/

”Eficácia e qualidade”. OMS aprova vacina chinesa da Sinopharm

1

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aprovou, esta sexta-feira, o uso de emergência da vacina chinesa contra a covid-19 da Sinopharm.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Trata-se da primeira vacina desenvolvida pela China a ser aprovada pela organização, lembra a agência AFP, e a sexta “a receber luz verde da OMS para segurança, eficácia e qualidade” como salientou o diretor-geral da entidade, Tedros Ghebreyesus. A avaliação da vacina da Sinovac, também chinesa, é esperada para breve.

Recomendada para adultos de 18 anos ou mais, num esquema de duas doses com intervalo de três a quatro semanas, a vacina tem “requisitos de armazenamento fáceis”, pelo que é “altamente adequada para situações com poucos recursos”, considera a OMS.

Quanto à taxa de eficácia, a organização refere rondar os 79%, considerando o conjunto de todas as faixas etárias.

Nos últimos meses, as entidades reguladores da China e de outros países aprovaram a vacina Sinopharm, embora a empresa não tenha divulgado os dados dos ensaios clínicos de Fase 3, para que pudessem ser avaliados de forma independente.

Antes de se pronunciar, a OMS teve acesso a esses dados, mas é limitada a informação existente sobre a eficácia da vacina contra as muitas variantes do coronavírus que estão a surgir em todo o mundo.

  ZAP // Lusa

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.