“Pai” da Bitcoin obrigado a entregar metade da sua fortuna

O homem australiano que se autodeclarou como o criador da bitcoin em 2016 foi ordenado a transferir metade do seu património na moeda digital à família do antigo parceiro de negócios, Dave Kleiman, que morreu há seis anos.

Agora, Craig Wright, 49 anos, com uma fortuna que o próprio diz ser de um milhão de bitcoins (mais de dez mil milhões de dólares, ao preço atual), pode ter de pagar o equivalente a cerca de cinco mil milhões de dólares (4,5 mil milhões de euros).

A decisão veio de um juiz na Florida que acredita Wright terá submetido documentos falsos em tribunal sobre o seu papel na criação da divisa digital. O processo judicial começou em 2018, quando Craig Wright foi acusado pelo irmão de Kleiman de roubar mais de quatro mil milhões de euros na moeda digital ao seu parceiro de negócios. Na altura, a família – que hoje acredita que Dave Kleiman esteve envolvido no processo de criação da divisa – pedia oito mil milhões de euros.

Vários aficionados da criptomoeda esperavam que o processo em tribunal trouxesse novas pistas sobre o verdadeiro criador da bitcoin. Mas não foi o caso, de acordo com o Publico. Nem se conseguiu determinar exatamente quantas bitcoin Wright tem.

Se tiver, de facto, um milhão de bitcoins, o montante coloca o homem australiano como uma das 400 pessoas mais ricas do mundo – embora vender uma grande quantidade de bitcoins possa fazer baixar rapidamente o preço de uma moeda conhecida pela volatilidade.

No resumo dos procedimentos legais, o juiz responsável pelo caso frisa que “o tribunal não é obrigado a decidir, e não decide, se o acusado, o dr. Craig Wright, é Satoshi Nakamoto, o alegado criador da ciberdivisa bitcoin”, nem “quantas bitcoin o senhor Wright detém, nem se as tem”.

A sentença resulta de uma sequência de testemunhos incoerentes, documentos falsificados e outros que ficaram por entregar. “Quando era favorável, o senhor Wright parecia ter uma excelente memória e atenção a detalhes. De resto, era agressivo e evasivo”, lê-se nos documentos do tribunal.

Até 2015, o nome de Craig Wright nunca tinha surgido associado à bitcoin, que foi criada em 2009. A atenção mediática chegou com a notícia de que as autoridades australianas estavam a investigar o envolvimento de Wright com a bitcoin, levando a suspeitas que fosse o criador da tecnologia. Cinco meses depois, o australiano confessou ser de facto o misterioso “Satoshi Nakamoto”.

Foi nesta altura, que a família de Kleiman percebeu o nível de envolvimento de Dave Kleiman na tecnologia. Os dois começaram a falar em 2008, meses antes de Satoshi Nakamoto – o pseudónimo do criador da bitcoin – ter publicado um artigo na Internet a explicar como funcionaria a moeda.

Kleiman era um antigo militar do exército dos EUA, paraplégico desde 1995, que se dedicava à programação. Desde 2000 que escrevia sobre uma nova forma de dinheiro eletrónico em fóruns que mais tarde foram utilizados por Satoshi Nakamoto para divulgar informação sobre a bitcoin. Foi encontrado morto em casa, em Miami, EUA, em 2013. Uma arma ao seu lado e uma bala no tapete pareciam indicar suicídio, mas a causa oficial de morte foi a infecção com uma bactéria resistente à penicilina.

Estava falido, mas pouco antes da morte tinha fundado uma empresa com Wright para produzir bitcoins. Wright terá dito à família de Kleiman que esta poderia no futuro vender as ações de Kleiman da empresa, mas esse dia nunca chegou. Em 2018, a família decidiu seguir pela via legal.

Em declarações à imprensa, o porta-voz de Wright, Ed Pownall, diz que o Tulip Trust é uma prova clara de que o seu cliente é o verdadeiro criador da bitcoin, mas a identidade de Craig Wright como criador da bitcoin continua a ser questionada.

Se fosse o criador, seria fácil provar a sua identidade porque qualquer transação com bitcoins é pública e assinada com a combinação de uma chave pública e privada. Para provar que alguém é o misterioso inventor da bitcoin, bastaria assinar digitalmente outra transação com a mesma chave privada de Satoshi Nakamoto – algo que Wright nunca fez.

Wright também continua a alegar ser incapaz de transferir as bitcoins para a família de Dave Kleiman. No futuro, a transação poderá também afetar o valor da bitcoin.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Está a nascer um mosteiro de 6 milhões de euros em Bragança (e vai acolher monjas italianas)

A aldeia de Palaçoulo, em Miranda do Douro, Bragança, foi o local escolhido para a localização do futuro Mosteiro Trapista de Santa Maria, Mãe da Igreja. A obra orçada em seis milhões de euros constitui …

Crédito ao consumo atingiu recorde de 7,6 mil milhões em 2019

O montante dos novos créditos ao consumo aumentou 7,1% em dezembro do ano passado, face ao mesmo mês do ano anterior, para 667,954 milhões de euros. De acordo com o os dados divulgados pelo Banco de …

Hamas engana soldados israelitas com fotografias de mulheres

Dezenas de soldados israelitas foram alvo de um ataque informático do Hamas, que usou fotografias de mulheres para infetar os seus telemóveis. De acordo com a BBC, o tenente-coronel Jonathan Conricus afirmou que os soldados receberam …

"Navio fantasma" dá à costa na Irlanda depois de mais de um ano à deriva

Um "navio fantasma" abandonado, que esteve mais de um ano à deriva, apareceu agora na costa de Ballycotton, uma vila costeira no condado de Cork, na Irlanda. Segundo o Irish Post, o navio MV Alta, de 77 metros …

12.º caso suspeito de coronavírus em Portugal deu negativo

O mais recente caso suspeito de coronavírus deu negativo, anunciou, esta terça-feira, a Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com a Direção-Geral da Saúde, citada pelo jornal online Observador, a criança regressada da China que foi …

Vinte governadores brasileiros assinam carta com críticas a Bolsonaro

Vinte dos 27 governadores do Brasil subscreveram esta terça-feira uma carta dirigida ao Presidente do país, Jair Bolsonaro, que acusam de falta de diálogo, criticando também algumas das suas declarações públicas. "Recentes declarações de Jair Bolsonaro …

Super Bock e Sagres aliam-se em campanha contra o racismo

As duas marcas de cerveja aliaram-se numa campanha contra o racismo, depois do episódio ocorrido, no passado domingo, com Moussa Marega, no Estádio D. Afonso Henriques. "Contra o racismo, não há rivais" é o mote da …

Conselho de Disciplina abre processo disciplinar ao Vitória de Guimarães

O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) anunciou, esta terça-feira, a abertura de um processo disciplinar ao Vitória de Guimarães, devido aos insultos racistas a Moussa Marega. O avançado do FC Porto recusou-se …

Pinto da Costa confirma fim da carreira de Casillas. E diz que episódio com Marega é um caso de polícia

O presidente do FC Porto confirmou, esta terça-feira, o fim da carreira do guarda-redes espanhol, que anunciou a intenção de se candidatar à presidência da Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF). O dirigente portista falou aos …

Águias-de-Bonelli encontradas mortas no Douro Internacional

Duas águias-de-Bonelli jovens foram encontrados mortas no Douro Internacional, após terem sido marcadas com emissores GPS em 2018 e 2019, anunciaram na segunda-feira técnicos ligados a um projeto ibérico de salvaguarda destas aves. "O facto de …