Nuvem radioativa pairou sobre a Europa nas últimas semanas

O instituto francês para a segurança nuclear IRSN revelou que uma nuvem radioativa pairou recentemente sobre a Europa, no entanto, sem perigo para a saúde humana ou para o ambiente.

Segundo a agência Reuters, uma nuvem de poluição radioativa pairou sobre o continente europeu nas últimas semanas, indicando que um acidente ocorreu numa central nuclear na Rússia ou no Cazaquistão na última semana de setembro, alertou o instituto francês para a segurança nuclear IRSN.

Porém, o IRSN exclui a hipótese de se ter tratado de um acidente num reator nuclear, mas antes num centro de tratamento de combustíveis nucleares ou de medicina nuclear. O instituto assegura que não teve impacto na saúde humana ou ambiente na Europa.

O IRSN, entidade mais técnica do regulador francês ASN, informou em comunicado que não foi possível perceber a localização exata da libertação do material radioativo mas, com base nos padrões climáticos, a zona mais plausível será a sul dos montes Urais, entre os Urais e o rio Volga. Isto pode indicar a Rússia ou o Cazaquistão como ‘culpados’.

“As autoridades russas afirmam não estar a par de qualquer acidente no seu território”, disse à Reuters o diretor do IRSN, Jean-Marc Peres, acrescentando que o instituto ainda não conseguiu chegar às autoridades cazaques.

Peres explica que, nas últimas semanas, o IRSN e outros institutos ligados à segurança nuclear na Europa mediram altos níveis de ruténio 106, um elemento radioativo produzido pela divisão dos átomos num reator nuclear e que não ocorre de forma natural.

O IRSN estima que foi libertada uma grande quantidade de ruténio 106, entre 100 e 300 teraBecquerels (TBq), o que em França significaria a evacuação das pessoas num raio de vários quilómetros à volta do local onde ocorresse o acidente.

O ruténio 106 foi provavelmente libertado num centro de tratamento de combustíveis nucleares ou de medicina nuclear, diz Peres, explicando que a sua curta duração de vida (cerca de um ano), faz com que seja sobretudo utilizado em centros de medicina nuclear.

O responsável exclui a hipótese de se ter tratado de um acidente num reator nuclear porque, nesse caso, teriam sido libertados outros nuclídeos radioativos. Foi também afastada a hipótese de ter caído um satélite alimentado a ruténio, já que a Agência Internacional de Energia Atómica (IAEA) concluiu que nenhum satélite caiu na terra durante este período.

De acordo com a Reuters, as medições das estações europeias mostram altos níveis de ruténio 106 na atmosfera da maioria dos países europeus no início de outubro, tendo começado a diminuir a partir do dia 6 do mesmo mês.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

RESPONDER

Lixo espacial cadente iluminou os céus na Austrália

Na sexta-feira passada, pedaços de lixo espacial de um foguetão russo iluminaram os céus na Austrália. Os especialistas dividem-se na possibilidade de bocados dele caírem na Terra. Na sexta-feira passada, num final de tarde como tantos …

Cientistas criaram uma borracha que até rasga (mas concerta-se sozinha)

Investigadores da Universidade Flinders, na Austrália, desenvolveram um novo tipo de borracha que consegue regenerar sozinha. A equipa de investigadores da universidade australiana criou um novo tipo de borracha e um catalisador que, em conjunto, podem …

Dez anos depois, voltou a ser avistado um guepardo do noroeste africano

Naturalistas na Argélia filmaram um guepardo do noroeste africano, uma subespécie listada na Lista Vermelha da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN) como estando em "perigo crítico", pela primeira vez em dez anos. De acordo …

NASA dedica novo telescópio a Nancy Grace Roman, a "mãe" do Hubble

A NASA renomeou o telescópio Wide Field Infrared Probing Telescope (WFIRST) em homenagem a Nancy Grace Roman, a mãe do Hubble. A NASA batizou o seu telescópio espacial de última geração, atualmente em desenvolvimento, - o …

Guitarrista dos Queen teve um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte

Brian May, guitarrista dos Queen, sofreu um ataque cardíaco que o deixou às portas da morte, anunciou o próprio músico, de 72 anos. May partilhou um vídeo no Instagram no qual conta todo o episódio. Tudo …

"Missão Tianwen". China planeia lançar sonda para Marte em julho

A China planeia lançar uma sonda e um pequeno robô de controlo remoto para Marte, em julho, na sua primeira missão ao Planeta Vermelho, anunciou esta segunda-feira a agência responsável pelo projeto. "O nosso objetivo era …

Bairros de lata são incubadoras de covid-19, mas ninguém ajuda os milhões que lá vivem

Bairros de lata, como as favelas, são consideradas incubadores de covid-19. No entanto, pouca atenção lhes tem sido dada na resposta à pandemia. Tendo devastado algumas das cidades mais ricas do mundo, a pandemia do novo …

Morreu Saturn, o jacaré que sobreviveu a um bombardeamento da II Guerra (e que se diz que pertenceu a Hitler)

Saturn, um jacaré norte-americano de 84 anos, morreu esta sexta-feira no jardim zoológico de Moscovo, na Rússia, anunciou a instituição na sua conta de Facebook, dando conta que o animal morreu de velhice. O réptil …

Antiviral Remdesivir pode ser eficaz no combate à covid-19

O antiviral Remdesivir é eficaz contra a covid-19 caso seja administrado antes dos pacientes necessitarem de ventilação mecânica, indica um ensaio internacional com este medicamento, coordenado pelo Hospital Can Ruti, em Badalona, Barcelona, Espanha. Segundo um …

Há uma misteriosa ilha em Nova Iorque que quase ninguém pode visitar (e está abandonada)

A menos de 1,6 quilómetros de Manhattan, em Nova Iorque, localiza-se uma misteriosa ilha abandonada há mais de meio século. É preciso ter autorização do New York City Department of Parks and Recreation para visitar …