Netflix rompe relações com Kevin Spacey após escândalo sexual

A Netflix anunciou, na noite de sexta-feira, o rompimento de todos os laços com o ator e que não irá continuar com “House of Cards” enquanto a série o incluir, na sequência do escândalo sexual.

“A Netflix não estará envolvida em mais nenhuma produção de ‘House of Cards’ que inclua Kevin Spacey. Continuaremos a trabalhar com a MRC [a produtora Media Rights Capital] durante esta interrupção para avaliar o nosso futuro caminho no que toca à série”, indicou a plataforma digital em comunicado.

A referida interrupção é a atual paragem das gravações da série devido às denúncias de assédio sexual contra Kevin Spacey, protagonista de “House of Cards”.

Segundo o The Hollywood Reporter, os guionistas da série estarão a introduzir mudanças no guião da sua sexta e última temporada precisamente para que a história não inclua Frank Underwood, o personagem interpretado por Kevin Spacey.

Horas antes, a revista especializada Variety apontava na mesma direção, citando fontes que asseguram que os produtores da série estão a estudar a possibilidade de “matar” o personagem para que não apareça na próxima temporada.

A Netflix também decidiu afastar-se do filme sobre o escritor norte-americano Gore Vidal, autor de obras como “Lincoln” ou “Império”, que morreu em 2012, que o ator acabou de gravar e que inicialmente ia ser emitido pela plataforma digital.

“Também decidimos que não vamos dar seguimento ao lançamento de ‘Gore’, que estava na fase de pós-produção, protagonizada e produzida por Kevin Spacey”, indicou a empresa, num comunicado citado pelas agências internacionais.

Segundo testemunhos recolhidos pelo The Hollywood Reporter, o guião da sexta e última temporada de “House of Cards” estava praticamente finalizado antes de o ator Anthony Rapp ter acusado Kevin Spacey, no passado domingo, de assédio sexual, dando conta de um caso que remontará ao ano de 1986, quando ambos tinham 14 e 26 anos, respetivamente.

A publicação indicou que os dois primeiros capítulos dessa nova temporada já tinham sido gravados e que a preparação do terceiro estava em curso quando o escândalo estalou.

A rodagem da série foi suspensa por tempo indeterminado pela plataforma digital pouco depois de serem conhecidas as denúncias contra Spacey, duas vezes vencedor do Óscar.

Fontes da revista detalharam que essa paragem, que poder-se-á prolongar-se por mais de duas semanas, deve-se ao facto de os responsáveis da série quererem dar margem aos guionistas para introduzir as mudanças necessárias no guião para fazer desaparecer dele Spacey, que também é produtor executivo da série.

Segundo a CNN, oito atuais e antigos funcionários de “House of Cards” acusaram Spacey de ter tornado tóxico o ambiente da produção da série, por causa do assédio sexual.

A primeira denúncia, feita por Rapp, levou Spacey a assumir a sua homossexualidade e também a garantir que não se recordava do episódio relatado pelo ator apesar de ter dito que, se realmente aconteceu, lhe devia “sinceras desculpas” pelo seu comportamento.

“Honestamente, não me lembro do encontro, deve ter sido há mais de 30 anos, mas se eu me comportei como ele descreve, devo-lhe sinceras desculpas pelo que deve ter sido um comportamento de bêbado, profundamente inadequado, e eu lamento muito pelos sentimentos que descreve ter carregado durante todos estes anos”, escreveu no Twitter.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

As mudanças climáticas estão a contribuir para a alteração do sabor do café

Há muito tempo que se tem conhecimento que as mudanças climáticas têm tido um impacto negativo no ambiente e na população, o que não se sabia é que este fenómeno também está a afetar o …

Químicos encontrados na comida e no ar ameaçam a fertilidade dos homens

Em apenas algumas gerações, a contagem de espermatozoides humanos pode diminuir para níveis abaixo daqueles considerados adequados para a fertilidade. Esta é a afirmação alarmante feita no novo livro da epidemiologista Shanna Swan, "Countdown", que reúne …

"Nomadland" é aposta na reabertura das salas de cinema

As salas de cinema reabrem já na segunda-feira e a grande aposta é Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao. O premiado filme Nomadland – Sobreviver na América, da realizadora Chloé Zhao, é a …

Invasão ao Capitólio recriada através de vídeos divulgados nas redes sociais

A VICE recriou a invasão ao capitólio, no dia 6 de janeiro de 2021, através de vídeos divulgados pelos manifestantes nas redes sociais. Os resultados das eleições presidenciais norte-americanas não convenceram toda a gente. Uma parcela …

França cria delito de "ecocídio" para punir poluição ambiental

A lei resulta de uma recomendação da Convenção de Cidadãos pelo Clima e visa penalizar casos de poluição ambiental com crime específico. A câmara baixa francesa aprovou, este sábado, a criação do delito de “ecocídio” para …

Estação de metro abandonada em NY é o set de filmagens secreto mais bem guardado de Hollywood

A Bowery Station, uma estação de metro em Nova Iorque, permaneceu abandonada durante cerca de 20 anos, mas desfruta agora de uma nova vida. Tudo começou em 2016, quando Sam Hutchins, um veterano da indústria cinematográfica, procurava …

Nacional 0-1 FC Porto | Dragão cansado não facilita

O FC Porto foi à Madeira vencer o Nacional por 1-0. Quem pensou que seria jogo de goleada para os “azuis-e-brancos” enganou-se por completo. Os insulares deram luta, só permitiram um golo, por parte de Mehdi …

João Leão aposta num OE de "expansão" (e mantém a fé num acordo à esquerda)

O ministro das Finanças, João Leão, acredita que o sétimo Orçamento do Estado será aprovado com os partidos à sua esquerda. Ao semanário Expresso, João leão explicou que os próximos Orçamentos do Estado não serão de …

Português investigou histórias por detrás das dedicatórias de Beethoven

A dedicatória do compositor Beethoven da famosa "Sonata ao Luar" a uma alegada musa foi, afinal, uma forma sarcástica de se vingar pela forma como se sentiu desrespeitado, descobriu o musicólogo e pianista português Artur …

Nos canais de Utrecht, os peixes têm uma "campainha" para passar pela barreira

Quando os peixes desovam pelos canais de Utrecht, nos Países Baixos, costumam ser bloqueados pela eclusa Weerdsluis. Agora, a cidade lançou a primeira campainha para peixes do mundo. De acordo com o Dutch Review, o sistema …