Há uma orquestra presa num palácio da Alemanha há 75 dias

Um grupo de músicos bolivianos, que pertencem à Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos, está confinado no Palácio Rheinsberg, na Alemanha, há cerca de 75 dias devido à pandemia de covid-19.

No início de março, os membros da Orquestra Experimental de Instrumentos Nativos viajou desde a capital da Bolívia, La Paz, para a Alemanha, onde se instalou no Palácio Rheinsberg, a uma hora e meia de Berlim.

O grupo de músicos chegou à Alemanha no dia 10 de março para se preparar durante duas semanas para uma digressão na Europa. Porém, o confinamento decretado para conter a pandemia de covid-19 deixou-os presos no palácio. Dias depois, a Bolívia encerrou as fronteiras.

“O nosso autocarro avariou no caminho para cá. Em brincadeira, lembro-me de dizer que era um sinal de azar e que os nossos concertos iam ser cancelados. Mas nunca pensei que isto acontecesse”, disse um dos membros da orquestra, em declarações à emissora britânica BBC.

Os 27 membros da orquestra estão alojados num hostel dentro da propriedade do Palácio Rheinsberg. Para passar o tempo, o grupo tem ensaiado três horas de manhã e três horas à tarde e passeado.

A Alemanha já começou o período de desconfinamento, mas a Bolívia mantém as fronteiras fechadas a voos internacionais. A embaixada boliviana está a tentar repatriar os músicos no início de junho, mas as autoridades bolivianas não estão a facilitar.

“As pessoas lá pensam que estamos num conto de fadas. Já recebi centenas de mensagens a dizerem para parar de reclamar porque estou a viver como uma princesa num castelo alemão”, revelou uma das músicas da orquestra.

No Facebook, os músicos criticam resistência do seu próprio país em trazê-los para casa. “A Cancillería Bolivia não nos deu alternativas que nos permitam vislumbrar um regresso próximo. Felizmente, há instituições alemãs que nos estão a apoiar”.

Pese a la incertidumbre sobre nuestro retorno a Bolivia, seguimos ensayando y haciendo varias actividades para mantener…

Publicado por OEIN Orquesta Experimental de Instrumentos Nativos em Terça-feira, 14 de abril de 2020

O Palácio Rheinsberg, com seis séculos de história, foi a casa de várias figuras da realeza e da aristocracia alemã, incluindo de Frederico II, monarca do século XVIII.

No palácio, há animais selvagens e histórias de fantasmas. “Costumamos dizer que o fantasma do rei nos segue. Normalmente não acredito nessas coisas, mas parece que há mesmo fantasmas no palácio”, disse um elemento da orquestra.

Apesar de tudo, os membros admitem que podiam estar numa situação pior. “Há lugares piores para ficar preso. Quando acordo, vejo o sol nascer sobre a floresta e o lago. Em casa, só ouço o som do trânsito”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Israel cria "task force" para reverter boicote da Ben & Jerry's na Cisjordânia

Israel criou uma task force para pressionar a empresa de gelados norte-americana Ben & Jerry's e a sua proprietária, Unilever, a reverterem a decisão de boicotar a ocupação israelita na Cisjordânia. "Precisamos de aproveitar os 18 …

Violência armada. 430 mortos na última semana nos EUA e 2021 pode ser dos piores anos de sempre

Só na semana passada registaram-se cerca de 430 mortos e mais de 1000 feridos associados a tiroteios, num ano que está a ser marcado pelo aumento da violência armada nos Estados Unidos. O ano passado foi …

Principais indicadores da crise climática estão a atingir "ponto de inflexão", revela estudo

Um novo estudo sobre os sinais vitais do planeta revelou que muitos dos principais indicadores da crise climática estão a piorar e a aproximar-se ou ultrapassar os pontos de inflexão, à medida que as temperaturas …

Biden acusa a Rússia de tentar intervir nas eleições de 2022 para o Congresso

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Joe Biden, acusou na terça-feira o seu homólogo russo, Vladimir Putin, de tentar interferir nas eleições para o Congresso de 2022, espalhando "desinformação". "Veja o que a Rússia já está …

Polícias rejeitam proposta do MAI para o subsídio de risco e prometem novos protestos

Os sindicatos da PSP e as associações socioprofissionais da GNR rejeitaram, esta quarta-feira, a proposta apresentada pelo Governo para o subsídio de risco e prometem novos protestos até que seja atribuído "um valor justo". "Saímos completamente …

Desta vez, van Vleuten ganhou mesmo (aos 38 anos)

Ficou para trás o episódio caricato do último domingo. Annemiek van Vleuten é a nova campeã olímpica de ciclismo, contrarrelógio. Annemiek van Vleuten iria ficar ligada a um dos momentos mais insólitos, ou mesmo o mais …

Bruxelas assegura aquisição de medicamento para tratamento precoce da covid-19

A Comissão Europeia anunciou, esta quarta-feira, um contrato de aquisição conjunta com a farmacêutica GlaxoSmithKline (GSK) para a compra do sotrovimab, um medicamento destinado ao tratamento precoce da covid-19, cuja utilização está a ser analisada …

Vacinados escapam às restrições da "lista âmbar" britânica

Pessoas vacinadas contra a covid-19 que viagem a partir dos Estados Unidos (EUA) ou da União Europeia (UE) podem evitar a quarentena caso venham de um país da "lista âmbar" britânica, onde está Portugal. Segundo o …

Equador retira nacionalidade ao fundador da Wikileaks, Julian Assange

O governo equatoriano revogou a decisão de 2018 devido a incongruências burocráticas. O advogado de Assange já disse que vai recorrer e que a decisão foi tomada sem o fundador da Wikileaks ser ouvido. O Equador …

Os primeiros resultados dos Censos: Portugal perdeu população pela primeira vez desde 1970

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou, esta quarta-feira, os primeiros resultados dos Censos 2021, cujas respostas por via digital ultrapassaram os 99%. Portugal tem hoje 10.347.892 residentes, menos 214.286 do que em 2011, segundos os …