Negociações do OE arrancam 2.ª feira. Bloco bate o pé pelas prioridades de sempre

António Cotrim / Lusa

Arrancam na próxima segunda-feira as negociações do Orçamento do Estado para 2022. A primeira delegação a ser recebida por António Costa é a do PAN, por volta das 10h00.

Segundo a Renascença, as negociações do Orçamento do Estado para 2022 arrancam já na próxima segunda-feira. António Costa vai receber a delegação do PAN, que será encabeçada pela porta voz do partido, Inês Sousa Real, por volta das 10h00.

Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, já tinha confirmado que a última semana de julho será dedicada à reunião com os partidos que aprovaram o OE2021, mas também com o Bloco de Esquerda, que chumbou o diploma.

Os primeiros encontros vão servir para definir o calendário de negociação e para apresentar as linhas gerais de cada uma das partes.

Da parte dos bloquistas, as prioridades e exigências mantêm-se. Depois de ter votado contra o último documento, o partido apela a mais condições para o Serviço Nacional de Saúde (SNS), até porque o exercício de 2021, defende Catarina Martins, não respondeu às necessidades do país e a “política de mínimos saiu muito cara”.

Não respondeu à exaustão dos profissionais do SNS, não fixou profissionais, não respondeu às necessidades de proteção social – deixou tanta gente desprotegida no tempo da pandemia -, não respondeu do ponto de vista do trabalho, com empresas lucrativas – que até lucraram mais no tempo da pandemia – a fazerem despedimentos coletivos e a substituírem trabalhadores com vínculo e anos de carreira por trabalhadores em outsourcing, com salário mínimo e sem direitos nenhuns”, assinalou Catarina Martins.

Sobre as linhas de orientação para as negociações, a líder explicou que o que o Bloco de Esquerda “dizia há um ano mantém-se como absolutamente urgente“, pelo que vai “voltar a apresentar as mesmas prioridades”.

Para a bloquista, “a política de mínimos” que o Governo tem levado a cabo “saiu muito cara ao país”, dando o exemplo do adiamento dos “investimentos necessários”.

“Quando nós dizíamos é preciso alargar a testagem já e aumentar a saúde pública já para prevenir nova vaga, o Governo dizia o ano passado: ‘não, este verão já vai ser de retoma’ e não preparou a segunda vaga, não preparou a terceira, não preparou a quarta. Adiou sempre os investimentos”, criticou.

Cada vez que os investimentos são adiados, segundo a coordenadora do Bloco. “Portugal fica com um enorme problema sanitário, social e económico.”

“Fazermos de conta que este não é um problema prolongado, com efeitos prolongados que precisa de investimento, fazer de Portugal um dos países da UE que menos gastou na resposta à pandemia, não faz nenhum bem à nossa economia nem às nossas contas públicas”, condenou.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Os smartphones avariam mal acaba a garantia? Portugal e a UE estão a lutar contra a obsolescência programada

As empresas criam os telemóveis para avariarem pouco depois de acabar a garantia - mas a União Europeia e várias associações estão a lutar contra o desperdício e a tentar proteger os direitos do consumidor. É …

Lava do vulcão de La Palma está a escorrer em direção ao mar aumentando o risco de gases tóxicos

O vulcão Cumbre Vieja na ilha de La Palma, nas Canárias, que entrou em erupção no domingo, tem uma nova boca eruptiva, o que obrigou a evacuar mais habitações, informaram as autoridades. De acordo como Plano …

Adesão ao IVAucher quase duplicou no último mês - mas restauração quer mais medidas

No último mês, quase duplicou o número de contribuintes que se inscreveu no programa que permitirá rebater os descontos acumulados no âmbito da iniciativa IVAucher. De acordo com o Jornal de Notícias, a 23 de agosto, …

Tribunal Europeu dos Direitos Humanos culpa Rússia pelo assassinato de Alexander Litvinenko

Decisão remonta ao incidente de novembro de 2006, que ocorreu num hotel londrino, seis anos após o dissidente político se ter mudado para o Reino Unido, precisamente para fugir às ameaças do regime de Vladimir …

"Tratam-nos assim por causa da cor da nossa pele". Polícias nos EUA filmados a chicotear migrantes

Fotos e vídeos mostram polícias na fronteira a carregar contra migrantes e a usar objectos semelhantes a chicotes. A Casa Branca já condenou a situação e promete que vai investigar o sucedido. Pareciam imagens do tempo …

Benfica: a principal ameaça na Liga dos Campeões será Darwin

Pelo menos é a visão catalã. Benfica é o próximo adversário do Barcelona. Mais um jogo, mais uma vitória. O Benfica só sabe ganhar no campeonato português, para já, e na noite passada venceu em casa …

Estado vai financiar formação de funcionários públicos em universidades e politécnicos

Verbas destinadas ao projeto provêm do Orçamento do Estado e do Plano de Recuperação e Resiliência — cerca de 600 milhões. O Estado vai financiar, inteira ou parcialmente, as formações profissionais dos profissionais públicos, através do …

Sevilha rescinde com jogador por má forma física

O Sevilha anunciou a rescisão de contrato com o defesa-central Joris Gnagnon por falta de profissionalismo relativamente à sua forma física. De acordo com o jornal A Bola, o Sevilha rescindiu contrato com o defesa-central francês …

"O nosso Governo está pronto". Trudeau volta a ganhar as eleições - mas sem maioria absoluta

O líder do Partido Liberal do Canadá (LP) Justin Trudeau disse hoje, depois de ganhar as eleições gerais do país, que os eleitores canadianos escolheram "um plano progressivo" e que está pronto para formar um …

Travar margens nos combustíveis pode acabar por prejudicar os consumidores (e até fechar bombas)

A proposta de lei do Governo aprovada, na semana passada, para a limitação das margens das petrolíferas nos preços dos combustíveis pode acabar por travar a concorrência e até levar ao encerramento de bombas de …