Oficial português da missão da ONU na Colômbia obrigado a regressar por dançar com guerrilheira

O Chefe do Estado-Maior-General das Forças Armadas (CEMFGA) determinou esta quinta-feira o regresso a Portugal do militar alegadamente criticado pela ONU por ter dançado com uma guerrilheira das FARC, disse à Lusa fonte do seu gabinete.

De acordo com a fonte do gabinete do CEMFGA, esta decisão de terminar a comissão de serviço do militar e o seu regresso a Portugal acontece na sequência “dos recentes acontecimentos ocorridos na Colômbia, no âmbito da missão das Nações Unidas naquele território (UNMC), que afetaram as condições para a continuidade da missão de um militar português ali destacado”, sem especificar o caso.

Na sua edição de hoje, o Diário de Notícias avança que o militar português foi criticado pelas Nações Unidas por ter dançado com uma guerrilheira das FARC na noite de fim de ano.

O episódio, que foi captado pela agência espanhola EFE, gerou muita indignação no país.

Este comportamento é inapropriado e não reflete os valores de profissionalismo e de imparcialidade da missão das Nações Unidas”, afirmou o chefe da missão em Bogotá.

Segundo o DN, a missão teve início em dezembro de 2016, tem prevista a duração de um ano e conta com outros sete militares portugueses. O objetivo é “supervisionar o cessar-fogo acordado em agosto do ano passado”, com tarefas como, por exemplo, “vigiar a entrega de armas dos guerrilheiros das FARC”.

O oficial da Marinha tem 52 anos, é casado, e tem uma larga experiência em missões internacionais, escreve ainda o jornal.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

    • é que é isso mesmo. Ainda por cima quando tanto se fala de paz, o rapaz aqui a estabelecer altas relações diplomáticas fora de horário de trabalho e ainda é criticado. Haja paciencia para esta gentinha.

  1. Que tristeza… tantas coisas graves no mundo, e vao lixar a vida ao homem por uma danca completamente banal e inofensiva. Mentalidades mesquinhas.

  2. é desta maneira que pretendem alcançar a paz? que fez o homem de mais? dançou com uma guerrilheira e então contribuiu paqra a guerra ou para a paz? vão á merda com os vossos preconceitos.

  3. se tivesse bombardeado a guerrilheira, receberia uma medalha de honra, mas porque num gesto de PAZ dançou com ela é castigado. que sociedade.

  4. Solução:
    Acabem com:
    ONU
    NATO
    Governo dos Estados Unidos;
    Governo de França;
    Governo de Inglaterra
    rothshild’s, buildenberg’s e claro a família real inglesa.

    Já vai sendo hora da malta acordar para a vida! 🙂

  5. Sinceramente não percebo, então não estão em processo de Paz. O que o Oficial português fez foi um gesto de paz e nada de mal. Então queriam que ele degolasse a guerrilheira??? PLEASE, MAKE LOVE AND NOT WAR…!

  6. Então estava o representante da ONU a iniciar uma excelente relação diplomática e cortam-lhe o t***o?
    Não entendo nada. Afinal a ONU não tem como principal missão assegurar a Paz no Mundo?
    Ó Guterres, para início de funções esta saiu fora pá

  7. E se o “Tuga”,ou qualquer outro dessa tal de onu,fosse apanhado com as calças na mão?…os jornalistas sul-americanos diriam que o “elemento da força pacificadora,estava a f..er o processo de paz”…No que toca a”interpretar”o obvio,nada como”o pseudo-jornalismo veículado em todo o Centro e Sul América…é um autentico caixote de lixo…se estiver 1 hora a assistir TV((seja no sistema aberto ou,pago)),se prepare…vai ficar “burrinho mesmo”…O estilo”Tablóide Inglês”,a quem os europeus não-ingleses,censuram..mas amam dar uma espiadinha…por aqui,seria apenas”um inocente meio de comunicação”…No que tange á noticia em causa,é tão absurda,mesquinha e notóriamente tipica do jornalismo popularuxo que existe em todo o Centro e Sul-America.
    Alguem se preocupa com os meandros do próprio processo de paz,dessa aberração politica de esquerda atrasada tipica dos anos 50/60(farc)…Onde está todo o armamento?Onde se encontram as fábricas de droga((de laboratório,é que nada tem))na selva Amazónica,tanto da Colombia como do Brasil?As ligaçôes politicas de amizade com essa coisa de farc e poderes politicos,tanto no poder ainda,como partidos politicos”amiguinhos”de países ao redor da Colombia,e que sempre facilitaram a vida a essa gente?Como fazer a toda essa”gente improdutiva”gerada nesse meio de guerrilha?…Não discuto a Nobelidade do Presidente da Colombia,até porque a Colombia já é um país muito diferente e em franco progresso,ganha a qualquer um no Sul-América,mesmo ao Brasil,apenas interessa saber como”GERIR”esse cancro com métastáses em todos os países”amiguinhos”ao redor da Colombia…Agora se o Português dançou com um elemento femenino das Farc,numa data onde todo o mundo no Sul-América fecha para obras e só abre no fim do carnaval…tenham dó,né

  8. É ridiculo. Mas afinal o que estava o homem a fazer de especial para ser recambiado? Talvez eu esteja mal informado mas, apenas pelo que li, não julgo ter havido nenhum” crime” para ser alvo de qualquer punição.
    Se uma simples dança deu nisto imagino o que seria se o coitado tivesse a pinar com a guerrilheira. Era enforcado. Irra!

Responder a RuiEd Cancelar resposta

Helicóptero do INEM avariou durante missão. Vítima que ia socorrer acabou por morrer

Um helicóptero do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), localizado em Loulé, teve uma avaria a meio de uma missão de socorro, sendo obrigado a abortar a viagem que visava ajudar uma mulher de 22 …

Águas do Porto alerta para cobranças fraudulentas porta a porta

A empresa municipal Águas do Porto alertou, esta segunda-feira, para uma fraude que está a ser cometida em seu nome com falsos funcionários que tentam fazer cobranças à porta. De acordo com a Águas do Porto, …

Um terço dos universitários de Lisboa já sofreu violência sexual física

Um terço dos estudantes universitários da área metropolitana de Lisboa já foi vítima de violência sexual física pelo menos uma vez, mas são muitos poucos os que denunciam as agressões, raramente o fazendo à …

OE2020: Esquerda vai negociar "até ao último minuto". PSD não comenta eventual traição madeirense

O Governo apresentou, nesta terça-feira, na Assembleia da República, as linhas gerais da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020) aos partidos com representação parlamentar. Dos encontros, não saiu fumo branco, com o Bloco …

Turismo fez subir o custo de vida dos portugueses. Salários continuam estagnados

O crescimento do turismo em Portugal fez crescer o custo de vida dos portugueses, especialmente nos que vivem nas grandes cidades, apesar de estes continuarem com os salários estagnados, escreve o Jornal de Notícias. Entre 2013 …

Contrato público. Amazon apresenta queixa em tribunal contra Trump

A Amazon revela que os "insistentes ataques públicos e de bastidores" de Donald Trump contra Jeff Bezos causaram "pressão" que levou à perda de contrato público com o Departamento de Defesa.  A Amazon apresentou uma queixa …

Empurrões, insultos e (talvez) um murro: Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro perderam as estribeiras no túnel do Jamor

Os treinadores de FC Porto e Belenenses, Sérgio Conceição e Pedro Ribeiro, desentenderam-se no túnel de acesso ao relvado do Estádio Nacional, ao intervalo do jogo em que as duas equipas empataram a uma bola. …

Acordo entre Rússia e Ucrânia para cessar-fogo até ao final do ano

O Presidente da Rússia, Vladimir Putin, e o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, chegaram na segunda-feira à noite a um acordo de cessar-fogo que deverá ter efeito até ao final do ano de 2019. "As partes …

Nova Zelândia abre investigação. Erupção do Whakaari já fez pelo menos 13 mortos

Pelo menos cinco pessoas morreram e oito continuam desaparecidas, na sequência da erupção do vulcão Whakaari, na Nova Zelândia. As autoridades afirmam que há poucas chances de terem sobrevivido. "Diria com forte convicção de que ninguém …

Falhas no acesso a remédios não são exclusivo do SNS. No resto da Europa também há, diz ministra

A ministra da Saúde afirmou que as falhas no acesso a medicamentos não são "um exclusivo nacional", estando em discussão entre os Estados-membros uma "estratégia global para o acesso ao medicamento". A ministra da Saúde afirmou …