Nem um euro para o metro de Lisboa se não houver igual para o Porto

International Transport Forum / Flickr

O Scretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro

O Scretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, recusou hoje qualquer investimento na expansão do metro de Lisboa se não “estiver garantido o mesmo investimento no Porto”

“Durante a vigência deste Governo, não haverá um euro de financiamento na expansão do metro de Lisboa que não seja aplicado no Porto”, assegurou o governante no Porto, durante a apresentação de um projeto que vai prolongar os horários do metro e autocarros locais durante 24 horas aos fins de semana.

Sérgio Monteiro frisou, ainda, que o modelo de financiamento da expansão terá de ser “igual em Lisboa, no Porto ou em Coimbra”, envolvendo “fundos públicos, privados e comunitários” aplicados “na mesma proporção”.

O governante adiantou que, no novo modelo de concessão, “a gestão dos contratos passa a ser feita por autoridades metropolitanas totalmente controladas pelos municípios, sem intervenção estatal”.

“Os autarcas do Porto têm dito que os municípios não podem estar a contribuir para a regulação económica dos contratos. Julgo que [esta] função deve ser assumida por órgãos exclusivamente metropolitanos. Mas quem beneficia dessa regulação são os operadores privados, e aqueles que hoje já estão no sistema e não pagam devem passar a pagar”, sustentou Sérgio Monteiro.

Contributo das empresas beneficiadas

Sérgio Monteiro esclareceu que pediu às autarquias do Porto e de Lisboa que ajudassem o Governo “a pensar de que forma as externalidades positivas de um sistema metropolitano podem beneficiar esse sistema”.

Para o secretário de Estado, não é “ajustado que, se uma rede se expande e serve uma determinada empresa ou centro comercial, este não contribua para o seu financiamento”.

“Não quer dizer que seja uma receita exclusivamente municipal. Mas os municípios, que são uma parte interessada na expansão, devem contribuir com ideias que se podem transformar em verbas”, defendeu.

Relativamente a esta matéria, Rui Moreira, presidente da Câmara Municipal do Porto, foi mais cauteloso e defendeu uma revisão do modelo de financiamento autárquico.

“Depende se temos ou não fundos. Depois, depende do envolvimento dos privados. Em terceiro lugar, depende do que será o modelo de financiamento autárquico no futuro e que terá de ser revisto”, afirmou.

Considerando “interessante e conveniente para o país que haja delegação de competências” nas autarquias, o presidente da Câmara do Porto defendeu ser preciso “discutir” os recursos necessários “por cada uma dessas competências”.

“É importante que se pense, e tem de ser pensar a longo prazo, num modelo de financiamento autárquico para acompanhar este modelo de descentralização”, alertou.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Candidatura ibérica ao Europeu de andebol. Lisboa é a única cidade portuguesa

O campeonato da Europa da modalidade, em 2028, pode ser realizado em diversas cidades espanholas. E na capital portuguesa. A Federação de Andebol de Portugal e Real Federação Espanhola de Andebol confirmaram nesta terça-feira que submeteram …

Uber usou 50 empresas de fachada holandesas para evitar impostos, revela relatório

A Uber recorreu a cerca de 50 empresas de fachada holandesas para reduzir a sua carga fiscal global, revelou a mais recente investigação do australiano Center for International Corporate Tax Accountability and Research. Segundo avançou o …

Task force traça nova meta e prevê 70% da população vacinada até ao início de agosto

O processo de vacinação em Portugal vai contar, a partir deste segundo trimestre, com uma maior quantidade de vacinas disponíveis, principalmente a partir do final deste mês. Esta quarta-feira, no Parlamento, o vice-almirante Henrique Gouveia e …

Mais quatro mortes e 485 casos em Portugal. R(t) sobe ligeiramente

Esta quarta-feira, Portugal regista mais quatro óbitos e 485 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Coroa de diamantes e safiras da rainha Maria II vai hoje a leilão em Genebra

A leilão vai também, esta quarta-feira, um conjunto de adornos, igualmente em safiras e diamantes, da coleção de Estefânia de Beauharnais, filha adotiva de Napoleão I Várias joias que pertenceram a casas reais europeias, entre as …

40 mortos em manifestações contra Governo na Colômbia. Presidente anuncia investigação a abusos policiais

Mais de 40 pessoas morreram nas manifestações contra o governo da Colômbia que começaram há duas semanas, segundo a organização não-governamental (ONG) Temblores. Em relatório divulgado na terça-feira, a ONG colombiana contabiliza pelo menos 40 mortes …

Netanyahu avisa: Hamas "vai receber ataques que não espera"

A escalada de violência continua em Israel e nos territórios palestinianos ocupados e já há vítimas mortais dos dois lados. O Conselho de Segurança das Nações Unidas volta a reunir-se de emergência esta quarta-feira. As forças …

Pela primeira vez, Governo admite que aplicação Stayway Covid não funcionou

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, um dos primeiros governantes a ver o protótipo da aplicação de rastreio de casos de covid-19, admitiu que a StayAway Covid não funcionou. Segundo Manuel Heitor, …

Crónica ZAP - Nota Artística por Nuno Miguel Teixeira

Nota artística: Sporting campeão (Boavista é o próximo)

https://soundcloud.com/nuno-teixeira-264830877/sporting-1-0-boavista-o-musical Sei que esta música já foi incluída neste espaço radiofónico. A versão foi outra mas a música era a mesma. Abriu a emissão sobre o FC Porto-Benfica, em janeiro deste ano. Porque esses eram os …

Entidade para a Transparência. Governo quer que o processo seja célere, mas leva atraso de 2 anos

O Governo quer celeridade no processo de criação e instalação da Entidade para a Transparência, um organismo que já foi aprovado há dois anos. Numa audição na Comissão da Transparência, sobre a criação e instalação da …