Novo lay-off dá apoio adicional a empresas com quebras acima de 70%

Neil Hall / EPA

No novo lay-off, as empresas com quebras de faturação acima de 70% vão ter uma ajuda adicional para o pagamento dos ordenados devidos pelas horas trabalhadas.

O novo lay-off simplificado vai dar um apoio adicional às empresas que apresentem quebras de faturação acima de 70%. Estas empresas vão ter uma ajuda da Segurança Social para o pagamento dos ordenados devidos pelas horas trabalhadas, avança o jornal ECO.

O Governo discutiu esta quinta-feira em Conselho de Ministros as alterações ao regime de lay-off. A partir de agosto, este regime criado pelo Governo para responder à crise económica gerada pela pandemia continuará mas de “cara lavada”, isto é, com novas regras e limites de acesso e até como um novo nome.

O lay-off simplificado, que prevê a suspensão do contrato de trabalho ou a redução do horário de trabalho e o pagamento de dois terços da remuneração normal ilíquida, financiada em 70% pela Segurança Social e em 30% pela empresa, terminava inicialmente em junho, tendo sido prorrogado até final de julho.

A partir de agosto, este regime excecional ficará disponível, contudo, apenas para as empresas com atividade encerrada por imposição legal ou administrativa.

Para as demais empresas que ainda não consigam regressar à normalidade, criou-se o apoio à retoma progressiva, o “sucedâneo” do lay-off simplificado. Este regime, escreve o ECO, está disponível para empresas com quebras homólogas superiores a 40%, permitindo a redução dos horários dos trabalhadores.

Empresas com quebras de faturação entre 40% e 60% poderão reduzir os horários em 50%, entre agosto e setembro, e em 40% entre outubro e dezembro. Por sua vez, empresas com quebras superiores a 60% poderão reduzir os horários em 70% e 60%, respetivamente.

Além destes dois escalões, está previsto um terceiro. Empresas com quebra de faturação superior a 70% terão um apoio adicional da Segurança Social para o pagamento das horas trabalhadas, correspondente a 35% desse valor. Ao contrário da situação dos outros escalões, estas empresas não deverão ficar responsáveis pelo pagamento integral das horas trabalhadas.

Aos trabalhadores deverá ficar assegurado o pagamento mínimo de 77% da remuneração normal.

As empresas que se enquadrem neste escalão e que beneficiem deste apoio não deverão poder suspender contratos de trabalho como era permitido no anterior lay-off simplificado.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Sonda passa ao lado de Vénus, tira-lhe uma fotografia e surpreende cientistas da NASA

A imagem obtida pelo Wide-field Imager (WISPR) da Parker Solar Probe foi capturada a 12.380 quilómetros de Vénus. A Parker Solar Probe, da NASA, capturou vistas deslumbrantes de Vénus em julho de 2020. O alvo da …

Cientista descobre espécie extinta de ganso através de uma pintura egípcia

Uma famosa pintura que estava originalmente no túmulo do príncipe egípcio Nefermaat levou um cientista a descobrir uma espécie de ganso já extinta. A cena "gansos de Meidum", originalmente pintada no túmulo do príncipe Nefermaat, encontra-se …

Físico cria algoritmo de IA que pode provar que a realidade é uma simulação

Hong Qin, do Laboratório de Física de Plasma de Princeton (PPPL) do Departamento de Energia dos EUA, criou um algoritmo de Inteligência Artificial que pode provar que a realidade é, na verdade, uma simulação. O algoritmo …

Quase 10 anos depois, avião de Gaddafi continua parado num aeródromo em França

Quase uma década depois de ter aterrado em solo francês, o avião presidencial do ex-ditador líbio continua parado num aeródromo no sul do país, estando no meio de vários processos judiciais que parecem não ter …

Governo recebeu 1.600 ideias para a bazuca. Costa agradece mobilização

Durante a fase de discussão pública, o Plano de Recuperação e Resiliência recebeu mais de 1.600 contribuições e mais de 65 mil consultas. O primeiro-ministro António Costa disse que, durante a fase de discussão pública, …

"Honjok" é o nome do movimento sul-coreano que reivindica a solidão

A solidão tornou-se um tema recorrente devido à pandemia de covid-19. Na Coreia do Sul, existe um movimento chamado "honjok", que promove um estilo de vida solitário. O isolamento imposto pela pandemia de covid-19 está a …

Do subsolo sírio à nomeação ao Óscar: hospitais em tempos de guerra numa "era de impunidade"

The Cave é o nome de uma produção que esteve nomeada para o Óscar de Melhor Documentário de 2020. É também o lugar onde hospitais sírios se escondem para salvar vidas longe de bombardeamentos e …

Patrícia Mamona sagra-se campeã no triplo salto em pista coberta

Esta tarde, Patrícia Mamona tornou-se a terceira atleta portuguesa a garantir a medalha de ouro para Portugal no Campeonato da Europa em pista coberta. A portuguesa Patrícia Mamona conquistou, este domingo, a medalha de ouro na …

Dias de aulas mais longos, férias mais curtas e cinco períodos. Em Inglaterra, já se equacionam formas de recuperar o tempo perdido

Há três medidas em cima de mesa que podem vir a ser adotadas para combater os atrasos na aprendizagem dos alunos. Na Inglaterra, as escolas reabrem para aulas presenciais esta segunda-feira, mas já se pensa …

Índia abre centro de bem-estar para hóspedes abraçarem vacas e "esquecerem todos os problemas"

Animais de conforto e apoio emocional são cada vez mais populares em todo o mundo. Embora a maioria das pessoas use cães ou gatos, há também algumas escolhas mais bizarras, incluindo pavões, macacos e cobras. Os …