/

“Estou preocupado”. Ex-piloto da Marinha dos EUA diz que via OVNIs “todos os dias”

14

US Navy

Um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos diz que, durante anos, viu Objetos Voadores Não Identificados (OVNIs) “todos os dias”.

Depois de anos a ignorar a questão, uma task force do Pentágono prepara-se para revelar publicamente, em junho, um longo relatório sobre “fenómenos aéreos não identificados”.

Enquanto isso, Ryan Graves, um antigo piloto da Marinha dos Estados Unidos da América, garante que, durante anos, viu OVNIs “todos os dias”. Em declarações à CBS News, Graves disse que ao longo de dois anos, a partir de 2015, viu estranhos objetos a voar num espaço aéreo restrito em Virginia Beach, na costa leste do país.

Segundo o ex-tenente, os objetos avistados podem significar algum tipo de ameaça. “Eu estou preocupado, sinceramente. Se fossem jatos táticos de outro país a passarem por lá, seriam um problema enorme”.

Em 2015, na Flórida, a câmara de um dos membros do esquadrão de Graves detetou um estranho objeto no horizonte.

(dr)

OVNI encontrado pelo esquadrão de Ryan Graves.

“Olha só, está a girar! Meu Deus! Eles estão todos a ir contra o vento, o vento está a 120 nós a oeste. Olha para esta coisa, meu!”, diz um dos pilotos ao avistar o OVNI.

Graves admite que, por vezes, tem dificuldades em ser levado a sério dada a bizarria das suas alegações.

“Como parece um pouco diferente, não estamos dispostos a encarar realmente o problema. Estamos felizes em simplesmente ignorar o facto de que eles estão lá fora, observando-nos todos os dias”, disse à CBS.

Ainda recentemente, o jornal The New York Times publicou uma reportagem com uma série de vídeos de avistamentos que relançou o debate sobre OVNIs. Desde então, membros da Força Aérea e da Marinha falaram publicamente sobre estranhos avistamentos de objetos que pareciam ter desafiado as leis da Física.

  ZAP //

14 Comments

    • Sim. A erva é tão boa que até a instrumentação dos aviões deteta coisas que não estão lá e grava vídeo do que não existe.

    • Na América então… são doidos para andar drogados e fazem publicidade disso. Depois, vêem muitos ovnis! Deve ser quanto batem com as trombas num poste ou caem no “beco do costume” – há sempre um beco -, onde são invariavelmente violados por um sem abrigo. Acordam de manhã com as calças em baixo, no meio ou dentro um um caixote de lixo e para não variar, mijados 🙂 .

  1. O problema do público em geral é que dorme MUITO mais descansado se classificar o tipo como doido, do que se o levar a sério. Assobia para o lado…

    • E não só! Ainda há muita gente que acha que OVNI quer dizer únicamente “extraterrestre. Por vezes existem objetos que não podemos identificar. Esses também são OVNI ( se estiverem a voar, claro!) mas não “precisam” de ser extraterrestres!

  2. Há quem já conheça toda a imensidão do universo e as suas particularidades, pois apressam- se a negar tudo o que possa surgir sem uma explicação imediata. Rejeitar a crendice sim, mas não faz mal manter a mente aberta……

  3. Mas isso qualquer um vê; basta olhar para o céu à noite e veem muitos objetos voadores não identificados!…
    Depois há aqueles que, devido a certas substancias ou a uma imaginação muito fértil, até veem santas em cima de sobreiros, como aconteceu em Fátima, Lourdes, etc, etc…

  4. O que vale é que isso só acontece nos States! Toda a gente que vê filmes americanos sabe que os ET falam inglês.

    • Ora nem mais! E com tanto “avanço” tecnológico, que os supostos ovnis têm, veja só, andam afinal, ainda, em “latas de sardinha” só para apoquentar os pobres dos crentes! Se fossem tão avançados, não precisariam de “latas” que só atrapalham para nada! Abrem um portal qualquer e, tunga, já lá estão a vários anos luz. Estes – os supostos tripulantes destas coisas – devem ser dos teimosos, resistem à evolução, continuam andar de “carroça” em vez de adoptar sistemas de energia que nós humanos ainda não vislumbrámos sequer. Suspeito que estes fenómenos, que por sinal já vi três, serão muito possivelmente um efeito atmosférico que ainda não percebemos, há tantos. Alguém tinha noção dos famosos “sprites”, até que se iniciarem as viagens fora da atmosfera terrestre, por exemplo? A explicação para esses fenómenos, ainda hoje é um pouco vaga. Temos, devemos, dar lugar à ciência e à investigação.

  5. Só gostaria de saber porque motivo é que a grande maioria dos avistamentos se dá pela noite… geralmente depois das tascas encerrarem…

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.