Não há mortes por covid-19 em lares há duas semanas. Infeções com maior aumento entre os jovens

Sebastião Moreira / Lusa

Nas duas últimas semanas, não foram registados óbitos por covid-19 de utentes ou residentes de Estruturas Residenciais Para Idosos. Especialistas apontam a vacinação como o principal motivo para a diminuição dos óbitos.

No dia em que se registaram zero morte por covid-19, Filipe Fores, coordenador do gabinete de crise da Ordem dos Médicos para a Covid-19, sublinha que “o que estamos a ver é o efeito de uma cobertura vacinal muito elevada da população acima de 80 anos, onde se concentravam 95% dos óbitos devido à covid-19”.

Segundo números divulgados no início de Abril, 44% dos idosos acima de 80 anos já tinham recebido as duas doses da vacina contra a covid-19 e 85% tinham recebido pelo menos uma. O Público refere que falta vacinar com a primeira dose apenas 15% das pessoas com mais de 80 anos.

“Ainda há pouco tempo se verificava que os lares de idosos tinham um terço das mortes devido à covid-19. Como foram os utentes dos lares e os profissionais de saúde os primeiros a serem vacinados, verificou-se logo uma queda abrupta das mortes, deixamos de ter todas essas mortes nos lares”, explica o investigador do Instituto de Medicina Molecular da Faculdade de Medicina de Lisboa, Miguel Prudêncio.

O especialista frisa ainda que “não podemos esquecer-nos que temos ainda muita população vulnerável, acima dos 60 anos, com co-morbilidades, que tem de ser vacinada. Enquanto estas pessoas não estiverem protegidas não é hora de relaxar, devemos perceber que as vacinas são o caminho a seguir, e devemos estar disponíveis para as tomar quando for a nossa vez”.

Os vários investigadores salientam que as notícias são boas, mas ainda não é altura de baixar os braços, sobretudo porque apesar de os casos de infeção estarem a diminuir na população com mais de 70 anos, as infeções têm aumentado nas camadas mais jovens (0-9 anos e 10-19 anos) e na faixa etária dos 60 aos 69 anos.

De acordo com o jornal i, o maior aumento de infeções durante a semana de 19 a 25 de abril registou-se entre os 10 e 19 anos, com mais 59,8% de casos positivos, isto é, mais 585 casos.

Já o segundo maior aumento (18,1%) ocorreu nas idades dos 0-9 anos, com mais 260 casos. Na faixa etária dos 60-69 o aumento foi de 1,6%, isto é, mais 362 casos. As restantes idades verificaram uma diminuição no número de casos.

Manuel Carmo Gomes, epidemiologista e professor da Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), explica que este aumento ainda não reflete a abertura do Ensino Secundário – esse impacto só poderá ser avaliado de aqui a uma semana.

O mesmo jornal refere que na semana passada, o Centro Europeu de Prevenção e Controlo de Doenças lançou novas projeções sobre a evolução da epidemia nos diferentes países da UE, que sugere para Portugal uma estabilização da epidemia até meio de maio em torno dos 3500 caso semanais menos de 40 óbitos por semana.

No entanto, na última semana registaram-se menos mortes do que previam as projeções e nos últimos dois dias, pela primeira vez desde agosto, não foi declarado nenhum óbito associado à covid-19.

ZAP ZAP //

 

PARTILHAR

RESPONDER

Em dia sem registo de mortes, Portugal contabiliza 450 novos casos

Esta sexta-feira, Portugal não regista qualquer óbito. Nas últimas 24 horas, houve 450 novos casos positivos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Não morreu ninguém infetado com o novo …

Câmara de Torres Vedras deteta migrantes a viverem em armazéns e antigas pecuárias

Além de espaços sem condições de habitabilidade, como armazéns e pecuárias desativadas, a autarquia tem conhecimento de "casas alugadas a pessoas migrantes onde existe sobrelotação". A Câmara de Torres Vedras, no distrito de Lisboa, levantou coimas …

Parlamento aprova "direito ao esquecimento" para quem superou doenças graves

O Parlamento aprovou esta sexta-feira, na generalidade, o projeto-lei do PS que pretende consagrar o “direito ao esquecimento” para acabar com a discriminação de pessoas que tiveram cancro. O Parlamento aprovou, na generalidade, o projeto-lei do …

No seu último discurso, presidente do Supremo atira críticas aos megaprocessos

António Piçarra, presidente do Supremo Tribunal de Justiça, centrou o seu último discurso na falta de eficácia do sistema judicial em tratar os processos especialmente complexos de corrupção. Para o presidente do Supremo Tribunal de Justiça, …

Viagens não essenciais de e para o Reino Unido permitidas a partir de segunda-feira

Cristóvão Norte, deputado do PSD, criticou a indefinição em torno das viagens do Reino Unido para Portugal, em entrevista à BBC. Entretanto, esta manhã, fonte governamental revelou que as viagens não essenciais de e para …

PPP na saúde levou Estado a "poupar" mais de 200 milhões

As Parceiras Público-Privadas (PPP) dos hospitais de Braga, Vila Franca de Xira, Loures e Cascais trouxeram ao Estado uma "poupança" de 203 milhões de euros, menos de um terço do que se esperava no arranque …

Praias podem receber mais banhistas este verão

Apesar de o semáforo de lotação das praias se manter nesta época balnear, a percentagem de ocupação sobe para os 90%. Quem não respeitar as regras estará sujeito a coimas. As limitações à lotação, introduzidas no …

Ritmo de vacinação da UE ultrapassa o dos EUA e China. Grécia reabre turismo

Atualmente, o ritmo de vacinação da União Europeia ultrapassa o registado nos Estados Unidos da América e na China, de acordo com os dados da plataforma Our World in Data. Os dados recolhidos pelo Público …

"Síndrome de Havana" tem sido cada vez mais reportada por militares dos EUA

Diplomatas norte-americanos, espiões e funcionários da Defesa nacional dos EUA sofreram mais de 130 casos de lesões cerebrais, conhecidos como síndrome de Havana. Segundo o jornal The New York Times, três agentes da CIA revelaram ter …

Caso Maddie. Polícia alemã tem novas provas contra Brueckner

A polícia alemã tem novas provas contra Christian Brueckner, o principal suspeito do rapto de Madeleine McCann, que desapareceu do empreendimento turístico Ocean Club, no Algarve, há 14 anos. De acordo com o procurador Hans Christian …