Padre acusado de usar esmolas para comprar carros

O Ministério Público acusou o padre António Teixeira por ter usado dinheiro de esmolas para comprar carros e vendido arte sacra da paróquia do Santo Condestável, em Lisboa, para uso próprio.

Esta sexta-feira, o jornal Público avança que o Ministério Público acusou António Teixeira, padre de paróquias como Santo Condestável, em Lisboa, e Nossa Senhora dos Remédios, em Carcavelos, de ter usado dinheiro de esmolas para proveitos próprios e para comprar carros.

A maioria dos carros eram usados e de gama média, mas o pároco, que auferia 820 euros mensais líquidos, também chegou a comprar um Mercedes classe A por 36 mil euros. O diário adianta que o sacerdote está ainda acusado de ter vendido arte sacra das paróquias que tinha a cargo no valor de dezenas de milhares de euros.

Desta forma, o padre ficou formalmente acusado dos crimes de furto qualificado, de abuso de confiança agravado e branqueamento de capitais, delito que pode valer até 12 anos de prisão.

O sacerdote nega as acusações. António Teixeira, que não tem atualmente nenhuma paróquia a seu cargo, continua a celebrar missa aos domingos na igreja da Madorna, em S. Domingos de Rana, Cascais. O Patriarcado de Lisboa disse que aguarda a conclusão do processo e afirma estar disponível para colaborar com as autoridades.

A investigação durou seis anos. Segundo o Público, neste período de tempo, o arguido foi proprietário de 19 carros, a maioria de gama média ou usados. O clérigo justifica os gastos e alegados desvios de dinheiro e de arte sacra como ações de gestão necessárias para as igrejas que tem tido a cargo.

Por sua vez, o Ministério Público refere que os automóveis foram comprados para dissimular a origem do dinheiro. “O arguido sabia que a multiplicidade de movimentos bancários e a emissão de cheques, fazendo girar o dinheiro por diversas contas, dificultava o seguimento do seu trajeto”, aponta a acusação.

Entre a alegada arte sacra desviada estão artigos de reliquiários como um cálice cerimonial adornado com safiras, rubis e esmeraldas, mobiliário eclesiástico, objetos em prata ou marfim, como crucifixos e custódias, e várias imagens do séc. XVII. Segundo a acusação, tratam-se de peças “de valor histórico e religioso que foram retirados do interior da igreja e da residência paroquial e vendidos pelo arguido sem o consentimento da diocese”.

O Público refere que a venda de alguns destes artigos precisa de autorização do Vaticano, o que não terá acontecido.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Será que os padres acreditam mesmo em Deus? Não serão eles os maiores ateus? Dizem-se os representantes de Jesus na terra e fazem estas coisas. Não sabem que Deus os observa e conhece os seus corações? Realmente são homens de muita fé. Ser padre é um modo de vida fácil e sem preocupações. Servem-se de Deus para fazerem o que lhes apetece. E generalizo! Ai se Jesus viesse à terra, o chicote ia trabalhar sobre estes hipócritas. Poucos são os padres dignos na religião católica. Há momentos em que se tem de partir tudo e não ficar pedra sobre pedra. Haja Deus!

    • Claro que não!!
      Por saberem perfeitamente que tudo que pregam é uma autêntica vigarice é que não faltam casos destes (e outros, muito mais graves)!!

  2. É sabido que padre é ser humano. Portanto, sujeito a todas as fraquezas do ser humano. Ainda por cima sob supervisão, em muitos casos, demasiado ligeira. E, por vezes, talvez, com insuficiente apoio espiritual. Dependendo do carácter de cada um, tudo isto pode tornar-se a razão que leva ao acolhimento de pensamentos pouco cristãos que acabam por desencadear acções nada morais.
    Como na vida secular, é profundamente lamentável que estas coisas aconteçam, porém, parece-me, ainda assim, com um grau de incidência bastante inferior ao que se verifica p. ex. na vida política, senão mesmo na actividade geral da sociedade.
    Penso que não devemos estigmar toda uma classe pelos procedimentos incorrectos de alguns.

RESPONDER

Células estaminais podem ajudar a proteger os astronautas da radiação espacial

Assim que os astronautas deixam a proteção do campo magnético da Terra, ficam automaticamente expostos a níveis elevados de radiação cósmica. A Agência Espacial Europeia (ESA) está cada vez mais focada em investigações para reduzir …

Pandemia pode trazer nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas

A pandemia de Covid-19 pode trazer uma nova geração de robôs capazes de realizarem tarefas perigosas como limpeza de superfícies infetadas ou vigiar pessoas em quarentena, afirmam esta quarta-feira alguns dos principais investigadores internacionais em …

Multimilionários refugiam-se da Covid-19 a bordo de iates

Vários multimilionários têm procurado refugiar-se da pandemia de Covid-19, que nasceu em dezembro passado na China, em alto mar, a bordo de iates de luxo. Em declarações ao jornal The Telegraph, Jonathan Beckett, executivo da …

Este mamífero consegue sobreviver a quase sete mil metros de altura

Cientistas pensam ter confirmado que um pequeno rato descoberto no vulcão Llullaillaco, nos Andes, é o mamífero que consegue viver à maior altitude já conhecida (6739 metros). Segundo o IFLScience, o Phyllotis xanthopygus rupestris foi descoberto, …

O glaciar Denman recuou quase cinco quilómetros nos últimos 22 anos

O glaciar Denman, na Antártica Oriental, recuou cerca de cinco quilómetros nos últimos 22 anos. Investigadores da Universidade da Califórnia, Irvine e do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA estão preocupados coma topografia exclusiva …

Gruta em Setúbal mostra que os Neandertais também eram pescadores

Cientistas encontraram restos de alimentos numa gruta, no distrito de Setúbal, que comprovam que os Neandertais também se alimentavam de espécies marinhas. De acordo com o jornal espanhol ABC, restos encontrados por uma equipa de arqueólogos …

Associação alerta para riscos da mudança da hora em tempos de confinamento

O presidente da Associação Portuguesa de Cronobiologia e Medicina do Sono advertiu hoje que os efeitos potencialmente adversos causados pela mudança da hora podem acentuar-se devido ao confinamento obrigatório das pessoas na sequência da pandemia …

Governo português legaliza estrangeiros ilegais. "A prioridade é a defesa da saúde"

O Governo português decidiu regularizar os estrangeiros com pedidos pendentes no Serviço de Estrangeiros e Fronteiras, medida em vigor desde a declaração do estado de emergência, no dia 19, e que lhes garante os mesmos …

Cirque du Soleil despediu 95% dos trabalhadores e pode ir à falência (mas vai dando shows online)

O Cirque du Soleil pode ser mais uma vítima do coronavírus. A empresa que gere o circo está a analisar a possibilidade de declarar a falência devido a dívidas avultadas e depois de ter despedido …

Ordem dos Médicos está a avaliar uso de medicamento não testado para travar Covid-19

Portugal pode tornar-se no segundo país do mundo a usar hidroxicloroquina como forma de prevenção de Covid-19. A Ordem dos Médicos (OM) estará a estudar essa possibilidade, de acordo com o Expresso. O semanário refere que …