Novo administrador da Sonangol investigado por suspeitas de lavagem de dinheiro

Luís Ferreira do Nascimento José Maria, um dos novos administradores da Sonangol, integra a lista de suspeitos investigados no âmbito do caso de desvio e  lavagem de dinheiro que envolve a companhia aérea da petrolífera angolana, a Sonair, e a TAP Air Portugal.

O Observador realça que Luís Ferreira José Maria, que integra a recém-eleita administração da Sonangol, no seguimento da exoneração de Isabel dos Santos, é suspeito do desvio de cerca de 2,5 milhões de euros. Os capitais do Grupo Sonangol terão sido “branqueados” através de uma offshore nas Ilhas Seychelles, detida pelo gestor em co-propriedade com a mulher.

Estes 2,5 milhões são uma pequena fatia do “bolo” global de 25 milhões de euros que terão sido desviados do Grupo Sonangol, no âmbito de um contrato fictício de prestação de serviços entre a Sonair e a TAP Portugal.

O caso investigado pela justiça portuguesa envolve ainda outras figuras angolanas, como o ex-presidente da Sonangol, Francisco José Lemos Maria, e Mirco Martins, enteado de Manuel Vicente, ex-vice-presidente de Angola e ex-presidente da Sonangol.

As autoridades portuguesas enviaram para Angola, em Agosto de 2017, uma carta rogatória no sentido de investigar estas figuras, incluindo Luís Ferreira José Maria, conforme avançou o jornal Público. Mas, neste momento, não se sabe em que ponto se encontra a investigação em Angola, afiança o Observador.

A publicação atesta, ainda, que Luís Ferreira José Maria incorre apenas no crime de abuso de poder, tal como as demais figuras angolanas implicadas no caso. Isto ocorre por via de uma amnistia, decretada em 2015 pelo ex-presidente de Angola, José Eduardo dos Santos, para os crimes de corrupção, fraude fiscal e branqueamento de capitais.

Presidente angolano muda chefias militares

Entretanto, o novo Presidente angolano, João Lourenço, continua a promover mudanças na estrutura de poder do país. Desta feita, exonerou 19 chefias militares, oficiais generais nomeados anteriormente, para vários postos, incluindo na Casa de Segurança da Presidência, pelo então chefe de Estado, José Eduardo dos Santos.

Segundo uma informação disponibilizada pela Casa Civil do Presidente da República, em contrapartida, o novo chefe de Estado nomeou outros 54 oficiais generais para várias áreas de confiança.

Desde que tomou posse, a 26 de Setembro, na sequência das eleições gerais angolanas de 23 de Agosto, João Lourenço procedeu a exonerações de várias administrações de empresas estatais, dos sectores de diamantes, minerais, petróleos, comunicação social, banca comercial pública e Banco Nacional de Angola, anteriormente nomeadas por José Eduardo dos Santos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Acham mesmo que c as mudanças que estão a acontecer em Angola que é p/ bem do povo? Então estão completamente enganados. Isto é mudança de nomes porque a M— vai ser a mesma ou PIOR…

  2. A dificuldade de João Lourenço é escolher gente que não esteja envolvida em corrupção…
    Toda a “nata” angolana tem a barra suja !

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …