Basta agora uma “promessa de trabalho” para ser imigrante legal em Portugal

O Governo foi contra o parecer do SEF e alterou a lei, determinando que imigrantes sejam legalizados apenas com “promessa de contrato de trabalho”. O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras já pediu esclarecimentos ao ministério.

De acordo com a alteração à lei de estrangeiros publicada em Diário da República e citada pelo Diário de Notícias, a “promessa de um contrato de trabalho” passa a ser admitido como requisito para obter autorização de residência no país.

O diploma foi aprovado no parlamento pela esquerda, sob propostas do PCP e do BE – e a contrariar o resto da Europa – revogou ainda a exigência de permanência legal em Portugal, ou no espaço Shengen – espaço de abertura e livre circulação de pessoas na União Europeia, que estava já previsto no anterior regime para os casos de legalização, a título excecional, de imigrantes já com contratos de trabalho.

A nova lei impede também que sejam expulsos imigrantes que tenham cometido crimes como homicídios, roubos violentos ou tráfico de droga.

A lei vai contra o parecer do SEF que já tinha alertado para os riscos de segurança que a regularização extraordinária e o seu efeito de chamada de imigrantes para território nacional poderia causar.

A direção nacional decidiu então suspender o chamado SAPA, serviço de agendamento online onde os imigrantes registam as suas “manifestações de interesse” até o Ministério da Administração Interna clarificar o alcance das novas regras, algumas contraditórias com outros artigos que não foram alterados.

A decisão foi informada através de uma nota enviada pela direção nacional a todos os dirigentes distritais, segundo o Diário de Notícias.

O SEF também lembra, nesta informação interna, a falta de recursos humanos e meios informáticos suficientes para responder ao expectável aumento de pedidos de autorização de residência.

Esta não é a primeira vez que a isenção de vistos de entrada é aplicada. A estreia aconteceu em 2015, de forma irregular, e levou inclusive à abertura de processos de averiguações, em 2016, pela Inspeção-Geral da Administração Interna e pela Procuradoria-Geral da República, sem resultados conhecidos até agora.

Essa irregularidade teve o efeito de chamada de milhares de imigrantes ilegais noutros países europeus. De acordo com dados oficiais do SEF nesse ano houve um número recorde de novos pedidos de residência, na casa dos 12 mil, grande parte a pretexto da exceção aberta pelo SEF.

A maioria eram provenientes de países considerados de risco e tinham apenas a intenção de obter o visto de residência em Portugal para poderem circular livremente no espaço europeu, o que foi aproveitado pelas redes de imigração ilegal.

Sobre a atual alteração, Constança Urbano de Sousa refutou que a alteração legislativa possa ser entendida com regularização extraordinária e ter um efeito de chamada de imigrantes ilegais.

“As alterações à Lei de Estrangeiros apenas limitam a arbitrariedade, permitindo maior segurança jurídica”. Acrescenta ainda que se “mantém a obrigatoriedade da obtenção de visto” e que “não está em causa a regularização de quem tenha entrado ilegalmente. Uma leitura distinta da feita pelo SEF que, por ter dúvidas, já pediu esclarecimentos ao Ministério da Administração Interna.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. “A nova lei impede também que sejam expulsos imigrantes que tenham cometido crimes como homicídios, roubos violentos ou tráfico de droga.”
    Uhau!..Já agora, afixem logo nas chegadas dos aeroportos faixas bem grandes para os saudar do tipo; “Bem-vindo à República das Bananas”.
    Acrescentem: “… tragam as vossas kalashnikov também”.. Não há problema, os nossos políticos estão a tratar da legalização.
    Naturalmente com este ambiente os criminosos vão dar-se bem… Serão proprietários de lojas, ou outros negócios, que vão fornecer a “promessa de trabalho” ao resto do “time”…e subornar a autoridade para que tudo corra bem.
    Aposto também que vão ter acesso aos “serviços sociais” mais facilmente que “os da casa”…

    Mas isto é “lei” ou ausência dela??

RESPONDER

Carlos César é o "primeiro apoiante do Governo e do primeiro-ministro"

O líder parlamentar socialista rejeitou esta sexta-feira que a sua proposta para reduzir o IVA da tauromaquia represente uma desautorização do executivo, acentuando que é por convicção e posição institucional o primeiro apoiante do …

NASA acaba de divulgar novos dados sobre o misterioso Oumuamua

A NASA acaba de revelar novas informações sobre Oumuamua, o primeiro asteróide não oriundo do Sistema Solar já detetado. De acordo com uma nova publicação, o corpo interestelar é um "objeto relativamente pequeno e reflexivo.  Oumuamua, …

Espanha está a envenenar o Rio Tejo (é uma "indecência ecológica")

É um "cocktail de desastre" que está a sufocar o rio Tejo. Análises efectuadas à água do rio, desde a nascente em Espanha, até à foz em Portugal, revelam uma situação preocupante, e do outro …

Portuguesa que escondeu filha na mala do carro condenada a 5 anos de prisão

A mulher portuguesa que escondeu a filha na mala do carro, durante os seus primeiros 23 meses de vida, foi condenada a 5 anos de prisão, com 3 anos de pena suspensa, por ter causado …

Ex-primeiro-ministro da Macedónia fugiu do país num carro diplomático húngaro

O ex-primeiro-ministro macedónio Nikola Gruevski, condenado no seu país a dois anos de prisão por corrupção, passou pela Albânia em direção ao Montenegro no passado domingo num carro diplomático húngaro. A Hungria já garantiu não …

Governo avança com mais medidas para incentivar regresso de emigrantes

O Governo vai avançar com medidas “de caráter multidimensional” para apoiar o regresso de portugueses que emigraram e queiram regressar ao país, avançou esta quinta-feira o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro. À margem …

Sete em cada dez quedas de idosos acontecem em casa (mas é possível evitá-las)

A expressão “lar, doce lar” parece perder algum sentido quando o último relatório da Organização Mundial de Saúde sobre quedas comprova que estas são a principal causa de morte acidental dos idosos e acontecem, maioritariamente, …

Armas, carros, fatos. 90 milhões de euros para equipar polícias

Os polícias vão receber, em 2019, armas, carros, coletes balísticos e fatos de proteção, bem como obras em instalações, no valor de 90,9 milhões de euros. Esta sexta-feira, em Cascais, o ministro da Administração Interna entrega …

Zero oferece galinha ao Governo para reciclar resíduos orgânicos

A associação ambientalista Zero vai oferecer ao Governo a galinha Balbina, um animal reciclador, chamando a atenção para a necessidade de investir em soluções para que cada cidadão possa reciclar os resíduos orgânicos em casa. “A …

Chuva e vento forte de volta no fim de semana

O estado do tempo no fim-de-semana vai sofrer um agravamento devido à aproximação de um sistema frontal ao território do continente, prevendo-se chuva, vento forte e agitação marítima. De acordo com o Instituto Português do Mar …