Oposição em pezinhos de lã em relação à reabertura da economia

Manuel de Almeida / Lusa

Uns defendem a reabertura da economia, outros pedem que o Estado coloque a saúde das pessoas em primeiro lugar, mas todos, em pezinhos de lã, vão deixando recomendações e cautelas. A semana termina com o anúncio do plano do Governo para reabrir o país.

Do leque de partidos com assento parlamentar, o PAN é o partido que reúne mais preocupações acerca da reabertura da economia portuguesa neste pós-estado de emergência. Sustentando que a saúde deve ser a prioridade do Estado, a líder parlamentar não assume, para já, se fará parte do consenso já anunciado para reabrir a economia.

Ao Expresso, Inês Sousa Real muniu-se de argumentos para avisar que o levantamento de algumas medidas pode ser precipitado: por um lado, o aumento do R0, o número que indica a quantidade de pessoas que cada infetado contagia, e as dúvidas expressas por constitucionalistas sobre a eficácia do estado de calamidade.

O Bloco de Esquerda concorda que o levantamento das medidas deve acontecer “quando as condições de saúde o permitirem”, mas prefere “aguardar” a concretização das medidas para opinar.

Defende, no entanto, que quando existir um levantamento parcial das medidas de restrição “deve ser garantida a proteção social das famílias que continuem a ser afetadas”. Para o partido, é preciso agir já para proibir despedimentos.

À direita, o plano é reabrir a economia, mas com cautela. Fonte oficial do PSD revelou ao matutino que os sociais-democratas reservam opiniões para depois de ouvir os especialistas e o Governo, mas no CDS já se ouve falar em efeitos da paralisação prolongada da economia.

Francisco Rodrigues dos Santos defende um “equilíbrio possível entre a segurança da saúde pública e a retoma da economia”, avisando, porém, que “o levantamento das medidas de contingência tem de acontecer de forma gradual e assimétrica, de modo a que o esforço que todos temos feito não fique comprometido”.

O Chega aplaude a reabertura, mas avisa que se não houver condições para a concretizar, “corremos o sério risco de sofrer um revés, não só ao nível da saúde pública, como também ao nível da economia”. André Ventura quer dar prioridade aos especialistas e defende uma “análise jurídica” às fronteiras entre o estado de emergência e o estado de calamidade.

A favor do regresso gradual à atividade económica, o Iniciativa Liberal aponta uma preocupação específica: um “plano de testes”, virológicos e serológicos, que será essencial até existir imunidade ou vacinação.

As opiniões técnicas surgem já esta terça-feira e serão transmitidas ao poder político. A semana culmina com o anúncio do plano do Governo de António Costa para reabrir o país.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Este governo tem oposição?!!!!! Só pode ser sacanagem… ou é invisível!!!!!!!! AH esquecia, tem um apenas, o Ventura. De resto, é o que os alemães chama de Scheisse!!!!!!

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …

Covid-19 pôs mais de um milhão de portugueses em teletrabalho no 2.º trimestre

Um milhão de pessoas esteve em teletrabalho no segundo trimestre, sobretudo devido à covid-19, o equivalente a 23,1% da população empregada, enquanto mais de 600 mil não trabalharam nem no emprego nem em casa. De acordo …