Nepal está a vender o arroz doado às vítimas do terramoto para evitar que se estrague

Narendra Shrestha / EPA

Uma nepalesa beija a filha bebé em frente aos escombros da sua casa, em Baluwa, Nepal, depois do terramoto

Uma nepalesa beija a filha bebé em frente aos escombros da sua casa, em Baluwa, Nepal, depois do terramoto

O Governo nepalês está a vender milhares de toneladas de arroz doado às vítimas do terramoto há mais de um ano para evitar que se estrague, perante a incapacidade de o fazer chegar às famílias necessitadas.

Sismo no Nepal

“Começámos a vender, porque há uma grande probabilidade de que o arroz se estrague se se mantiver armazenado durante mais tempo”, adiantou Pawan Kumar Karki, porta-voz da Cooperação Alimentar do Nepal.

Depois do sismo de 25 de abril de 2015, a China e o Bangladesh doaram cerca de 10.030 toneladas de arroz, das quais apenas 2.600 foram entregues às vítimas e outras 3.400 toneladas foram enviadas para a região de Karnali, a zona menos desenvolvida do Nepal e onde escasseiam alimentos, continuando o restante armazenado.

O Governo nepalês decidiu agora vender cerca de 4.400 toneladas a um preço equivalente a 38 centavos de dólar o quilo, o que poderá permitir arrecadar cerca de 170 milhões de rúpias (1,5 milhões de dólares).

Dois sismos e uma série de réplicas atingiram o Nepal em abril e maio de 2015, matando mais de 8.700 pessoas e devastando extensas zonas do país.

Após o sismo, a UNICEF alertou que 70 mil crianças precisavam de apoio nutricional urgente.

De acordo com organização, cerca de 15 mil crianças nos 14 distritos mais afetados pelo sismo precisavam de alimentação terapêutica, como por exemplo pasta de amendoim (rica em nutrientes), para tratar desnutrição severa grave.

A par deste grupo, outras 55 mil crianças em estado de desnutrição severa moderada precisavam de alimentação e cuidados suplementares para voltar a ter um desenvolvimento e um crescimento saudáveis.

Antes do terramoto, uma criança em cada dez no Nepal sofria de desnutrição severa grave, enquanto quase quatro em cada dez registavam um atraso no crescimento devido a um estado de desnutrição crónica, acrescentou a agência da ONU

O sismo terá agravado este cenário.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Maria de Belém, Paulo Macedo, Adalberto Campos Fernandes. Marcelo chama seis ex-ministros a Belém

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, vai chamar a Belém seis ex-ministros do setor para falar sobre a resposta da Saúde durante a pandemia. De acordo com o semanário Expresso, Marcelo Rebelo de Sousavai …

Pai de Rosa Grilo constituído arguido por suspeita de favorecimento pessoal

O pai de Rosa Grilo, Américo Pina, foi esta quarta-feira constituído arguido num segundo processo relacionado com a morte do triatleta Luís Grilo. Segundo o jornal Público, a notícia foi confirmada por fonte próxima do processo, …

NOS e Vodafone vão partilhar equipamentos de redes móveis

A NOS e a Vodafone fecharam acordos com vista à partilha de infraestruturas e equipamentos de rede móvel, abrangendo as tecnologias 2G, 3G e 4G. A NOS e a Vodafone anunciaram um acordo de partilha de …

Eutanásia começa a ser discutida. Deputados consideram pergunta "confusa" e "não" é quase certo

A discussão sobre a eutanásia começa hoje no Parlamento e estende-se até sexta-feira. A proposta, que conta com o apoio da Igreja Católica, deve ser chumbada, tendo em conta os sentidos de voto já conhecidos, mas …

Cabrita mantém auditoria sobre falhas na GNR e PSP em segredo

A auditoria "Cartografia de Risco", feita pela Inspeção-Geral da Administração Interna (IGAI) que detetou falhas na formação e organização na GNR e na PSP, continua em segredo no gabinete do ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita. Em …

Assassino publicou áudio a dizer que "vingou o profeta". Pai de aluna e dois menores podem ter sido cúmplices

O assassino do professor francês que mostrou caricaturas de Maomé numa aula divulgou uma mensagem de áudio nas redes sociais em que dizia ter vingado o profeta, após publicar uma fotografia da sua vítima, avança …

Avanços e ajustamentos em pezinhos de lã. Sem certezas, Governo tenta aproximar-se à esquerda

A tensão entre o PS e a esquerda já dura há duas semanas. O Governo já fez algumas cedências em troca do "sim" dos parceiros, mas falta a análise que tarda em chegar. Fonte do Governo …

"Bazuca" dá mais mil milhões para "revolução" nos transportes de Lisboa e Porto

O ministro do Ambiente e da Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, diz que estamos perante uma "revolução" que vai mudar muito a circulação das pessoas em Lisboa e no Porto. O dinheiro vindo da União …

"Médicos pela Verdade". Ordem abre processo contra movimento que desvaloriza gravidade da covid-19

A Ordem dos Médicos abriu processos disciplinares a 7 médicos do movimento Médicos pela Verdade, grupo que desvaloriza a gravidade da covid-19 e se mostra contra o uso generalizado de máscaras e de testes de …

"Esta é a crise das nossas vidas". Vieira da Silva diz que chumbo do OE seria "dificilmente compreensível"

O ex-ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, José António Vieira da Silva, elogiou, em entrevista ao jornal ECO, a proposta para Orçamento de Estado para 2021 (OE2021) e disse que seria "estranho" que não …