Neto de Freud e ex-político pedófilo suspeito no caso Maddie

DR ITV

Sir Clemente Freud, ex-político neto de Sigmund Freud foi denunciado como pedófilo.

O ex-político inglês e ex-apresentador de rádio Clement Freud, neto do famoso psicanalista Sigmund Freud, foi denunciado como pedófilo por um canal inglês e pode vir a ser encarado como suspeito no caso do desaparecimento de Madeleine McCann.

Sir Clement Freud, que morreu em 2009, com 84 anos de idade, abusou de meninas na casa dos 10 anos de idade, durante várias décadas, conforme relataram algumas das suas vítimas ao canal britânico ITV.

Esta informação pode agora ser considerada pelos investigadores do caso Madeleine McCann, a menina inglesa que desapareceu em 2007 num resort turístico na Praia da Luz, no Algarve, quando tinha três anos de idade.

Clement Freud tinha uma casa precisamente na Praia da Luz e ter-se-á tornado amigo da família McCann nas semanas seguintes ao desaparecimento de Maddie, reporta o jornal inglês The Telegraph.

Mario Cruz / Lusa

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

O jornal relata encontros na casa do ex-político e contactos telefónicos e por email. Em 2008, o jornal The Guardian noticiou que o porta-voz dos McCann, Clarence Mitchell, se tinha juntado à empresa de comunicações do filho de Clement Freud, o bilionário Matthew Freud.

O Telegraph salienta que os detectives da investigação que decorre no Reino Unido em torno de Maddie vão avaliar estes novos dados para concluir se podem ou não ser relevantes para o inquérito.

O director da Scotland Yard, Bernard Hogan-Howe, disse recentemente que a investigação do caso Maddie estava perto de ser encerrada, mas a hipótese de Clement Freud vir a ser considerado como suspeito pode adiar esse desfecho.

A notícia está a chocar todo o Reino Unido, já que o ex-político era muito popular entre os britânicos.

Os McCann manifestaram estar “horrorizados” com a descoberta de que Freud era um pedófilo, conforme avança o Telegraph.

Até Bono esteve no funeral

No seu funeral, em 2009, estiveram figuras tão mediáticas como Bono, vocalista dos U2, e tão prestigiadas como o primeiro-ministro britânico da altura, Gordon Brown, que falou dele, na cerimónia fúnebre, como “mais do que um tesouro nacional, uma instituição nacional”.

Em 1987, o neto do psicanalista Sigmund Freud e irmão do pintor Lucian Freud, recebeu o título de Cavaleiro das mãos de Margaret Thatcher.

No entanto, na penumbra, era um pedófilo, abusando, durante vários anos, de uma menina que criou como se fosse sua filha. Foi esta vítima, Sylvia Woosley, agora na casa dos 70 anos, que contactou a ITV para denunciar os abusos de que foi alvo por parte de Freud.

Sylvia Woosley contou ao canal inglês como o ex-político se tornou amigo da sua família, em 1948, quando trabalhava no Sul de França como director de um hotel. Os primeiros abusos começaram nessa altura, quando ela tinha 10 anos de idade.

Depois, a família de Sylvia Woosley pediu a Freud e à sua mulher, a actriz Jill Raymond, para tomarem conta dela, no seguimento do divórcio dos pais. Viveu então, com o casal como se fosse filha deles, sofrendo os abusos até que fez 19 anos e conseguiu sair de casa.

Outra vítima que manteve o anonimato contou à ITV que começou a ser abusada aos 11 anos, nos anos de 1970, e que, quando tinha 18 anos de idade, foi violada por ele de forma tão violenta que ficou a sangrar durante uma semana.

Nessa altura, Freud era deputado do Partido Liberal no parlamento inglês e partilhava um gabinete com Cyril Smith, outro político também denunciado como pedófilo após a sua morte, em 2010.

Viúva que seduziu jovem de 16 anos pede desculpa

A viúva de Freud, de 89 anos, já pediu desculpas às vítimas, garantindo que nada sabia sobre os abusos cometidos pelo marido com quem partilhou a vida durante 58 anos.

“É um dia muito triste para mim. Fui casada com o Clement durante 58 anos e amei-o muito. Estou chocada, imensamente triste e profundamente lamentosa pelo que aconteceu a estas mulheres. Espero, sinceramente, que agora tenham alguma paz”, salienta Jill Raymond numa declaração enviada à ITV.

Mas o documentário do canal e as declarações de Sylvia Woosley dão a entender que Jill Raymond poderia estar a par dos abusos cometidos pelo marido.

O Daily Mail reforça esta ideia, notando que ela pode ter feito vista grossa aos actos de pedofilia e recorda que o escritor Jonathan ‘Joss’ Self, amigo dos Freud, revelou, num livro de memórias, que foi seduzido, quando tinha apenas 16 anos, por nada mais nada menos do que Jill Raymond, que era 30 anos mais velha.

Self também sublinha no livro como Clement saberia do affair da mulher com ele e como não havia problemas nisso, por terem “um casamento aberto”.

Nascido em Berlim, na Alemanha, o ex-político vivia no Reino Unido desde que Sigmund Freud e a sua família judia fugiram ao regime Nazi. É pai de cinco filhos, entre os quais, além do já referido bilionário das Relações Públicas Matthew Freud, a apresentadora de televisão Emma Freud.

Uma prole que fica muito aquém dos 14 filhos do não menos famoso irmão Lucien Freud, dois dos quais com a primeira mulher e os outros 12 com cinco amantes diferentes. Mas diz-se que Lucien poderá, de facto, ser pai de mais de 40 crianças…

SV, ZAP

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Começa-se a perceber porque é que os ingleses estiveram tão interessados em abafar. Um sir pedófilo, ou seja um pedófilo com pedegree !!!!!

  2. “Em 1987, o neto do psicanalista Sigmund Freud (…) recebeu o título de Cavaleiro das mãos de Margaret Thatcher.”
    Perdoem-me que duvide. Embora propostos pelo governo, a atribuição dos títulos, no Reino Unido, compete à rainha e não ao primeiro-ministro.

RESPONDER

Portugal já está a vacinar 100 mil pessoas por dia. 10% da população já tomou duas doses

Na quinta-feira, cerca de 100 mil pessoas receberam a vacina contra a covid-19, o que antecipa em uma semana esta meta definida pela task force do plano de vacinação. Cerca de 100 mil pessoas receberam a …

Açores vão ter testes gratuitos em farmácias e rastreios laborais aleatórios

Os Açores vão passar a disponibilizar testes rápidos gratuitos para o despiste da covid-19 nas farmácias, testes de saliva para a testagem massiva aos alunos e rastreios laborais aleatórios, anunciou esta quinta-feira o secretário regional …

Uma morte e 377 novos casos nas últimas 24 horas. Rt e incidência recuam

O boletim da DGS desta sexta-feira dá conta de mais 377 novos casos em Portugal. Registou-se ainda mais um óbito. Nesta sexta-feira, dia 7 de maio, o país tem 22.421 casos ativos, menos 114 do que …

MP investiga morte de bebé que terá sido esquecido no carro em Lisboa

O Ministério Público instaurou um inquérito para averiguar as circunstâncias da morte de uma criança de dois anos que terá ficado esquecida no interior de um carro, em Lisboa. A mãe ter-se-á esquecido do bebé …

Governo está a preparar contestação de providência cautelar sobre Zmar

O ministro da Administração Interna afirmou hoje que já está a ser preparada a contestação à providência cautelar que suspende a requisição civil das casas do complexo Zmar, adiantando que o Ministério não foi ainda …

Subsídio europeu de 150 euros mensais para tirar 5 milhões de crianças da pobreza severa

Arrancou nesta sexta-feira, no Porto, a Cimeira Social promovida pela presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Um momento que o ex-ministro Pedro Marques aproveita para lançar a ideia de um novo apoio social de …

Banca empresta 475 milhões para Fundo de Resolução pagar ao Novo Banco

O sindicato bancário, composto por sete bancos, vai proceder ao financiamento do Fundo de Resolução para este cumprir a injeção de capital no Novo Banco já na próxima semana. O Jornal Económico avança, esta sexta-feira, que …

China suspende "diálogo económico" com a Austrália e denuncia "mentalidade de Guerra Fria"

Esta quinta-feira, o Governo chinês anunciou a suspensão "por tempo indefinido" de todas as atividades realizadas no âmbito da iniciativa "Diálogo Económico Estratégico China-Austrália". As relações entra a China e o ocidente estão cada vez mais …

Bolsonaro diz ter tido sintomas de reinfeção. China acusa-o de "politizar" novo coronavírus

O Presidente do Brasil admitiu na quinta-feira que teve sintomas de reinfeção pelo novo coronavírus "há poucos dias" e afirmou que tomou ivermectina, fármaco sem comprovação científica contra a covid-19. As declarações de Jair Bolsonaro foram …

"É fácil despedir". PCP quer mudar regime de despedimento coletivo e extinção de postos de trabalho

O PCP vai entregar na Assembleia da República esta sexta-feira um projeto de lei que visa limitar os despedimentos coletivos e a extinção de postos de trabalho, eliminando o despedimento por inadaptação. O objetivo do partido …