Operadoras obrigadas a partir de hoje a oferecer contratos sem fidelização

As operadoras de telecomunicações estão a partir de agora obrigadas a oferecer contratos sem qualquer tipo de fidelização ou com seis e 12 meses de fidelização, em opção ao período máximo de 24 meses.

A alteração à Lei das Comunicações Eletrónicas entra este domingo em vigor e é já considerada pela DECO como “uma vitória para os consumidores” e um reflexo de um conjunto de reivindicações da Associação e de cerca de 270 mil consumidores, manifestadas numa petição sobre a fidelização, em 2013, e um abaixo-assinado sobre refidelização em 2015.

Em declarações à Lusa, Paulo Fonseca, jurista e coordenador do departamento de estudos e apoio ao consumidor da DECO, descodificou o texto da lei e disse que a única pretensão que não foi acolhida na legislação foi a redução do período máximo de fidelização dos 24 meses, que foi mantido, mas sublinhou ter-se encontrado uma forma de garantir a liberdade de fidelização.

“A alteração obriga todas as operadoras, para toda a sua oferta comercial, a disponibilizar vários tipos de fidelização”, ou seja, a oferecer contratos sem qualquer tipo de fidelização ou contratos com seis e 12 meses de fidelização, em opção à fidelização máxima de 24 meses, explicou.

Paulo Fonseca destaca também a maior transparência nos contratos e que na fidelização “o ónus é agora totalmente colocado no operador”.

“Se o consumidor não tiver qualquer informação sobre o período de fidelização não pode ser cobrado nada pela rescisão antecipada do contrato e isto é muito importante”, afirmou.

As operadoras passam então a ser obrigadas, quer a nível pré-contratual, quer durante o período do contrato, “a informar sempre o consumidor do período de fidelização e dos custos pela rescisão antecipada em cada momento do contrato em que o consumidor se encontra”.

Os avanços estendem-se ainda à fixação de critérios e limites para os custos da rescisão antecipada, passando a ser proibidos entraves injustificados na mudança para outro operador.

“Se eu celebro um contrato em que não há qualquer vantagem que me é atribuída ou uma subsidiação do equipamento que me foi disponibilizado ou promoção da qual efetivamente beneficie, não pode existir fidelização“, exemplificou.

Além disso, há proporcionalidade, uma vez que os encargos para o assinante, decorrentes da resolução do contrato por sua iniciativa não podem ultrapassar os custos que o fornecedor teve com a instalação da operação.

Os encargos têm assim que ser proporcionais à vantagem que lhe foi conferida e não podem corresponder automaticamente à soma do valor das prestações vincendas à data da cessação, ou seja, aos antigos 24 meses.

Quanto à refidelização, que não estava regulamentada, passa a estar limitada, e só pode existir até um limite de 24 meses se as alterações contratuais implicarem a atualização dos equipamentos ou infraestruturas tecnológicas, sempre com a ideia de vantagem para o consumidor, o que significa que um mero aumento de velocidade no canal ou na internet não é refidelização.

Até agora, lembra Paulo Fonseca, “era comum os consumidores quando estavam a terminar o seu período de fidelização receberem uma chamada do seu operador a propor um novo canal ou um ‘upgrade’ na velocidade da internet, e o consumidor aceitando, ou dizendo que não tinha nada contra, acabava vinculado por mais 24 meses”.

Ora, acabam assim as situações em que um consumidor “estava há quatro, cinco, seis anos preso a um contrato sem perceber como ou sem ter uma vantagem objetiva relativamente a esse período de refidelização”.

/Lusa

PARTILHAR

5 COMENTÁRIOS

  1. Fica tudo na mesma. As operadoras vão disparar os preços para contratos sem fidelização, e “favorecer” quem assinar contrato de 2 anos. As diferenças de preço não vão compensar a não fidelização…

  2. As operadores vão trabalhar todas em conjunto constituindo um TRUST que é como quem diz: PREÇOS COMBINADOS. Têm dúvidas ???????????? Tal comoa s gasolineiras e, por isso, nada de novo nos trás esta medida !!!!!!!!!!

    • Ó José, não diga mal dos coitados, a concertação dos preços como sabe é ilegal, até o governo já o afirmou, o problema é da matemática, é que é uma disciplina muito difícil, e poucos conseguiram ter positiva nas universidades por onde andaram, então resolveram o problema da seguinte maneira, uns senhores de uma das gasolineiras faz as contas, e ou outros copiam.
      Não vê que as contas nem sequer estão certas, quando em 2008 o crude atingiu os $148,00 / barril o gasóleo atingiu na GALP 1,43€, quando à pouco bateu nos $30,00 / barril, o gasóleo na mesma marca estava por volta de 1,00€ .
      Só tenho pena é de ter-mos que ser nós a pagar pelos “erros” dos outros.

RESPONDER

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …