Nobel da Literatura pode ficar cancelado durante mais de um ano

Greg Beadle, WEF / Flickr

Lars Heikensten, director executivo da Fundação Nobel

A dúvida sobre o Nobel da Literatura em 2019 permanece. O jornal britânico The Guardian reportou que “o prémio não vai ser atribuido em 2019 a não ser que se recupere a confiança depois do escândalo que assolou a academia sueca”.

Lars Heikensten, diretor executivo da Fundação Nobel, já tinha dito num Q&A no website da fundação que “o objetivo da Academia Sueca é tomar uma decisão no Prémio Nobel de 2018 e anunciá-lo juntamente com o Prémio de 2019. Esperamos que seja esse o caso, mas depende da capacidade da Academia Sueca restaurar a sua confiança”.

A questão está em “restaurar a confiança”, o que pode ser um pedido complicado que a Academia tem de atender. A Academia Sueca viu os seus membros ativos a serem reduzidos de 18 para 12 em abril de 2018, quando as acusações de assédio sexual contra a esposa de um dos membros levaram a uma chuva de demissões – incluindo a primeira mulher a ocupar o cargo de secretária permanente, Sara Danius.

Hoje, ainda com menos de 12 membros ativos e sem haver protocolo para preencher os lugares vazios dos membros que se demitiram, a Academia Sueca vê-se sem membros suficientes para se manter viva sem uma mudança radical.

Mesmo que para a seleção de um novo vencedor do Prémio Nobel da Literatura sejam precisos apenas 8 membros, a agitação gerada pelas acusações adiou o prémio para maio.

Mesmo que não tenha sido a primeira vez que a Academia se recusou a atribuir o prémio, foi a primeira vez que a razão para essa recusa tenha sido um problema interno. Devido ao atraso deste ano os amantes de literatura esperam ver dois vencedores do Prémio Nobel da Literatura em 2019.

Na entrevista de Lars Heikensten de 17 de maio, o diretor executivo da Fundação Nobel, tinha deixado dúvidas no ar em relação à capacidade da Academia em “pôr a sua casa em ordem, o mais cedo possível”.

Heikensten estava ciente de que a academia precisa de ter uma abordagem mais aberta para o conseguir. A forma como o júri decide o vencedor tem sido um segredo bem guardado ao longo dos anos, com os arquivos a serem abertos apenas 50 anos após a decisão ser tomada.

“A Academia Sueca deve ser capaz de divulgar quais as medidas concretas que estão a ser tomadas, e deve procurar ajuda externa para resolver os seus problemas”, disse Heikensten, acrescentando: “Entre outras coisas, precisam de reavaliar o cumprimento das suas regras de confidencialidade e de conflito de interesses”.

“A academia cultivou uma cultura fechada durante muito tempo, o que seria contestado uma vez ou outra. Acredito que, no fim, alguma coisa boa sairá desta situação, mesmo que não tenha sido esse o sentimento nas últimas semanas”.

PARTILHAR

RESPONDER

Igrejas evangélicas cultivam violência doméstica ao defender a supremacia dos homens sobre as mulheres

O facto de a igreja evangélica defender que o homem deve controlar a mulher apenas agrava o problema de violência doméstica, justificando os atos dos homens. Jane (nome fictício) era membro da comunidade cristã evangélica da …

A Cidade do México está a pagar aos seus polícias para que percam peso

A Polícia da Cidade do México está a levar a cabo um programa para combater o excesso de peso e a obesidade no seu efetivo através de incentivos financeiros.  Ao todo, escreve a agência AFP que …

Há um novo método para medir buracos negros

Os buracos negros supermassivos são os maiores buracos negros, com massas que podem exceder mil milhões de sóis. Apenas esta primavera foi divulgada a primeira imagem do buraco negro supermassivo no centro da galáxia M87, …

E Tudo o Vento Levou… há 80 anos

E Tudo o Vento Levou celebra este domingo 80 anos de vida, marcando a data da sua estreia nos Estados Unidos. Oito décadas depois, o filme mantém-se como uma das maiores obras primas do cinema …

O problema impossível mais simples do mundo está a levar matemáticos à loucura

Matemáticos avisam os seus colegas para se manterem longe da conjetura de Collatz. No entanto, Terence Tao decidiu arriscar, e está muito perto de resolver aquele que muitos chamam de o problema impossível mais simples …

Soldados da Guerra Civil dos EUA pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias

Investigadores encontraram evidências que indicam que soldados da Guerra Civil norte-americana pintavam o cabelo para ficar melhor nas fotografias. Escavações em Camp Nelson, no Kentucky, revelaram restos de um estúdio de fotografia com 150 anos, o …

Chuva, vento forte e neve. Mau tempo vai agravar-se nas próximas 48 horas

A Proteção Civil alertou este domingo para um agravamento do estado do tempo nas próximas 48 horas, com períodos de chuva, possibilidade da queda de neve nas terras alta do norte e centro e ainda …

Descoberta nova espécie de aranha-violinista no Vale do México

Cientistas identificaram, no México, uma nova espécie de aranha com um veneno que, apesar de não ser fatal, é capaz de causar necrose na pele humana. Uma equipa de cientistas da Universidade Nacional Autónoma do México …

Já sabemos sobre o que conversam os orangotangos

Um novo estudo da Universidade de Exeter, em Inglaterra, desvendou a linguagem secreta dos orangotangos, descobrindo o que significam 11 sinais vocais e 21 gestos. Os investigadores passaram dois anos a filmar mais de 600 horas …

COP25 aprovou conclusões. Não há acordo para regulação dos mercados de carbono

A cimeira da ONU sobre o clima terminou hoje em Madrid assinalando a urgência para conter as alterações climáticas, mas a mais longa cimeira sobre o clima de sempre sem chegar a acordo nos pontos …