Amiga de Rangel investigada em seis processos mantém-se em funções no Estado

António Pedro Santos / Lusa

O juíz desembargador Rui Rangel

Esta quinta-feira, a Polícia Judiciária realizou buscas ao escritório de Natércia Pina, no âmbito do inquérito Operação Lex.

A Polícia Judiciária realizou buscas ao escritório de Natércia Pina que, segundo o Expresso, foi constituída arguida no processo da Operação Lex e é investigada em mais cinco processos judiciais – burla, corrupção, tráfico de influências e abuso de confiança.

Embora Natércia Pina seja arguida na Operação Pratos Limpos, que investiga a sua atividade enquanto diretora dos serviços hoteleiros do Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, relacionada com concurso para a exploração de cafetarias e refeições nos hospitais públicos, as buscas ao seu escritório prendem-se com as suspeitas de troca de favores com o juiz Rui Rangel, disse à Lusa fonte ligada à investigação.

O juiz é um dos arguidos do inquérito Operação Lex e está indicado pelos crimes de recebimento indevido de vantagens, branqueamento de capitais, tráfico de influência e fraude fiscal.

De acordo com o Diário de Notícias, as alegadas trocas de favores entre Natércia Pina e Rangel relacionam-se com supostos pagamentos de despesas do juiz, em troca de decisões judiciais favoráveis para a arguida em causa.

Em resposta à Lusa, a Procuradoria-Geral da República confirmou a realização de uma busca no âmbito da Operação Lex, sem indicar nomes, acrescentando que “não foram constituídos novos arguidos”.

A informação das buscas foi avançada pelo Correio da Manhã, que acrescenta que Natércia Pina ainda se mantém em funções como diretora dos serviços hoteleiros do Centro Hospitalar Lisboa Ociental (CHLO).

Segundo o jornal, os investigadores descobriram mensagens trocadas entre Rangel e o advogado Santos Martins, suposto testa de ferro do juiz, que evidenciam o pagamento de suborno. “Tem estado a juntar as receitas dos restaurantes e amanhã já paga. Ainda é um valor considerável, 1300 euros”, escreveu Santos Martins.

A Operação Lex foi desencadeada a 30 de janeiro e envolveu mais 33 buscas, das quais 20 domiciliárias, tendo sido acompanhadas por José Souto de Moura, juiz conselheiro e antigo procurador-geral da República.

O Estádio da Luz, as casas do presidente do Benfica Luís Filipe Vieira, de dois juízes (Rui Rangel e Fátima Galante) e três escritórios de advogados foram alguns dos alvos.

Rui Rangel e Fátima Galante são dois dos 13 arguidos desta operação que envolve, entre outros, o presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, o vice-presidente do clube Fernando Tavares, e ainda João Rodrigues, advogado e ex-presidente da Federação Portuguesa de Futebol.

A Operação Lex teve origem numa certidão extraída da Operação Rota do Atlântico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. estes corruptos e vigaristas é sempre a mesma M—- e não há quem os trave porque todos os politicos, juízes, governantes, advogados, banqueiros e afins fazem o querem , são eles que mandam neste quintal (imaginem se fosse o país grande…)

  2. Esse deveria ser metido atrás das grades e deixá-lo lá a apodrecer. Um juiz da relação e a vender bitaites na TV. Onde isto chegou…!

  3. … Portugal um país decadente e a superar a corrupção a nível mundial…depois querem ser exemplo de bonzinhos…olha o caso Vicente ? que puta de figura cá fizemos…

Responder a hjui Cancelar resposta

PEV e PAN ameaçam chumbar Orçamento na especialidade

Esta quarta-feira, em debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, PEV e PAN ameaçaram chumbar a proposta de OE na especialidade. No debate sobre o Orçamento do Estado para 2021, no Parlamento, Inês Sousa Real …

Imagens de satélite indicam que Irão começou construções em instalação nuclear

Imagens de satélite divulgadas esta quarta-feira mostram atividades na instalação nuclear iraniana de Natanz, um dia depois de inspetores da Agência Internacional de Energia Atómica confirmarem que o Irão iniciou a construção de uma central …

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …