Neto de Freud e ex-político pedófilo suspeito no caso Maddie

DR ITV

Sir Clemente Freud, ex-político neto de Sigmund Freud foi denunciado como pedófilo.

O ex-político inglês e ex-apresentador de rádio Clement Freud, neto do famoso psicanalista Sigmund Freud, foi denunciado como pedófilo por um canal inglês e pode vir a ser encarado como suspeito no caso do desaparecimento de Madeleine McCann.

Sir Clement Freud, que morreu em 2009, com 84 anos de idade, abusou de meninas na casa dos 10 anos de idade, durante várias décadas, conforme relataram algumas das suas vítimas ao canal britânico ITV.

Esta informação pode agora ser considerada pelos investigadores do caso Madeleine McCann, a menina inglesa que desapareceu em 2007 num resort turístico na Praia da Luz, no Algarve, quando tinha três anos de idade.

Clement Freud tinha uma casa precisamente na Praia da Luz e ter-se-á tornado amigo da família McCann nas semanas seguintes ao desaparecimento de Maddie, reporta o jornal inglês The Telegraph.

Mario Cruz / Lusa

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

Kate e Gerry McCann, os pais de Maddie

O jornal relata encontros na casa do ex-político e contactos telefónicos e por email. Em 2008, o jornal The Guardian noticiou que o porta-voz dos McCann, Clarence Mitchell, se tinha juntado à empresa de comunicações do filho de Clement Freud, o bilionário Matthew Freud.

O Telegraph salienta que os detectives da investigação que decorre no Reino Unido em torno de Maddie vão avaliar estes novos dados para concluir se podem ou não ser relevantes para o inquérito.

O director da Scotland Yard, Bernard Hogan-Howe, disse recentemente que a investigação do caso Maddie estava perto de ser encerrada, mas a hipótese de Clement Freud vir a ser considerado como suspeito pode adiar esse desfecho.

A notícia está a chocar todo o Reino Unido, já que o ex-político era muito popular entre os britânicos.

Os McCann manifestaram estar “horrorizados” com a descoberta de que Freud era um pedófilo, conforme avança o Telegraph.

Até Bono esteve no funeral

No seu funeral, em 2009, estiveram figuras tão mediáticas como Bono, vocalista dos U2, e tão prestigiadas como o primeiro-ministro britânico da altura, Gordon Brown, que falou dele, na cerimónia fúnebre, como “mais do que um tesouro nacional, uma instituição nacional”.

Em 1987, o neto do psicanalista Sigmund Freud e irmão do pintor Lucian Freud, recebeu o título de Cavaleiro das mãos de Margaret Thatcher.

No entanto, na penumbra, era um pedófilo, abusando, durante vários anos, de uma menina que criou como se fosse sua filha. Foi esta vítima, Sylvia Woosley, agora na casa dos 70 anos, que contactou a ITV para denunciar os abusos de que foi alvo por parte de Freud.

Sylvia Woosley contou ao canal inglês como o ex-político se tornou amigo da sua família, em 1948, quando trabalhava no Sul de França como director de um hotel. Os primeiros abusos começaram nessa altura, quando ela tinha 10 anos de idade.

Depois, a família de Sylvia Woosley pediu a Freud e à sua mulher, a actriz Jill Raymond, para tomarem conta dela, no seguimento do divórcio dos pais. Viveu então, com o casal como se fosse filha deles, sofrendo os abusos até que fez 19 anos e conseguiu sair de casa.

Outra vítima que manteve o anonimato contou à ITV que começou a ser abusada aos 11 anos, nos anos de 1970, e que, quando tinha 18 anos de idade, foi violada por ele de forma tão violenta que ficou a sangrar durante uma semana.

Nessa altura, Freud era deputado do Partido Liberal no parlamento inglês e partilhava um gabinete com Cyril Smith, outro político também denunciado como pedófilo após a sua morte, em 2010.

Viúva que seduziu jovem de 16 anos pede desculpa

A viúva de Freud, de 89 anos, já pediu desculpas às vítimas, garantindo que nada sabia sobre os abusos cometidos pelo marido com quem partilhou a vida durante 58 anos.

“É um dia muito triste para mim. Fui casada com o Clement durante 58 anos e amei-o muito. Estou chocada, imensamente triste e profundamente lamentosa pelo que aconteceu a estas mulheres. Espero, sinceramente, que agora tenham alguma paz”, salienta Jill Raymond numa declaração enviada à ITV.

Mas o documentário do canal e as declarações de Sylvia Woosley dão a entender que Jill Raymond poderia estar a par dos abusos cometidos pelo marido.

O Daily Mail reforça esta ideia, notando que ela pode ter feito vista grossa aos actos de pedofilia e recorda que o escritor Jonathan ‘Joss’ Self, amigo dos Freud, revelou, num livro de memórias, que foi seduzido, quando tinha apenas 16 anos, por nada mais nada menos do que Jill Raymond, que era 30 anos mais velha.

Self também sublinha no livro como Clement saberia do affair da mulher com ele e como não havia problemas nisso, por terem “um casamento aberto”.

Nascido em Berlim, na Alemanha, o ex-político vivia no Reino Unido desde que Sigmund Freud e a sua família judia fugiram ao regime Nazi. É pai de cinco filhos, entre os quais, além do já referido bilionário das Relações Públicas Matthew Freud, a apresentadora de televisão Emma Freud.

Uma prole que fica muito aquém dos 14 filhos do não menos famoso irmão Lucien Freud, dois dos quais com a primeira mulher e os outros 12 com cinco amantes diferentes. Mas diz-se que Lucien poderá, de facto, ser pai de mais de 40 crianças…

SV, ZAP

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

  1. Começa-se a perceber porque é que os ingleses estiveram tão interessados em abafar. Um sir pedófilo, ou seja um pedófilo com pedegree !!!!!

  2. “Em 1987, o neto do psicanalista Sigmund Freud (…) recebeu o título de Cavaleiro das mãos de Margaret Thatcher.”
    Perdoem-me que duvide. Embora propostos pelo governo, a atribuição dos títulos, no Reino Unido, compete à rainha e não ao primeiro-ministro.

RESPONDER

Crianças inspiram Lego a livrar-se de todas as embalagens de plástico

As peças da Lego podem acabar no oceano durante mais de mil anos, mas os fabricantes dinamarqueses estão a tentar tornar a empresa ecologicamente correta. Na sua última promessa, a Lego vai começar a usar sacos …

Uma cidade chamada "amianto" está a tentar mudar o nome (e a discussão tornou-se tóxica)

Há uma cidade no Canadá chamada Asbesto - um material de construção altamente tóxico. Os habitantes da cidade não estão felizes com este nome, mas a sua mudança também não está a ser fácil. De acordo …

FC Porto 3-1 Braga | Entrada de “dragão”

O FC Porto iniciou a defesa do título nacional com uma vitória importante sobre o Sporting de Braga por 3-1. Os minhotos marcaram primeiro no Dragão, por um ex-portista, mas os descontos do primeiro tempo foram …

Barco navega em forma de coração para agradecer aos habitantes da Nova Escócia

A escuna Bluenose II navegou de forma bastante original no último dia da temporada de 2020. A rota seguida criou a forma de um coração no porto de Lunenburg, na Nova Escócia. De acordo com o …

França bate recorde com 13.498 novos casos. Espanha não vai confinar

A França registou este sábado um recorde diário de casos de covid-19, com 13.498 novos infetados nas últimas 24 horas, anunciou a Agência Nacional de Saúde, acrescentando que, no mesmo período, morreram mais 26 pessoas. No …

Diogo Jota no Liverpool

O Liverpool oficializou hoje a contratação do futebolista internacional Diogo Jota, de 23 anos, num contrato “de longa duração”, sem especificar a duração. A imprensa inglesa tem adiantado que o jogador vai assinar por cinco épocas, …

Companhia aérea australiana oferece voos de 7 horas (para lugar nenhum)

A companhia aérea australiana Qantas anunciou recentemente planos para um voo panorâmico de sete horas que fará um loop gigante em Queensland e Gold Coast, New South Wales e os remotos centros do interior do …

Barack Obama vai publicar um livro de memórias (mas só depois da eleições de novembro)

O livro de memórias do antigo Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, só vai ser publicado depois das eleições presidenciais de novembro. Uma enxurrada de livros políticos chegou às prateleiras nas últimas semanas, no final da …

Confrontos em Londres entre polícia e opositores das restrições devido à pandemia

A polícia de Londres, Inglaterra, entrou hoje em confronto com manifestantes que protestavam contra as restrições que visam conter a disseminação do novo coronavírus. De acordo com a agência Associated Press (AP), os confrontos ocorreram quando …

Milhares infetados por bactéria após fuga em fábrica farmacêutica chinesa

Milhares de pessoas no noroeste da China contraíram uma doença bacteriana depois de uma fuga que causou um surto numa biofarmacêutica no ano passado. De acordo com a CNN, que cita relatos dos media locais, mais …