A Noruega, um dos primeiros países a controlar a pandemia, recusa-se a desconfinar

gunnsteinlye / Flickr

Notodden, na Noruega

A Noruega, um dos primeiros países a controlar a pandemia, tem resistido à reabertura, continuando a entrada vedada aos não-residentes. Até 20 de agosto, as viagens para fora do país obrigam a uma quarentena de dez dias no regresso.

Segundo noticiou o Diário de Notícias esta terça-feira, a primeira-ministra Erna Solberg já anunciou que as férias que tinha marcadas em Espanha serão adiadas para o próximo ano.

Este não é caso único. As regras impostas no país estão a deixar famílias separadas, como acontece com Bettina Wintermark, que não pode ir a Bordéus ver a mãe, de 84 anos, atingida por um enfarte e que, segundo os médicos, só tem algumas semanas de vida.

“Na minha cabeça sei que não a vou voltar a ver com vida”, contou à AFP a francesa. “É um pesadelo. Se a Noruega não tivesse restrições tão duras, teria partido imediatamente. Mas está fora de questão andar a fazer idas e vindas para França porque teria de cumprir dez dias de quarentena de cada vez”.

Na Noruega, que tem quase cinco milhões e meio, contam-se 248 mortos por covid-19. “Muitos estão tristes e frustrados”, admitiu a ministra da Justiça, Monica Maeland, responsável pela coordenação da resposta à pandemia. Mas “não fazemos isto para chatear as pessoas mas sim porque temos de manter a situação sob controlo”.

O país reabriu a fronteira com a Dinamarca, Finlândia e Islândia a 15 de junho e pondera levantar a proibição de entrada a outros países do espaço Schengen a 20 de julho. O setor do turismo tem apelado à reabertura com a Alemanha, país de origem de um quarto dos turistas que entram na Noruega no verão.

Uma sondagem citada pela AFP mostra que 5,4% admitem ignorar as recomendações de segurança e viajar para um destino desaconselhado.

ZAP //

PARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Vejam lá coitadinho… Diz que é um pesadelo não poder ir ver a Mãe antes de ela morrer. Mas na verdade a única coisa que o impede, é a “chatice” de ficar 10 dias (uma eternidade!) de quarentena. Os médicos até já lhe disseram que a Mãe só sobrevive mais umas semanas… E ele sabe que tudo o que tinha de fazer era ir passar uns dias a França em qualquer AirBnB (ou afim) para poder acompanhar a Mãe e despedir-se dela, e depois estar 10 dias fechado em casa na Noruega quando regressar. Nessa altura os 10 dias até fariam sentido em luto pela Mãe… Mas qual quê!.. A velha que morra sozinha e abandonada sem sequer ter a companhia do filho… Normalíssimo!

    • Este deve viver do ar. As pessoas que trabalham, e muitos fazem-no diariamente para sobreviver, não podem perder 20 ou 30 dias em quarentena. O seu mundo, será um mundo perfeito. O da generalidade das pessoas infelizmente não é. É de facto triste a situação do senhor ou senhora.

  2. já estão a perceber a história do “tudo vai mudar”, “o novo normal” etc.

    so script é o mesmo do que se passou com os aeroportos pós circo do 11set2001…

    mas o pessoal continua a papar tudo o que lhe vendem!

    estamos a caminho de uma ditadura tecnocrática como o mundo nunca viu pq a carneirada se recusa a abrir os olhos.

  3. Pois eu estou de partida para a Suécia, dia 18JUL.
    Pretendia ir até ás Lofoten (na Noruega) em bicicleta e vir depois pelos paises balticos.
    Se não for possivel ir à Noruega e aos restantes paises Balticos, posso sempre viajar na Suecia e passar para a Polónia.
    A vida continu, n
    ao se pode parar o Mundo…..

    • Sim. Mas quando regressasses devias ficar de quarentena. Por que carga de água é que eu e os meus familiares havemos de ficar à mercê dos teus desvarios de férias?!

RESPONDER

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …

Na Indonésia, são os recém-licenciados quem mais vai sofrer com o impacto económico da covid-19

A covid-19 continua a desacelerar a economia na Indonésia e pode causar graves impactos nos recém-licenciados que entram no mercado de trabalho pela primeira vez. Na Indonésia, o crescimento económico diminuiu para 2,97% durante o primeiro …

Mudanças climáticas ameaçam 60% das espécies de peixes do mundo

Uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Alfred Wegener, na Alemanha, sugere que as mudanças climáticas podem destruir mais espécies de peixes do que se pensavam anteriormente. Se as temperaturas globais subirem …

Engenheiros desenvolvem célula de combustível duas vezes mais eficiente do que a de hidrogénio

Uma equipa de engenheiros da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, desenvolveu um novo processo para uma célula de combustível que funciona com o dobro da tensão das células a combustível tradicionais de hidrogénio. O novo …

Preços das bebidas concertados durante anos. Seis supermercados sob suspeita de cartel

Seis grupos de distribuição alimentar e dois fornecedores de sumos, vinhos e outras bebidas, foram acusados pela Autoridade da Concorrência de concertarem preços durante vários anos em prejuízo do consumidor. "Após investigação, a Autoridade da Concorrência, …

Sindicato denuncia mobilização forçada de médicos para tratar surto de Reguengos de Monsaraz

O Sindicado dos Médicos da Zona Sul (SMZS) denunciou hoje o que diz ser uma “mobilização forçada de médicos” pela Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo para o combate ao surto de covid-19 de …