Novo lay-off conta apenas com 1% das adesões do simplificado

Neil Hall / EPA

O sucedâneo do lay-off simplificado conta apenas com 1.268 adesões nas primeiras duas semanas. Este valor é apenas 1% do número de empresas que acederam ao primeiro apoio.

Nas primeiras duas semanas desde a sua implementação, o novo lay-off está longe de ter uma grande adesão. O sucedâneo do simplificado conta apenas com 1.268 adesões até ao momento. O Público avança que o primeiro teve quase o triplo dos interessados (3.361 empresas) no mesmo período de tempo.

A diferença é mais notável ainda quando o Governo corrigiu a portaria do lay-off simplificado no fim de março. Entre 1 e 4 de abril, o número de adesões disparou para 32 mil. Apenas uma semana depois, duplicou, atingindo as 64.192 adesões.

Os números divulgados pelo Ministério do Trabalho mostram que os 1.268 pedidos de adesão ao mecanismo de apoio à retoma abrangem um universo de 11 mil trabalhadores.

Feitas as contas, apenas 1,1% das mais de 115 mil empresas que recorreram ao lay-off simplificado voltaram a recorrer a este novo apoio. Além disso, o número de trabalhadores abrangido é também apenas 0,8% dos 1,3 milhões englobados no anterior apoio do Governo às empresas.

O jornal Público oferece uma possível explicação para a diminuição de pedidos para o novo apoio. Em causa poderá estar o facto de as empresas não conseguirem cumprir o requisito de registar uma quebra de faturação de, pelo menos, 40%. Este é um critério obrigatório para a empresa estar apta a concorrer ao apoio.

Outras da possibilidades equacionadas é o facto de este novo lay-off acarretar custos maiores para os negócios. As empresas estão sujeitas ao pagamento de contribuições sociais, assumindo a TSU sobre as horas efetivamente trabalhadas e pagas a 100% aos trabalhadores.

Vários representantes do Turismo, do Comércio e Serviços e da Indústria criticaram o novo apoio, alegando que era insuficiente e que não permitirá a muitas empresas suportar os custos acrescidos.

Ao contrário daquilo que muitos pensavam, empresas que não tenham passado pelo layoff também podem ter acesso a este mecanismo de apoio à retoma.

“Trata-se de um novo apoio ao qual podem aceder tanto as empresas que estiveram em lay-off simplificado como as empresas que não tenham beneficiado até ao momento de qualquer medida de apoio à manutenção dos postos de trabalho”, explicou a Direção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho, citada pelo ECO.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Vaga de frio no Texas. Mulher processa empresa de energia depois de receber conta de 9.000 dólares

Uma mulher residente no estado do Texas, nos Estados Unidos, avançou com uma ação coletiva de mil milhões de dólares contra o seu fornecedor de energia depois de a empresa apresentar uma conta de eletricidade …

Sérgio Conceição elogia SC Braga e fala de pessoas "subservientes" que querem "tachinhos"

Na antevisão do jogo com o SC Braga, marcado para esta quarta-feira, a contar para a segunda mão das meias-finais da Taça de Portugal, Sérgio Conceição referiu-se a algumas incidências do último dérbi, mostrou-se desagradado …

Arábia Saudita. Repórteres sem Fronteiras pedem acusação do príncipe herdeiro pela morte de Khashoggi

A organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) entrou com uma ação judicial na Alemanha, na qual pede a acusação do príncipe herdeiro saudita Mohammed Bin Salman por crimes contra a humanidade, incluindo o assassinato do jornalista …

População prisional reduziu 18% nos últimos quatro anos

A ministra da Justiça salientou hoje que, nos últimos quatro anos, a população prisional baixou de 13.779, no final de 2016, para 11.300 no final de 2020, o que traduz uma redução de cerca de …

"A rebeldia de João Félix". Imprensa espanhola destaca o temperamento do avançado

João Félix volta a ser o centro das atenções da imprensa desportiva espanhola, depois de na última jornada da La Liga o internacional português celebrar o seu golo com recurso a alguns palavrões em direção …

Debaixo de fogo devido a comparações a Hitler, Amazon altera ícone da sua aplicação

A Amazon mudou o novo logótipo da sua aplicação de smartphone depois de várias vozes críticas terem comparado a imagem ao ditador alemão Adolf Hitler. A gigante do comércio eletrónico lançou o novo ícone em janeiro …

Este ano não vai haver NOS Primavera Sound. Festival regressa em 2022

Após já ter sido adiada de 2020 para 2021, a 9ª edição volta a ser reagendada e já tem novas datas. O NOS Primavera Sound é o primeiro grande festival de verão português a anunciar …

Vice-presidente do Zimbabué demite-se após acusações de abuso sexual

O vice-presidente do Zimbabué, Kembo Mohadi, acusado de assédio sexual, anunciou esta segunda-feira a sua demissão do cargo, tendo reafirmado a sua inocência. "Demito-me do cargo de vice-presidente da República do Zimbabué com efeito imediato", escreveu …

Variante inglesa em 29 países europeus. Estirpe do Brasil mais transmissível (e ilude sistema imunitário)

A variante britânica do SARS-CoV-2, presente em 29 países da União Europeia, é responsável por mais de metade das infeções totais. A estirpe detetada no Brasil, apesar de pouco prevalecente na Europa, pode ter uma …

EUA extraditam pai e filho acusados de ajudar Ghosn a fugir do Japão

Dois norte-americanos, pai e filho, procurados por ajudar o ex-presidente da Nissan, Carlos Ghosn, a escapar do Japão numa caixa, foram entregues à custódia japonesa esta segunda-feira. De acordo com o jornal britânico The Guardian, Michael …