Ordem dos Médicos condena encerramento do SAMS e pede intervenção do Governo

O Conselho Nacional da Ordem dos Médicos condenou esta sexta-feira a decisão de encerramento total do hospital e clínicas do SAMS, serviço de saúde dos bancários, e instou o Governo a intervir com vista à reposição da normalidade.

A direção clínica do SAMS decidiu suspender os serviços devido à infeção pelo novo coronavírus de doentes e profissionais de saúde, tendo esclarecido que esta tinha sido a “melhor solução” encontrada e que iam ser aplicadas “novas regras de regime simplificado de ‘lay-off'”, garantindo a “salvaguarda da segurança e saúde” de profissionais e doentes.

Esta sexta-feira, num comunicado citado pela agência Lusa, a Ordem dos Médicos condenou a decisão “incompreensível dos órgãos dirigentes do SAMS, solidarizando-se com médicos e doentes, e exigiu a reposição de todas as condições que permitam manter o contacto e o acesso aos cuidados de saúde”.

“O Conselho Nacional da Ordem dos Médicos insta também o Governo, através do Ministério da Saúde, a socorrer-se do Estado de Emergência declarado, para ter uma intervenção que permita repor a normalidade no SAMS”, é sublinhado.

A Ordem considerou que “não é admissível que uma instituição privada fique de fora da solução, criando até mais dificuldades a outros hospitais do setor público, privado ou social, que agora somam à covid-19 os restantes doentes do SAMS que viram o seu acompanhamento abruptamente interrompido”.

No entendimento da Ordem, o custo público e para a saúde decorrente do encerramento de unidades de saúde torna obrigatória uma posição do Estado sobre este tema.

Na nota, a Ordem dos Médicos lembrou que a Direção-Geral da Saúde (DGS) veio esclarecer esta semana que apenas determinou o encerramento da urgência do hospital localizado nos Olivais, em Lisboa, não instando o fecho de toda a atividade do SAMS, como acabou por acontecer.

A Ordem salientou que o encerramento tem impacto nos mais de 90 mil beneficiários do SAMS, que deixaram de ter apoio, e também de forma indireta no Serviço Nacional de Saúde (SNS) e noutras unidades privadas, numa altura em que o país vive grandes dificuldades devido à pandemia.

O SAMS manteve-se apenas a funcionar “exclusivamente para assegurar os tratamentos em curso na Unidade de Oncologia e na Unidade de Radioterapia”, disse a Ordem.

“Para a prescrição de medicamentos urgentes foi assegurado apenas um número de telefone, o que tem inviabilizado a manutenção do contacto dos médicos com os doentes, bem como o acesso a dados clínicos necessários para apoiar decisões”, indicou.

Para a Ordem dos Médicos, a situação torna-se “ainda mais gravosa” pelo facto de, em 24 de março, ter sido enviado a todos os médicos do SAMS um e-mail individual informando que a Comissão Executiva iria aplicar o regime de ‘lay-off’.

“Viram-se assim os médicos com as suas agendas encerradas a partir dessa data e sem a possibilidade de manter pelo menos o contacto remoto/consulta telefónica com os doentes, como se mantêm noutras instituições do SNS ou privadas”, sublinhou.

A Ordem destacou ainda que o SAMS conta com “um total de cerca de 94 mil beneficiários, que durante anos foram seguidos pelos seus médicos nesta instituição onde têm toda a sua história clínica e que foram deixados ao abandono, sem continuidade de cuidados e com a sugestão de procurarem outras instituições, quebrando a relação médico-doente e violando todas as regras éticas”.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, já infetou mais de um milhão de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 50 mil. Em Portugal registaram-se 209 mortes associadas à Covid-19 e 9.034 casos de infeção confirmados, segundo o balanço feito hoje pela Direção-Geral da Saúde.

Portugal iniciou às 00:00 desta sexta-feira a renovação do estado de emergência devido à pandemia por mais 15 dias, até 17 de abril, abrangendo o período da Páscoa.

Lusa //

PARTILHAR

RESPONDER

Diário de oficial nazi revela localização de tesouro escondido na Polónia durante a 2.ª Guerra Mundial

Um diário que esteve na posse de uma sociedade secreta durante décadas contém um mapa que descreve a localização de mais de 30 toneladas de ouro escondidas pelos nazis durante a Segunda Guerra Mundial. Escrito há …

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …