Kevin Spacey pede desculpas após acusação de assédio e revela homossexualidade

O protagonista da famosa série “House of Cards” veio a público pedir desculpas depois de ter sido acusado por um ator de assédio sexual há mais de 30 anos, aproveitando para assumir a sua homossexualidade.

De acordo com a BBC, Anthony Rapp, ator de Star Trek, quebrou um silêncio com mais de 30 anos, ao contar numa entrevista ao BuzzFeed, este domingo, que Kevin Spacey tentou abusar dele numa festa, em 1986.

Rapp, que na altura tinha apenas 14 anos, relatou que Spacey, então com 26, convidou-o para uma festa em sua casa e que aparentava estar bêbado quando o incidente ocorreu. O ator contou que estava sentado numa cama, quando o outro entrou no quarto.

“Carregou-me ao colo como um noivo carrega uma noiva. Inicialmente, não me afastei porque estava a perguntar-me: ‘o que está a acontecer?’. Foi então que se deitou em cima de mim”, recorda.

“Estava a tentar-me seduzir. Tinha noção de que estava a querer abusar de mim sexualmente”, acrescentou o ator, que disse ter conseguido fugir para uma casa-de-banho.

O astro de Hollywood Kevin Spacey, o “Frank Underwood” da série americana House of Cards, exibida pelo Netflix, veio a público pedir desculpas depois de ter sido acusado de assediar um ator adolescente há mais de trinta anos.

Rapp explicou que se sentiu motivado a revelar a história depois do escândalo com o poderoso produtor de Hollywood, Harvey Weinstein, acusado por mais de 50 mulheres de violação e assédio sexual.

“Revelei a minha história, apoiado nos ombros dos corajosos homens e mulheres que têm decidido falar e tentar fazer a diferença, como eles fizeram comigo”, escreveu no Twitter.

O protagonista de “House of Cards”, série de sucesso da Netflix, viu-se obrigado a apresentar um pedido de desculpas, no qual revelou não se lembrar sequer desse episódio.

“Tenho muito respeito e admiração por Anthony Rapp como ator. Estou horrorizado por ouvir esta história. Honestamente não me lembro deste encontro, que já foi há mais de 30 anos. Mas se eu me comportei da forma como descreve, devo-lhe as mais sinceras desculpas pelo que foi um comportamento inapropriado da embriaguez. Sinto muito pelos sentimentos que ele diz ter carregado durante todos estes anos”.

No mesmo pedido de desculpas, o ator admite, pela primeira vez, a sua homossexualidade.

“Esta história encorajou-me a lidar com outras questões da minha vida. Eu sei que há histórias sobre mim por aí, algumas alimentadas pelo facto de eu ser tão cuidadoso com a minha privacidade. As pessoas mais próximas sabem que, na minha vida, tive relacionamentos com homens e mulheres“, revela.

“Amei e tive relacionamentos românticos com homens durante a minha vida e escolho agora viver como um homem gay. Quero lidar com isso de forma honesta e aberta, e isso começa comigo a examinar o meu próprio comportamento”, conclui.

A revelação de Spacey valeu-lhe muitas críticas, com várias pessoas a questionar o momento escolhido pelo prestigiado ator para revelar a sua orientação sexual, quando está a ser acusado de tentativa de abuso sexual a um menor.

ZAP // BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Deputado Lobo d'Ávila abre portas ao futuro no CDS. "Não digo não" ao partido

O ex-deputado Filipe Lobo d'Ávila afirmou que não afasta a possibilidade de se candidatar à liderança do CDS. O potencial candidato à sucessão de Assunção Cristas indicou que a estratégia do partido, nos últimos anos, …

Só o Governo prevê uma aceleração em 2020. OCDE também está pouco otimista (e deixa um conselho a Centeno)

A economia portuguesa vai abrandar nos próximos anos, segundo antecipa a Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Económico (OCDE). No Economic Outlook publicado esta quinta-feira, as previsões para a economia nacional aponta para um crescimento …

Trump exige que se pare "a caça às bruxas" em reação a testemunho de embaixador

"Esta caça às bruxas deve parar agora. Tão prejudicial para o nosso país!", escreveu Donald Trump no Twitter, em reação ao testemunho do seu embaixador da União Europeia. O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, manifestou …

Seis embaixadores portugueses mudam de países

Há seis embaixadores portugueses que vão mudar de cidade. O Presidente da República já assinou o decreto que rege a nomeação de novas chefias para tutelar as embaixadas de Portugal em Berlim, Madrid, Praga e …

Rúben Dias pede dois milhões por ano. Vieira não está disposto a pagar tanto

A negociação de contrato entre Rúben Dias e o SL Benfica atingiu um impasse. O jogador não se contenta com um salário inferior a dois milhões de euros líquidos por ano, mas Vieira não está …

Secretarias de Estado instaladas em "casa" dos governantes

As três secretarias de Estado que ficarão fora de Lisboa serão instaladas nas terras natal dos seus respetivos governantes. Esta medida do Governo faz parte de um esforço de descentralização. O Governo decidiu avançar nesta legislatura …

Governo quer bolsas do Ensino Superior automáticas para alunos de ação social escolar

O Governo quer que os alunos do secundário com direito à ação social escolar tenham direito, de forma automática, a bolsas do ensino superior, algo que pode acontecer já no próximo ano letivo. Segundo noticiou o …

Modelo económico do Google e Facebook "ameaça" direitos humanos, diz Amnistia Internacional

A Amnistia Internacional criticou esta quinta-feira o modelo económico "baseado na vigilância" dos gigantes da internet Google e Facebook, considerando que é uma "ameaça sistémica aos direitos humanos". Num relatório, a organização não-governamental argumentou que, ao …

Da Amora a Lima. Jorge Jesus "está a dois passos de alcançar a eternidade"

A cumprir a 31.ª época da sua carreira de técnico, iniciada há 30 anos, na temporada 1989/90, ao serviço do Amora, Jesus precisa de bater os argentinos do River Plate, os detentores do título, para …

Revolucionários colombianos estão a recrutar crianças venezuelanas para guerrilha

A Federação de Associações de Professores Universitários da Venezuela (FAPUV) denunciou na quarta-feira que grupos e subversivos da vizinha Colômbia estão a recrutar crianças em idade escolar para a guerrilha. "Temos jovens e crianças, especialmente nas …