentas estatísticas. A sua análise indica se um planeta é parecido com a Terra, se é composto por rocha pura ou …