UNICEF diz que 70 mil crianças no Nepal precisam de apoio nutricional urgente

Narendra Shrestha / EPA

Uma nepalesa beija a filha bebé em frente aos escombros da sua casa, em Baluwa, Nepal, depois do terramoto

Uma nepalesa beija a filha bebé em frente aos escombros da sua casa, em Baluwa, Nepal, depois do terramoto

A UNICEF afirmou que 70 mil crianças com menos de cinco anos no Nepal precisam de apoio nutricional urgente, de forma a prevenir a deterioração do seu estado de saúde.

O apelo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) é lançado esta segunda-feira, precisamente um mês depois do forte sismo, de magnitude 7,8 na escala de Richter, que abalou o território nepalês.

No sismo de 25 de abril, mais de 8.600 pessoas perderam a vida e outras 16.800 ficaram feridas. Outro forte abalo, de magnitude de 7,3, foi sentido a 12 de maio.

De acordo com a UNICEF, cerca de 15 mil crianças nos 14 distritos mais afetados pelo sismo precisam de alimentação terapêutica, como por exemplo pasta de amendoim (rica em nutrientes), para tratar desnutrição severa grave.

A par deste grupo, outras 55 mil crianças em estado de desnutrição severa moderada precisam de alimentação e cuidados suplementares para voltar a ter um desenvolvimento e um crescimento saudáveis.

Antes do terramoto, uma criança em cada dez no Nepal sofria de desnutrição severa grave, enquanto quase quatro em cada dez registavam um atraso no crescimento devido a um estado de desnutrição crónica, acrescentou a agência da ONU, alertando que o sismo terá agravado este cenário.

A organização Save the Children também indicou hoje que milhares de recém-nascidos correm sério risco de contrair doenças ou até mesmo de morrer, uma vez que cerca de 93 mil grávidas constam entre a população afetada diretamente pelo sismo.

Muitas destas mulheres não estão a viver nas respetivas casas, mas sim sob lonas de plástico, em condições de pouca higiene e ao frio, segundo o relato desta organização não-governamental.

A mesma entidade alertou que, quando começar a estação das monções, as chuvas fortes vão aumentar o risco de propagação de doenças, em especial aquelas que são transmitidas através da água como é o caso da cólera.

Até hoje, o plano internacional de ajuda entregou, entre outros itens, mais de 26.000 kits de alojamento provisório, mais de 11.800 cabazes de alimentos básicos e perto de 42.600 ‘kits’ de purificação de água, meios que chegaram a cerca de 103.000 pessoas, das quais mais de 43.000 são menores de idade.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

"Salvadores brancos". Organização vai acabar com as viagens de celebridades a África

A organização Comic Relief vai deixar de enviar celebridades como Ed Sheeran ou Stacey Dooley para fazerem filmes promocionais em países africanos após decidir que a abordagem reforça estereótipos ultrapassados sobre “salvadores brancos”. Além de acabar …

Tragédia no Canal da Mancha. Quatro migrantes morreram em alto mar após Governo rejeitar rota segura

De acordo com as autoridades francesas, quatro migrantes - incluindo duas crianças de cinco e oito anos - morreram ao tentar chegar ao Reino Unido de barco através do Canal da Mancha. O pequeno barco …

Detidos 21 suspeitos de desviarem fundos para financiar Puigdemont na Bélgica

A operação da polícia espanhola contra o alegado desvio de fundos públicos para financiar as despesas do ex-presidente regional catalão Carles Puigdemont fugido na Bélgica resultou hoje em 21 detidos ligados ao movimento independentista na …

Ativista detido depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Museu do Louvre

Mwazulu Diyabanza foi detido na semana passada em Paris, depois de tentar retirar uma escultura indonésia do Louvre. O ativista congolês disse que a ação foi parte de um protesto para que os museus europeus …

Proteção Civil do Porto já pediu recolher obrigatório e recomenda novo estado de emergência

A Proteção Civil do distrito do Porto já avançou com o pedido ao Governo de recolher obrigatório para a região. Marco Martins sugere ainda o regresso ao estado de emergência. Marco Martins, responsável pela proteção Civil …

Exames nacionais de 2021 mantêm normas excecionais criadas no anterior ano letivo

Os professores vão voltar a contabilizar, na classificação dos próximos exames nacionais, apenas as respostas às perguntas obrigatórias e àquelas em que o aluno tenha melhor pontuação, à semelhança das normas excecionais aplicadas no ano …

PSD-Madeira critica preços "pornográficos" e "obscenos" nas viagens da TAP no Natal

O PSD-Madeira voltou nesta quarta-feira a criticar os preços praticados pela TAP nas viagens para a região, referindo que na época do Natal chegam a atingir 1.143 euros, e considerou os valores “pornográficos” e “obscenos”. “São …

Autarca de Roma revela que máfia italiana planeou um ataque contra si e a sua família

A presidente da Câmara de Roma, Virginia Raggi, revelou que grupos do crime organizado planearam matá-la e a sua família porque ela os estava a atacar em partes da capital italiana que dominam. Aos 37 anos, …

OE2021. "Quem vota contra quer outro modelo ou desistiu de melhorar o SNS", diz Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, sustentou esta quarta-feira que os partidos que vão votar contra o Orçamento do Estado para 2021 querem outro modelo de sistema de saúde ou desistiram de melhorar o SNS. Numa …

Mais 3.960 casos e 24 mortes. É o pior dia desde o início da pandemia

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 3.960 casos positivos e 24 mortes por covid-19. Os dados foram divulgados no mais recente boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Este foi o pior dia desde o …