Obama critica intervenções que “normalizam sentimentos racistas”

Patrick Hamilton / G20 Australia

O ex-Presidente dos Estados Unidos Barack Obama criticou esta segunda-feira a existência de intervenções públicas no seio da sociedade que “normalizam sentimentos racistas”, criando um clima de medo e ódio que pode desembocar em episódios de grande violência.

Falando a propósito dos dois tiroteios nos Estados Unidos que provocaram pelo menos 32 mortos este fim de semana, Barack Obama rejeitou vigorosamente “retóricas suscetíveis de encorajar” atos de violência.

“Devemos firmemente rejeitar os discursos feitos seja por quem for que alimentam um clima de medo e de ódios ou que normalizam sentimentos racistas“, disse Obama, numa intervenção que está a ser interpretada como uma crítica ao seu sucessor, o republicano Donald Trump, acusado pelo Partido Democrata de alimentar com discursos e atitudes uma escalada de intolerância.

Barack Obama teve, no entanto, o cuidado de nunca nomear Donald Trump, que esta segunda-feira pediu pena de morte para os autores dos tiroteios, apelando para que a execução seja feita rapidamente.

“Ordenei ao Ministério da Justiça que proponha uma lei que garanta que aqueles que cometem crimes de ódio e assassinatos em massa sejam punidos com a pena de morte e que a pena de morte seja implementada rapidamente, decisivamente e sem demora”, afirmou Trump, na Casa Branca.

Classificando os tiroteios como “crimes contra a humanidade“, o Presidente dos Estados Unidos defendeu que o país deve condenar a ideologia da supremacia branca, considerada como ponto de origem de um dos tiroteios. Trump exortou também esta segunda-feira os congressistas republicanos e democratas a aprovarem regras mais restritivas de verificação de antecedentes de quem queira comprar armas de fogo, sugerindo, porém, que tais medidas devem estar ligadas a uma reforma migratória.

As declarações de Trump, que voltou a rejeitar mudanças na lei de venda e posse de armas, surgem depois de um fim de semana marcado por dois tiroteios nos EUA, em El Paso (Texas) e em Dayton (Ohio), que fizeram um total de 32 mortos e mais de 50 feridos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Evolução de parasita está a tornar mais difícil detetar e tratar a malária

Uma mutação do parasita que causa a malária está a "camuflar" as proteínas que são identificadas nos testes rápidos, tornando mais difícil detetar e tratar a doença. De forma semelhante aos testes à covid-19, baratos e …

Banguecoque em alerta. Mais de 70.000 casas inundadas na Tailândia

As autoridades tailandesas têm feito esforços para proteger partes de Banguecoque das cheias, que já inundaram 70.000 casas e mataram seis pessoas nas províncias no norte e centro do país. A tempestade tropical Dianmu causou cheias …

Exilados sírios obrigados a pagar taxas para evitar o alistamento obrigatório

No início deste ano, Yousef, um sírio de 32 anos que vive na Suécia, teve que pagar as taxas que lhe isentavam da obrigatoriedade de se alistar no exército da Síria, caso contrário a família …

Portugal tem cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, mais de metade em Lisboa

Estima-se que, em 2020, cerca de 485 pessoas tenham abandonado esta condição, o que representa uma descida de 39% face a 2019. Portugal terá cerca de 8.200 pessoas em situação de sem-abrigo, segundo os resultados de …

Simone Biles: "Deveria ter desistido muito antes dos Jogos Olímpicos"

"Uma mulher preta tem que ser a melhor, as pessoas tentam menosprezar", lamentou a multi-campeã olímpica de ginástica. Simone Biles não conquistou qualquer medalha de ouro nos Jogos Olímpicos deste ano mas foi a atleta mais …

Mãe e filho de 2 anos morrem à porta do estádio. Jogo decorreu normalmente

Queda aconteceu pouco antes de começar um jogo da Major League Baseball, em San Diego. O desporto passou para segundo plano na tarde deste domingo, pouco antes de um jogo de beisebol, nos Estados Unidos da …

"Blá blá blá". Greta Thunberg acusa líderes mundiais de não cumprirem com as promessas climáticas

Ativista considera que os anúncios feitos pelos líderes mundiais não passam de bonitas intenções que, na prática, não se traduzem em ações com verdadeiro impacto na luta contra as alterações climáticas. Greta Thunberg acusou os líderes …

Mulher com síndrome de Down perde ação judicial contra a lei do aborto no Reino Unido

Na semana passada, uma mulher com síndrome de Down perdeu uma ação judicial contra o governo britânico por causa de uma lei que permite o aborto até ao fim da gestação de fetos que poderão …

Tribunal condena corticeira da Feira por despedir trabalhadora que denunciou assédio

A corticeira Fernando Couto foi condenada pelo Tribunal da Feira a pagar uma coima de cerca de 11 mil euros por ter despedido a operária Cristina Tavares, após esta ter denunciado ser vítima de assédio …

Dupla de cientistas apresenta uma nova abordagem para reciclar plástico

Um novo estudo oferece uma abordagem totalmente nova para reciclar plástico, tendo sido inspirada na forma como a natureza naturalmente "recicla" os componentes dos polímeros orgânicos presentes no ambiente. As proteínas são um dos principais compostos …