Pai de Martim vai processar ex-mulher por negligência

GNR / Facebook

"É com enorme satisfação que partilhamos o momento em que encontrámos o Martim!", partilhou a GNR esta manhã

“É com enorme satisfação que partilhamos o momento em que encontrámos o Martim!”, publicou a GNR nas redes sociais

O pai da criança de dois anos que desapareceu em Ourém, na passada segunda-feira, vai processar a ex-mulher por negligência e pedir a alteração da guarda parental.

O pai do Martim, o menino de dois anos que, na passada segunda-feira, desapareceu de casa dos avós em Ourém, no distrito de Santarém, vai processar a ex-mulher por negligência.

Em declarações à TVIMarco Teixeira diz que vai “fazer tudo para defender os interesses do filho” e que, por isso, vai ainda pedir ainda a alteração da guarda parental.

A guarda da criança tinha sido atribuída, na passada sexta-feira, a Sandrina Silva. O menino desapareceu das traseiras da residência, depois de a avó se ter ausentado por breves instantes.

O Martim esteve desaparecido durante 25 horas e foi encontrado, na manhã de terça-feira, por militares da GNR, a cerca de um quilómetro da zona de onde tinha desaparecido.

De acordo com a imprensa, o menor terá passado a noite ao relento numa zona de pinhal e foi depois observado por médicos. Entretanto, já teve alta hospitalar e está bem de saúde.

Ao canal televisivo, o advogado do pai, Lourenço Pinto, explicou que “o processo de regulação das responsabilidades parentais vai seguir os seus trâmites”.

“O Marco veio a deparar-se com uma situação que não pode nem deve acontecer”, afirmou, acrescentando que o pai vai constituir-se assistente no processo-crime relativo ao desaparecimento.

“A regulação das responsabilidades parentais é uma palavra bonita. Tutela também o é, guarda também, mas é preciso que as pessoas que têm essa responsabilidade sintam que têm obrigações também dos deveres objetivos de cuidado”, declarou.

“Não pode nem deve abandonar-se uma criança por 10, 15, 20 ou 30 minutos, o que for, porque dá motivos para estas coisas”, salientou o advogado.

“O dever objetivo de cuidado inclui vigilância e cuidado. São palavras que não podem ficar apenas no dicionário”, concluiu.

ZAP

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Temos aqui um caso que de estranho não tem nada, graças a Deus. A criança desaparece durante mais de 24 horas, passa a noite no meio do mato, com bastante chuva e frio, quando é encontrada não está molhada nem com hipotermia.
    O pai aparece no dia seguinte e vai pedir a guarda parental por negligência da mãe.
    Nada estranho não senhor.

  2. está bem à vista, que o Menino foi retirado de casa da avó, com seu consentimento, para que o pai, que já estava combinado com quem o foi buscar a casa da avó, o levar para França.
    Para se comprovar isso, seria bom saber, quando e a que horas, o pai marcou a viagem para portugal. De certo , iriam verificar que essa viagem estava marcada para esse dia. Não é possível, que um bebe de 2 anos, percorra 2 Km em floresta, sem, pelo que parecia, estar sujo ou não ter qualquer arranhão. É evidente, que foi posto lá nesse dia. Bom isto sou eu a sonhar, sonho esse , em que eu acredito.

  3. .Isto e muito interessante, o pai em primeiro lugar devia estar preocupado em saber o que realmente aconteceu ao filho e depois sim resolvia a questao da guarda do menino. Tao coveniente para si senhor pai tudo isto que aconteceu com o menino. DEUS QUEIRA QUE NAO ACONTECEU AQUILO QUE ESTOU A PENSAR, eu tenho o direito de pensar. QUE A JUSTIÇA FUNCIONE RAPIDAMENTE. TUDO È MUITO ESQUISITO.

RESPONDER

Cientistas criam algoritmo para identificar covid-19 a partir do som da tosse

Investigadores de vários países criaram um algoritmo que afirmam poder identificar se uma pessoa tem covid-19 a partir do som da sua tosse. Cientistas do México, Estados Unidos, Espanha e Itália, liderados por uma equipa do …

Para proteger o fundo do mar, novo sistema permite atracar vários barcos com uma só "âncora"

Quando vários barcos se amontoam numa enseada durante a noite, cada um deles lança uma âncora que pode potencialmente danificar os corais e a vida marinha no fundo do mar. O sistema Seafloat foi criado …

Japão e Estados Unidos assinam acordo de cooperação para exploração da Lua

O Ministério da Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia do Japão e a agência espacial dos Estados Unidos (NASA) assinaram um acordo de colaboração entre os dois países no programa Artemis, para a exploração da …

Washington Redskins mudam de nome por ser considerado racista

A equipa de futebol americano, até aqui denominada de Washington Redskins, vai abandonar essa designação, considerada de teor racista, para designar nativos da América do Norte. Em comunicado, a equipa de Washington explicou que, depois de uma …

Flores precisaram de cerca de 50 milhões de anos para se tornarem o que são hoje

As plantas com flor evoluíram há cerca de 100 milhões de anos, mas precisaram de outros 50 milhões de anos para diversificar e tornarem-se aquilo que são hoje, sugere uma equipa de investigadores. Os cientistas documentaram …

Estudo sugere que imunidade à covid-19 pode desaparecer em poucos meses

A imunidade adquirida por anticorpos após a cura da covid-19 pode desaparecer em alguns meses, o que poderá complicar o desenvolvimento de uma vacina eficaz a longo prazo, sugere um estudo britânico divulgado esta segunda-feira. "Este …

60 anos depois, já se sabe o que aconteceu aos 9 russos que desapareceram na Montanha da Morte

Passados 61 anos, o mistério da morte de nove esquiadores russos que faziam uma caminhada pelos Montes Urais, perto da chamada Montanha da Morte, foi finalmente resolvido. Em 1959, nove viajantes russos que faziam uma caminhada …

Médicos Sem Fronteiras é "institucionalmente racista", acusam atuais e ex-colaboradores

Uma declaração assinada por mil atuais e ex-funcionários revela que a Organização Não Governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF) é "institucionalmente racista" e reforça o colonialismo e a supremacia branca no trabalho humanitário que pratica. Na …

Empresa culpada pela crise de opioides fez contribuições políticas após declarar falência

A Purdue Pharma, empresa culpada pela crise de opioides nos Estados Unidos, fez contribuições políticas após ter sido processada e declarado falência. Os opioides são usados para aliviar a dor, mas também provocam uma sensação exagerada …

Norte-americano morre após ir a festa para provar que a covid-19 é uma farsa

Um norte-americano de 30 anos, de San Antonio, no estado do Texas, morreu de covid-19 depois de ir a uma festa para provar que a doença era uma farsa, informou a media local. O homem foi …