/

“Não sabemos exatamente o que são“. Obama admite ter visto vídeos de objetos não identificados

1

Pete Souza / Whitehouse

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama

O ex-Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, deu uma entrevista onde falou sobre os vídeos de fenómenos aéreos não identificados que continuam a alimentar a atenção e a curiosidade dos norte-americanos.

Durante a participação no programa “The Late Late Show with James Corden”, da rede CBS, Obama falou sobre o assunto de uma forma mais leve e descontraída e brincou com a pergunta do apresentador quando este o questionou se o Governo dos Estados Unidos tinha um esconderijo secreto de alienígenas.

“Quando se trata de alienígenas, há coisas que não posso dizer no ar”, referiu, com ironia, no programa de James Corden.

Em referência aos crescentes relatórios de objetos voadores não identificados, Obama recordou que, quando era Presidente, assistiu a vídeos e analisou registos de objetos no céu que ”não sabemos exatamente o que são”.

Segundo a NBC News, as declarações de Obama aumentam a legitimidade dos relatos dos fenómenos de objetos não identificados e o eventual conhecimento do Governo sobre eles.

Não podemos explicar como se moviam ou qual a sua trajetória. Não tinham um padrão facilmente explicável”, referiu Barack Obama sobre as imagens que observou, escreve o New York Post.

A Marinha dos EUA demorou anos para confirmar a legitimidade dos vídeos de caças que detetavam objetos não identificados. Em alguns deles, os objetos moviam-se de formas que os especialistas em aeronáutica ainda não conseguem explicar.

Um recente relatório do Pentágono, aliado a um vídeo recém exposto, e um artigo na revista The New Yorker sobre o tema, fizeram o interesse pelo assunto crescer nos Estados Unidos.

O vídeo, gravado por aeronaves da Marinha americana em julho de 2019, mostra um objeto esférico a voar em cima do oceano antes de mergulhar na água. O tema chamou a atenção de alguns senadores que pedem uma investigação mais aprofundada sobre o fenómeno.

Ainda assim, o ex-Presidente sublinhou que não tinha nada a acrescentar que pudesse ajudar a desmitificar algumas questões. Barack Obama também não quis expor qual o seu ponto de vista pessoal sobre o assunto.

  Ana Isabel Moura, ZAP //

1 Comment

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.