Novas regras para quem viaja de avião. Eis aquilo que muda a partir de sábado

As novas regras para quem viaja de avião de e para Portugal entram em vigor a partir das 00:00 de sábado, dia 1 de agosto, foi hoje anunciado pelo Governo.

De acordo uma nota do Ministério da Administração Interna, continua aberto o tráfego aéreo com os países que integram a União Europeia, os países associados ao Espaço Schengen (Liechtenstein, Noruega, Islândia e Suíça) e o Reino Unido.

O Governo refere que duplica o número de países externos à União Europeia e ao Espaço Schengen que podem ter ligações aéreas regulares de e para Portugal por apresentarem um quadro epidemiológico positivo.

Os países são os seguintes: Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Geórgia, Japão, Marrocos, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia, Tunísia e Uruguai.

O ministro da Administração Interna, Eduardo cabrita, já tinha referido na conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros de hoje que os voos de e para outros destinos serão permitidos apenas para a realização de viagens essenciais.

“A autorização de viagens essenciais estava limitada, até agora, a voos com origem em e para países lusófonos e EUA”, refere a nota do MAI emitida posteriormente à conferência de imprensa.

São consideradas viagens essenciais as que permitem “o trânsito, entrada ou saída de Portugal aos cidadãos nacionais da EU ou de países associados ao Espaço Schengen e respetivos familiares e aos estrangeiros com residência legal num Estado Membro da UE, bem como aquelas que sejam realizadas por motivos profissionais, de estudo, de reunião familiar, por razões de saúde ou por razões humanitárias”, acrescenta a nota.

Os passageiros continuam a dever apresentar um teste negativo de rastreio à covid-19, realizado nas 72 horas anteriores à partida. Esta medida é excecionada aos que estejam em trânsito e não tenham de deixar as instalações aeroportuárias.

“Os cidadãos nacionais e estrangeiros com residência legal em Portugal e ainda o pessoal diplomático acreditado em Portugal que, a título excecional, não apresentem aquele comprovativo terão de fazer o teste à chegada, em instalações no interior do aeroporto, e a expensas próprias”, explica.

Caso estes se recusem a fazer o teste à chegada incorrem nos crimes de desobediência e propagação de doença contagiosa.

Relativamente aos cidadãos estrangeiros “será recusada a entrada em território nacional de todos os passageiros que embarcarem sem o teste realizado, sendo a companhia aérea objeto de uma contraordenação em caso de incumprimento”, precisa a nota.

Portugal contabiliza pelo menos 1.727 mortos associados à covid-19 em 50.868 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde.

ZAP ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Voo humanitário para o Brasil chegou a custar mais de 1.350 euros

O Público avança que o bilhete de um "voo humanitário" da TAP para o Brasil estava a ser vendido por 837 euros no início desta terça-feira. Horas depois, os "últimos lugares" estavam a ser disponibilizados …

Afinal, grupo de trabalho para a vacinação no Parlamento não vai existir

Afinal, ao contrário do que foi avançado esta terça-feira, o grupo de trabalho que devia coordenar o processo de vacinação dos deputados não vai existir. A Assembleia da República esclareceu esta tarde, em comunicado, que não …

Novo estudo indica que coronavírus pode sobreviver na roupa até 72 horas

De acordo com um estudo britânico, o novo coronavírus pode sobreviver na roupa ao longo de até 72 horas. Os especialistas alertam que pode ainda ser transferido da roupa para outras superfícies. Um estudo da universidade …

Polícia espanhola apreende 387 quilos de cocaína em navio chegado do Brasil

A polícia espanhola apreendeu 387 quilos de cocaína no porto de Santa Cruz de Tenerife, nas ilhas Canárias, numa inspeção feita a um camião que viajava num navio chegado do Brasil. O Ministério do Interior (Administração …

SEF detém suspeito de auxiliar pessoas a emigrar ilegalmente para a Irlanda

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, na segunda-feira, um cidadão europeu por suspeitas da prática do crime de auxílio à imigração ilegal. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) deteve, em Lisboa, um cidadão …

Afinal, primeira morte por covid-19 na Europa foi na Sérvia

Um trabalhador da construção civil morreu de covid-19 em fevereiro de 2020 em Belgrado, 10 dias antes de outra pessoa ter morrido em França, podendo ter sido afinal a primeira morte pela doença no continente, …

Vacina da Johnson & Johnson considerada eficaz pelos Estados Unidos

O regulador norte-americano, a Food and Drug Administration, aprovou a vacina produzida pela Johnson & Johnson para utilização de emergência em todo o país. A vacina de dose única da Johnson & Johnson contra a covid-19 …

Banco de Portugal alerta sobre investimento em Bitcoin e outras criptomoedas

O Banco de Portugal (BdP) lançou esta quarta-feira um novo aviso aos consumidores sobre os riscos relativos ao investimento em bitcoin e outras criptomoedas, devido à "recente volatilidade observada nos preços de determinados ativos virtuais". "Não …

Sismo de magnitude 5,7 perto da capital da Islândia

O epicentro do terramoto, registado às 10:05 (mesma hora em Lisboa), situa-se perto do Monte Keilir, na Islândia. Um sismo de magnitude 5,6 abalou esta manhã o sudoeste da Islândia, incluindo a capital, Reiquejavique, sem vítimas …

Portugal terá de pedir mais fundos a Bruxelas, diz Durão Barroso

O antigo primeiro-ministro e antigo presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, acredita que Portugal terá de pedir mais fundos a Bruxelas, considerando que a crise será mais grave que o que está atualmente previsto. Em entrevista …