OE2020: PS desafia esquerda, mas BE e PCP não se comprometem a apoiar

José Sena Goulão / Lusa

Mário Centeno, António Costa

O parlamento foi hoje câmara de eco do debate entre o PS, o primeiro-ministro, António Costa, e a esquerda parlamentar sobre quem pode viabilizar o Orçamento do Estado de 2020 (OE2020), mas a dúvida manteve-se.

No debate dedicado a declarações políticas, no parlamento, o deputado do PS João Paulo Correia fez a defesa do Orçamento “de continuidade”, enumerou os argumentos a favor e, no fim, desafiou os antigos parceiros de esquerda a apoiá-lo.

“A linha de continuidade deste orçamento é merecedora da renovação do apoio de todos os que ajudaram a construir os progressos alcançados na anterior legislatura”, afirmou, adaptando, ao discurso parlamentar, o que o primeiro-ministro disse na terça-feira e hoje em entrevista ao Público.

Da parte dos partidos que firmaram o acordo parlamentar na anterior legislatura (2015-19), BE e PCP, João Paulo Correia ouviu apenas dúvidas e desafios e não qualquer certeza de apoio.

Duarte Alves, do PCP, admitiu que o OE202 “não apresenta retrocessos” relativamente à anterior legislatura, mas também assinalou que a proposta do Governo “não prossegue políticas anteriores”, não traz respostas “aos problemas do país” e recusou “sujeições aos ditames” da União Europeia.

Mariana Mortágua, deputada do Bloco de Esquerda, usou uma frase muito parecida à utilizada por Catarina Martins, coordenadora bloquista, quase ao mesmo tempo, à saída de um encontro com o Presidente, para lembrar o PS, “sem ameaças”, que “não tem maioria absoluta”.

“Quem não tem maioria não pode querer governar na base da ameaça”, avisou a deputada bloquista, que apontou às insuficiências no investimento do orçamento do “excedente orçamental”.

O OE2020 “limita-se a fasear propostas que já tinham sido negociadas e aprovadas na anterior legislatura”, disse.

Mariana Mortágua questionou ainda João Paulo Correia se “acha mesmo” que deve ser Bruxelas “a decidir o IVA na eletricidade”, ou se o orçamento “não se deve pronunciar sobre o aumento das pensões” ou se os problemas dos trabalhadores por turnos podem continuar sem solução.

É a resposta a estas e outras perguntas, concluiu, que ditará se este é ou não “um orçamento de continuidade”.

À deputada do BE, o parlamentar do PS respondeu que este OE tem uma “orientação de esquerda política”, e que, com o reforço do Serviço Nacional de Saúde, das prestações sociais ou ainda com o investimento nos transportes, isso “é dar continuidade” ao que foi feito nos últimos quatro anos.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Homem pede "julgamento por combate" com espadas japonesas para resolver disputa legal com a ex-mulher

Para resolver uma disputa legal com a sua ex-mulher, David Ostrom sugere que seja feito um "julgamento por combate" com espadas japonesas. Há precedentes legais que o podem favorecer em tribunal. O insólito aconteceu no Iowa, …

Crimes violentos podem aumentar drasticamente nos EUA devido ao aquecimento global

O número de crimes violentos nos Estados Unidos pode aumentar drasticamente nos próximos anos devido ao aquecimento global, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade do Colorado, em Boulder. "Dependendo da rapidez …

Twitter pede desculpa por permitir anúncios direcionados a neonazis

O Twitter emitiu esta quinta-feira um pedido de desculpa público depois de a BBC denunciar que a rede social estava a permitir anúncios direcionados a neonazis, islamofóbicos e outros grupos de ódio. A emisorra britânica …

Carlos Silva alega falta de apoio do PS e anuncia saída da liderança da UGT

O secretário-geral da UGT não é candidato a um novo mandato na central sindical, alegando que o “desgaste tem sido tremendo” e que é visto como força de bloqueio. “Não quero continuar”, “já está decidido e …

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior. Medirá quase 100 metros

A maior aeronave do mundo vai ficar ainda maior: o dirigível híbrido Airlander 10, que media 92 metros de comprimento, vai bater o seu próprio recorde. De acordo com a emissora britânica BBC, a aeronave passará a …

Mortes nos Comandos. Governo só indemniza famílias se for condenado

O Governo deu ordem para parar as negociações com as famílias dos recrutas que morreram durante o 127.º Curso de Comandos, que decorreu na região de Alcochete, em 2016. Segundo o Jornal de Notícias, o Governo …

Eduardo Cabrita diz que polícias compram equipamento "porque querem"

O ministro da Administração Interna afirmou que os agentes policiais que compram equipamento de proteção do seu próprio bolso fazem-no porque o querem. Numa entrevista ao Diário de Notícias e à TSF, divulgada este fim-de-semana, o …

Chuva deixa Austrália entre incêndios e cheias. Número de mortos sobe para 29

A chuva trouxe algum alívio aos bombeiros e habitantes do leste da Austrália, mas também causou cheias e novos problemas. As equipas ainda combatem cerca 100 focos de incêndio na região e o número de …

Sem Joacine, nova direção do Livre foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos

Este domingo, no segundo dia do IX congresso do Livre, a nova direção do partido foi eleita com 95 votos a favor e 15 brancos (e não conta com a deputada Joacine Katar Moreira). No final …

Juiz pede escusa do caso dos emails por ser adepto do Benfica

O juiz desembargador apresenta vários motivos para pedir escusa do processo, nomeadamente por ser "sócio do Benfica desde 1968". De acordo com o jornal Público, Eduardo Pires, juiz desembargador do Tribunal da Relação do Porto (TRP), …