Nova lei da imigração legaliza cadastros violentos

A nova lei da imigração, sob a qual basta uma “promessa de trabalho” para ser imigrante legal no país, está a obrigar o Governo a conceder autorização de residência a condenados que aleguem ser inexpulsáveis por ter família em Portugal.

As alterações à Lei de Estrangeiros, aprovada em Agosto pelo PS, PCP e Bloco, impedem a expulsão de criminosos que demonstrem ter ligações familiares em Portugal. Por isso, o SEF vê-se obrigado a conceder autorizações de residência por “razões humanitárias”.

Segundo o Diário de Notícias, a solução encontrada pelo SEF, com aval do Ministério da Administração Interna (MAI), foi recorrer a um regime excecional que autoriza que “quando se verificarem situações extraordinárias” pode “a título excecional, ser concedida autorização de residência temporária a cidadãos estrangeiros que não preencham os requisitos exigidos na presente lei por razões humanitárias”.

Trata-se do artigo 123, que, além desta alínea, habitualmente utilizada para casos de asilo, prevê também a exceção “por razões de interesse nacional” e “por razões de interesse público decorrentes do exercício de uma atividade relevante no domínio científico, cultural, desportivo, económico ou social”.

O mesmo jornal revela que fontes que estão a acompanhar o processo das novas legalizações asseguraram que cerca de duas dezenas de condenados já terão sido legalizados, devido a esta nova cláusula.

O SEF tinha dado um parecer negativo a esta alteração legislativa chamando, precisamente, a atenção para as contradições que traria à legislação: por um lado não permite a expulsão de condenados com ligações familiares, designadamente com filhos menores a cargo, mas por outro lado a autorização de residência está-lhes vedada por terem estado presos.

Nesse parecer o SEF tinha assinalado que nestes casos em que o tribunal decide que, além de cumprirem pena de prisão, os estrangeiros devem ser expulsos, estão em causa condenações por crimes graves, quase sempre de forma reincidente, como homicídios, roubos violentos e tráfico de droga.

Na legislação revogada, tal como na nova, não podem ser expulsos estrangeiros que “tenham nascido em território português e aqui residam habitualmente, tenham a cargo filhos menores, sobre os quais exerçam responsabilidades parentais e assegurem sustento e educação, se encontrem em Portugal desde idade inferior a 10 anos e aqui residam”.

No entanto, a anterior lei impunha como exceção casos que comprometessem a “segurança nacional ou a ordem pública, cuja presença ou atividades no País constituam ameaça aos interesses ou à dignidade do Estado Português ou dos seus nacionais, e em relação ao qual existam sérias razões para crer que cometeu atos criminosos graves ou que tenciona cometer atos dessa natureza, designadamente no território da União Europeia”.

Agora, a nova lei apenas permite expulsar em caso “de suspeita fundada da prática de crimes de terrorismo, sabotagem ou atentado à segurança nacional ou de condenação pela prática de tais crimes”.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Nós portugueses ficamos agradecidos a toda a esquerdalha que vende o país por meia dúzia de patacos, para eles a segurança dos cidadãos nada interessa, que importa para eles que alguém morra da maneira mais cruel às mãos destes criminosos, abre-se a porta a mais uns tantos e fica o problema da demografia resolvido, as lições vindas quase diariamente do que se passa em casa dos nossos vizinhos nada lhes serve para abrirem os olhos e sentirem no mínimo o dever de nos proteger.

  2. O “nosso” primeiro ministro quer que Portugal seja a porta de entrada dos conterraneos dele, para a Europa e com eles vem tambem os assassinos e malandros brazucas e os terroristas!!!

    Enfim Portugal no seu melhor.

RESPONDER

Terramotos na falha de San Andreas podem ser explicados por um lago antigo

A falha de San Andreas, que se situa ao longo da costa oeste da América do Norte e atravessa centros populacionais densos como o de Los Angeles, na Califórnia, é uma das falhas mais estudadas …

Uma estranha e rara molécula foi detetada na atmosfera de Titã

Uma equipa de cientistas da NASA identificou uma estranha e rara molécula na atmosfera de Titã, o maior satélite natural de Saturno. Em comunicado, os cientistas detalham que em causa está a molécula de ciclopropenilideno …

Paços 3-2 Porto | “Castor” épico tomba “dragão” com pés de pau

Surpresa na Capital do Móvel. O campeão nacional FC Porto foi a Paços de Ferreira averbar a segunda derrota nesta Liga NOS, saindo com um resultado desfavorável de 3-2. Num terreno tradicionalmente difícil – os “dragões” …

Teoria da Relatividade de Einstein observada em estrelas distantes

O que é que Albert Einstein, o GPS e um par de estrelas a 29.000 anos-luz da Terra têm em comum? A resposta é um efeito da Teoria Geral da Relatividade de Einstein chamado "desvio gravitacional …

Encontrada possível localização do gigante Snow Cruiser. Está perdido na Antártida há 60 anos

O Snow Cruiser era um veículo de exploração enorme enviado ao Pólo Sul em 1939 que ficou preso após desembarcar na Antártida e foi abandonado alguns anos depois. Redescoberto sob vários metros de neve e gelo …

Mbappé tem uma "mancha" na Liga dos Campeões

Números invulgares do avançado do PSG, que em 2020 ainda não marcou qualquer golo no torneio europeu. Pires e Rami falaram sobre o seu futuro. Kylian Mbappé. Visto por muita gente como o melhor avançado do …

Administração de Nixon recebeu um Nobel por um cessar-fogo que não existiu

O prémio Nobel da Paz foi atribuído em 1973 ao secretário de Estado da Administração de Richard Nixon, e seu assessor de segurança nacional, Henry Kissinger, e ao político vietnamita Le Duc Tho. As duas personalidades foram …

Cidade usa satélite para medir poluição luminosa (e os candeeiros de rua não são o maior problema)

As cidades do mundo desperdiçam uma grande quantidade de eletricidade - e dinheiro - ao deixar ligadas luzes brilhantes durante a noite toda. Porém, os candeeiros de rua não são os maiores culpados. Uma experiência de …

Prevenir uma futura pandemia pode estar dependente de apenas três medidas (e podem ser aplicadas já)

Até 70% das doenças infecciosas que surgiram nos humanos nos últimos 30 anos tiveram origem em animais e foram causadas por patogénicos originados em animais domésticos ou selvagens. Agora, um relatório lança aos princípios básicos …

"Não se torne um fantasma real". Coreia do Sul teme aumento de casos devido ao Halloween

A Coreia do Sul teme que as festividades do Halloween levem a um aumento de casos de covid-19 no país. Assim, para evitar que tal aconteça, investiram numa campanha de informação pública para apelar aos …