Havai diz não aos protetores solares para proteger os corais

A partir do dia 1 de janeiro de 2021, ninguém poderá usar protetores solares que contenham oxibenzona e octinoxato no Havai, uma medida que tem como objetivo proteger os corais da região.

O Havai tornou-se o primeiro estado norte-americano a proibir a venda e a distribuição de protetores solares que tenham na sua composição substâncias químicas prejudiciais aos recifes de coral. Esta terça-feira, David Ige, governador do Havai, promulgou uma lei, aprovada em maio, e que entrará em vigor a 1 de janeiro de 2021.

Presentes em cerca de 70% dos protetores solares nos EUA, o oxibenzona e o metoxicinamato de octila são os dois compostos que põem em causa a sobrevivência dos corais.

A lei, que não só retira os protetores solares dos supermercados como limita a sua utilização apenas aos casos em que houver uma receita médica, deixa claro que estes químicos têm impactos prejudiciais significativos no ambiente marinho e nos ecossistemas do Havai, chegando aos oceanos através dos banhos e do escoamento das águas residuais.

Segundo o jornal Público, esta medida causou reações negativas por parte de várias associações empresariais e representantes da área da saúde, que alertam para o risco da haver uma elevada redução do uso de protetor solar, sobretudo se não houver uma alternativa viável e barata aos produtos retirados do mercado.

Mas a indústria cosmética e farmacêutica fica em primeiro lugar no pódio das reações negativas a esta lei. A Bayer diz em comunicado que “eliminar o uso de protetores solares considerados seguros e eficazes pela FDA, com uma longa história de consumo, não só restringe a escolha do consumidor, como também vai contra os esforços de prevenção do cancro da pele”.

A alternativa aos protetores solares banidos são produtos biodegradáveis com compostos minerais, como óxido de zinco e dióxido de titânio. Os protetores minerais absorvem os raios solares, em vez de refletirem a luz e atuarem como uma barreira física.

Apesar disso, não está ainda cientificamente provada a possibilidade de as nanopartículas minerais serem também prejudiciais para o ambiente.

Ainda assim, os legisladores havaianos recordam que os recifes do Havai estão sob ameaça, com investigadores a documentarem elevados níveis de branqueamento dos corais.

De acordo com o Diário de Notícias, no ano passado, os investigadores descobriram que 56% dos corais da Big Island estavam já branqueados, assim como 44% dos corais de West Maui e 32% dos recifes de Oahu.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Metro de Nova Iorque pede à Apple para melhorar sistema de reconhecimento facial

A autoridade que gere o metro de Nova Iorque, nos Estados Unidos, pediu à gigante tecnológica Apple para melhorar o reconhecimento facial dos seus dispositivos depois de serem observados vários passageiros a retirar a máscara …

Rival da Tesla diz que o seu carro terá uma autonomia de 832 quilómetros

A empresa Lucid Motors, concorrente direta da Tesla no mercado automóvel elétrico, afirma que o seu carro Air terá uma autonomia de 832 quilómetros. A confirmar-se a autonomia deste carro, o automóvel da Lucid Motors ultrapassará …

Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha. Estima-se que …

Atalanta 1-2 PSG | Reviravolta épica vale bilhete para as “meias”

Um final impróprio para cardíacos e o epílogo perfeito num excelente jogo. O PSG esteve a perder desde o minuto 27, mas em apenas três minutos dos descontos deu a volta ao texto diante da …

Um emblemático transplante nos EUA aconteceu graças a um coração "roubado"

Um dos primeiros transplantes de coração realizados no mundo aconteceu no Estados Unidos. O que muitos não sabem é que este caso de sucesso também deu aso ao primeiro processo civil no país por homicídio …

"Pandemia de sem-abrigo" nos EUA. Há 30 milhões de pessoas sob risco de despejo

Nos Estados Unidos da América avizinha-se uma "pandemia de sem-abrigo". Até ao final de setembro, 30 milhões de norte-americanos estão em risco de despejo devido à covid-19. Nos Estados Unidos, a pandemia de covid-19 pode estar …

Tráfego nas autoestradas cai para quase metade. Foi o pior trimestre de sempre

A rede da Associação Portuguesa das Sociedades Concessionárias de Autoestradas ou Pontes com Portagens (APCAP) registou de abril a junho "o pior trimestre de circulação e tráfego médio desde que há registos", recuando 46% devido …

Bielorrússia cortou acesso à internet e tentou fazer com que parecesse um acidente

No seguimento da reeleição de Alexandr Lukashenko na Bielorrússia, multiplicam-se os apagões de internet. O Governo diz que se trata de um ataque cibernético, mas há suspeitas de que seja um plano do presidente. Os protestos …

Resgatados 28 cães sem registo ou vacinas de barracões onde também vivia a proprietária em Lisboa

Vinte e oito cães foram retirados pela PSP terça-feira de barracões em Lisboa onde também vivia a proprietária, avança a agência Lusa, detalhando que os animais serão depois colocados para adoção.  Os animais foram posteriormente recolhidos …

Pela primeira vez em 300 anos, é possível visitar esta ilha em Cabo Cod

Pela primeira vez em 300 anos, uma ilha ao largo da costa de Cabo Cod, península em forma de gancho no estado norte-americano de Massachusetts, está aberta ao público. A Ilha Sipson é propriedade privada desde …