Os Himalaias encolheram depois do terramoto no Nepal

Paul Hamilton / Wikimedia

Vista dos Himalaias

Geólogos norte-americanos e alemães afirmam que o forte terramoto que atingiu o Nepal terá diminuído o tamanho da cordilheira dos Himalaias em cerca de 1 metro.

Os investigadores alertam, no entanto que esta alteração, provocada pelo tremor de terra de 25 de abril, tem que ser confirmada por estudos no local, dados aéreos ou dados de GPS.

A investigação é anterior ao segundo terramoto no Nepal, ocorrido esta terça-feira, 12 de maio.

“A principal zona que viu a sua altura reduzida é um trecho de 80 a 100 km do Langtang Himal, a noroeste da capital, Katmandu”, diz o geólogo Richard Briggs, do Serviço Geológico dos Estados Unidos.

Langtang é uma região onde se encontram ainda desaparecidos muitos moradores e montanhistas, possivelmente mortos, após as avalanches e deslizamentos de terra desencadeados pelo terramoto de magnitude 7,8 ocorrido a 25 de abril.

Os geólogos acreditam que a altura de outros picos dos Himalaias também pode ter diminuído, incluindo o Ganesh Himal, a oeste de Langtang.

Ainda não foram analisadas as imagens de satélite do mais famoso pico dos Himalaias – o Everest.

A análise dos dados tem-se centrado na região central do Nepal, mais atingida pelo terremoto. O Everest localiza-se a leste desta área.

No entanto, antes do tremor de terra, já havia discussões sobre a altura do Everest.

“Mas o que vemos nos dados que avaliámos… é uma região em que claramente se identifica uma diminuição de até 1,5 m”, diz Christian Minet, geólogo do DLR, o Centro Aeroespacial Alemão, que processou os dados do terramoto no Nepal enviados pelo satélite Sentinel-1a.

United States Geological Survey / Wikimedia

As placas tectónicas da Terra. A placa da Índia (a vermelho) desliza lentamente para debaixo da placa da Eurásia (verde). Entre a Índia e a China, o Nepal (assinalado) está na linha que separa as placas

As placas tectónicas da Terra. A placa da Índia (a vermelho) desliza lentamente para debaixo da placa da Eurásia (verde). Entre a Índia e a China, o Nepal (assinalado) está na linha que separa as placas

Sobe e desce

Cientistas do Centro de Observação da Terra do DLR compararam duas imagens separadas de uma mesma região enviada pelo satélite, antes e depois do terremoto.

Segundo Minet, as imagens de satélite mostraram que a área da cordilheira diminuiu cerca de 0,7 m a 1,5 m, mas que “não é possível dizer que haja uma montanha específica que esteja menor”.

O estudo também descobriu que algumas áreas, incluindo a capital, Katmandu, e o sul das montanhas do Himalaia, ficaram mais altas depois do terramoto. Movimentos de abatimento e elevação são um comportamento geológico normal, depois de um terramoto desta magnitude.

Normalmente, a altura dos Himalaias está em ascensão, devido à colisão entre as placas tectónicas Indiana e Eurasiática. Mas durante grandes terremotos, o processo é invertido, dizem os geólogos.

Entretanto, as autoridades no Nepal dizem que ainda não avaliaram o impacto geológico do terremoto no Himalaia, já que ainda estão empenhados nas operações de resgate após o terremoto.

ZAP / BBC

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas conseguiram manter tecido cerebral de cobaias vivo durante semanas

Cientistas japoneses conseguiram manter partes de tecido cerebral de cobaias vivas e viáveis durante 25 dias, isoladas numa cultura, graças a um novo método. De acordo com o Science Alert, a chave para o sucesso foi …

Arqueólogos descobrem 25 sítios que comprovam presença militar romana no Norte e na Galiza

Investigadores portugueses e galegos descobriram 25 novos sítios no Norte de Portugal e na Galiza que “comprovam arqueologicamente” a presença militar romana nos dois territórios, correspondendo a maioria dos locais a “acampamentos militares”, revelou hoje …

EUA poderão manter alguns efetivos na Síria para proteger poços de petróleo

Os EUA planeiam deixar alguns efetivos no nordeste da Síria para proteger instalações petrolíferas e garantir o combate contra um possível ressurgimento do grupo extremista Estado Islâmico (EI), disse hoje o secretário de Defesa dos …

Polícias realizam manifestação conjunta em Lisboa a 21 de novembro

Elementos da PSP e da GNR realizam a 21 de novembro, em Lisboa, uma manifestação conjunta para exigirem ao novo Governo "a resolução rápida" dos problemas que ficaram por resolver na anterior legislatura. Com o lema …

Sérvia punida por racismo no jogo com Portugal

A UEFA condenou nesta segunda-feira a Sérvia a disputar o próximo jogo da fase de qualificação para o Euro 2020 à porta fechada, por manifestações racistas na partida com Portugal, disputada em Belgrado, que terminou …

Juve Leo lança críticas à direção: Um clube sem rumo e que precisa de bodes expiatórios

Depois de o Sporting rescindir os protocolos com a Juventude Leonina e com o Diretivo Ultras XXI devido à "escalada de violência" recente, a Juve Leo reagiu em comunicado com duras críticas à direção de …

Um terço dos fogos deste ano tiveram como causa queima e queimadas

Um terço dos incêndios florestais registados este ano e investigados tiveram como causa queimadas e queimas, revela o último relatório do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). O relatório provisório de incêndios rurais, …

De Nova Iorque a Sydney em 19 horas. Avião da Qantas bate recorde

O primeiro voo comercial direto entre as cidades de Nova Iorque e Sydney, com mais de 19 horas, terminou, este domingo, na cidade australiana. O teste realizado pela companhia aérea Qantas faz parte do Project Sunrise, …

Marcelo ficou "muito impressionado" pela destruição do furacão Lorenzo nos Açores

O Presidente da República visitou, este domingo, o porto das Lajes das Flores, que ficou destruído após a passagem do furacão Lorenzo pelos Açores, mostrando-se "muito impressionado" pela destruição "massiva". "Muito impressionado com aquilo que foi …

Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da formação espalhados pela Europa

O Sporting é o terceiro clube com mais jogadores da sua formação a atuarem nas ligas europeias e o emblema português mais representado nas 'big 5', segundo o observatório de futebol do Centro Internacional de …