OE2021 ainda não foi votado, mas já se espera um aumento da despesa em mais de 300 milhões

Mário Cruz / Lusa

Entre a entrega da proposta e a votação, o Governo voltou a negociar com os partidos, mostrando abertura para medidas na especialidade que deverão custar pelo menos mais 300 milhões de euros.

O Orçamento do Estado para 2021 deverá ser viabilizado esta quarta-feira pelo PCP, PAN, PEV e as duas deputadas não inscritas, permitindo a discussão da proposta do Governo na especialidade onde está sujeito às propostas dos partidos.

O Executivo tem estado a negociar com os partidos o OE2021, tendo estes conseguido a garantia de que o PS vai efetuar mudanças no OE que deverão adicionar, de acordo com o que se sabe atualmente, pelo menos mais 300 milhões de euros de despesa.

Entre as medidas, destaca-se o aumento das pensões em 10 euros e o alargamento do novo apoio social. Estas duas novas medidas deverão acrescentar 315 milhões de euros à previsão da despesa pública, que já supera os 100 mil milhões de euros em 2021.

No que diz respeito ao aumento das pensões, a medida iria custar 99 milhões de euros, de acordo com o desenho previsto no OE 2021, ou seja, ia haver um aumento entre 6 a 10 euros para as pensões até 658 euros, abrangendo assim 1,9 milhões de pensionistas.

No entanto, nas negociações com o PCP, o Governo cedeu e já confirmou que o aumento será de 10 euros a partir de janeiro. Pode assim estimar-se que o custo desta medida será mais do dobro, e custará mais 132 milhões face à proposta inicial.

No novo apoio social, a ministra do Trabalho e da Segurança Social revelou os novos números que resultaram das negociações com o BE, PCP e PAN. “Exemplo do trabalho conjunto e do diálogo que temos feito ao longo destes meses é exatamente a evolução que fizemos na prestação social, que neste momento, com os cálculos que fazemos, consegue abranger muitas mais pessoas do que aquela que foi a construção inicial”.

Desta forma, Ana Mendes Godinho, revelou que “com o alargamento que fomos fazendo, estimamos que este apoio chegue a 250 mil pessoas, com um custo de 633 milhões de euros, o que revela o esforço de procurar chegar a todos os que precisam”, disse a ministra numa audição parlamentar. Ou seja, a medida vai custar mais 183 milhões de euros do que os 450 milhões de euros previstos no OE 2021.

Esta foi uma das medidas negociadas entre o Governo e o Bloco de Esquerda. Ainda assim, os bloquistas não anunciaram as medidas que seriam viabilizadas pelo PS na especialidade. As medidas negociadas exclusivamente com o BE poderão cair por terra uma vez que o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, ameaçou excluir os bloquistas do processo negocial por causa do voto contra.

Ao abster-se do voto no OE 2021, na votação na generalidade, o PCP registou a disponibilidade do Governo de “ir para lá” da proposta que entregou no Parlamento, para além de incluir o aumento das pensões e o alargamento da prestação social, referiu ainda a atribuição do suplemento de insalubridade, penosidade e risco para os trabalhadores das autarquias locais, uma medida para a qual, para já, não existe estimativa de custo.

O PAN, que anunciou a sua abstenção este domingo, elencou uma série de medidas que os socialistas comprometeram-se a viabilizar na especialidade. A única medida para a qual se conhece o impacto é a duplicação da verba para os canis municipais e associações de proteção animal, passando de cinco para 10 milhões de euros.

No caso do PEV, que divulgou ontem que se vai abster, uma fonte oficial do partido explica ao Eco que houve “abertura” do Governo para algumas medidas, entre elas está o reforço dos meios para a conservação da natureza.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. pudera com aumentos para as despesas do Parlamento na ordem dos 50% (porque o Parlamento é que é importante).
    Rua com todos vocês. Cambada de Ladrões

RESPONDER

França acaba com máscara no exterior (e Espanha vai pelo mesmo caminho)

Em França, o uso de máscara na rua deixa de ser obrigatório a partir de quinta-feira. Espanha deverá seguir o mesmo caminho "em breve". O uso de máscara no exterior deixa de ser obrigatório em França …

Swissport em Lisboa para tentar comprar a Groundforce

O acionista maioritário da Groundforce, que está a tentar vender a sua participação na empresa de handling, encontra-se agora a negociar com os suíços da Swissport. Depois de o fundo espanhol Atitlan se ter afastado e …

BdP prevê taxa de desemprego de 7,2% e crescimento económico de 4,8%

O Banco de Portugal (BdP) prevê que a taxa de desemprego atinja 7,2% em 2021, recuando para 7,1% em 2022 e 6,8% em 2023, e que o emprego cresça 1,3% este ano. No Boletim Económico de …

Finlândia 0-1 Rússia | Miranchuk recoloca russos na corrida

A anfitriã Rússia conseguiu hoje uma determinante vitória na luta pelo apuramento para os oitavos de final do Euro2020 de futebol, ao bater a Finlândia por 1-0, em São Petersburgo. No primeiro jogo da segunda jornada …

Nove militares da GNR acusados de tortura

O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR dos crimes de tortura e outros tratamentos cruéis, degradantes ou desumanos e sequestro agravado. O Ministério Público (MP) do Porto acusou nove militares da GNR, …

Costa garante que Lisboa terá o mesmo tratamento que os outros concelhos

Esta quarta-feira, num dia em que Portugal registou 1.350 novos casos ( 928 dos quais na região de Lisboa e Vale do Tejo), o primeiro-ministro afirmou que a capital terá o mesmo tratamento que os …

Salgado disposto a pagar à massa falida do GES para ficar isento de cumprir pena

Ricardo Salgado está disposto a pagar à massa falida do GES para ser dispensado de cumprir pena no processo que o irá julgar por três crimes de abuso de confiança, segundo a contestação da defesa …

PJ detém 12 pessoas por suspeitas de corrupção na Câmara de Loures

Entre os detidos pela Polícia Judiciária (PJ) estão dois empreiteiros, um arquiteto, um empresário ligado a uma obra particular e oito fiscais. Através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção e no âmbito de inquérito dirigido …

Casos disparam: 1350 novas infeções e seis óbitos

Nas últimas 24 horas, houve 1.350 novos casos positivos de covid-19 e morreram seis pessoas, segundo os dados do boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS). Portugal registou 1.350 novos casos e seis óbitos por covid-19 …

Parlamento vai ouvir Medina e ministro dos Negócios Estrangeiros

Fernando Medina e Augusto Santos Silva vão ser ouvidos no Parlamento sobre o caso da partilha de dados pessoais de ativistas russos. O presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, e o ministro dos Negócios …