“Não se admite no Brasil de hoje o confronto de ideias”, diz Haddad

Wilson Dias / Agência Brasil

O ex-candidato presidencial brasileiro, Fernando Haddad, referiu esta terça-feira, numa palestra em Lisboa, que o confronto de ideias deixou de ser permitido no Brasil e que, agora, quem critica é visto como estando “torcendo contra o Brasil”.

“Não se admite no Brasil de hoje o confronto de ideias, e se você critica, você está torcendo contra o Brasil. É assim que é vista a crítica: como uma torcida contra o país, e não como a correção de um Governo que em 20 dias provocou pequenos desastres”, disse, numa palestra na Casa do Alentejo, em Lisboa.

Haddad concorreu em outubro passado às eleições presidenciais brasileiras pelo Partido dos Trabalhadores (PT), sendo derrotado por Jair Bolsonaro (extrema-direita). O ex-candidato, antigo prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, afirmou que o Brasil tem vivido uma crise desde 2013, tendo o ‘impeachment’ a Dilma Rousseff, em 2016, marcado uma “mudança de regime” que tem ameaçado os direitos dos cidadãos.

“Eu falo de uma mudança de regime porque efetivamente, para aqueles comprometidos com as jornadas democráticas de obtenção de direitos, e que têm mais ao menos a lembrança de como isso tudo começou, as revoluções em 2018 e 2019, trouxeram a lembrança de que isso exigia muita luta: dos trabalhadores, das mulheres, dos negros. Nada veio de graça no campo da democracia”, disse Fernando Haddad, para uma plateia de cerca de 400 pessoas.

O ex-candidato à presidência assinalou que estes direitos estão em causa quando se “perde para a extrema-direita“. “Quando você perde para a direita, para a centro-direita, tem uma parte disso que é preservada, ninguém discute. Mas quando você perde para a extrema-direita, sobretudo dessa natureza, que assumiu o Governo do Brasil, tudo está em discussão”, disse, referindo-se ao Governo de Bolsonaro, empossado no início do ano.

O ex-ministro da Educação foi crítico do Presidente brasileiro, brincando que, caso a eleição tivesse sido por sorteio, “tinha 11 de 12 avos de tirar um candidato melhor”. “Não é uma simples alternância de poder, o que aconteceu. Nós não estaríamos tão apreensivos se uma pessoa razoável tivesse ganhado a eleição. Não é porque o PT perdeu, é em função de quem ganhou que há essa apreensão”, acrescentou.

“Ato impensável” alterar a embaixada

Haddad criticou o “ato impensável” de alterar a embaixada brasileira em Israel de Telavive para Jerusalém, apontando as consequências. “Hoje a Árabia Saudita anunciou o descredenciamento de quase todos os frigoríficos brasileiros [contentores com produtos de origem brasileira], em função de um ato impensável”, disse, referindo-se à decisão do Governo do Brasil em alterar a sua embaixada em Israel.

Para Haddad, compete à esquerda “oferecer uma alternativa”, acrescentando que é necessário “elaborar um projeto de diálogo interpopular” para encontrar uma solução.

“Quando há uma crise, quem está com o discurso populista na ponta da língua é a extrema-direita”, referiu, sublinhando que o projeto “não tem futuro” e que surgem com discursos “muito fáceis nos momentos de angústia”. Haddad, de 55 anos, está a realizar uma visita a Portugal e Espanha, juntamente com o também antigo responsável pela pasta da Educação no governo brasileiro, Tarso Genro.

Na sua intervenção, Tarso Genro, ainda antigo governador do estado de Rio Grande do Sul, justificou a visita à Península Ibérica para uma articulação com “dois países que são fundamentais para o futuro da América Latina: Portugal e Espanha”.

Os dois políticos tiveram várias reuniões com membros de partidos de esquerda e de centro-esquerda portugueses e brasileiros, tendo Tarso Genro apontado a vontade do PT em “beber dessa fonte”.

O antigo governador de Rio Grande do Sul mostrou o interesse na criação, “particularmente em Portugal e Espanha (…) de uma rede de resistência, de informação, de combate ideológico e de princípios” para combater “o fascismo, a reação política e a degradação completa dos direitos sociais e fundamentais”.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Texto recentemente traduzido revela segredos sobre "poderes sobrenaturais" dos samurais

Um texto samurai recentemente traduzido - designado "Doze Regras da Espada" - revela os segredos de uma escola onde ensinavam a combater espadas, que desenvolveu e dominou determinada técnica que parecia fornecer aos seus praticantes …

Jesus orientou primeiro treino no Flamengo, pediu compromisso e deu lição

O treinador português Jorge Jesus iniciou hoje a ‘aventura’ na equipa de futebol do Flamengo, pedindo aos jogadores “compromisso” em prol do conjunto do Rio de Janeiro, antes de orientar o primeiro treino dos ‘rubro-negros’. “O …

Maher e Safa deixaram sonhos para trás. Mas reencontraram a paz em Portugal

Os sonhos de Maher e de Safa ficaram adiados com a guerra na Síria, mas reencontraram a paz em Portugal, onde residem há dois anos ao abrigo de um programa de acolhimento de refugiados. É no …

São Francisco poderá ser a primeira cidade a proibir venda de cigarros eletrónicos

Se esta decisão for aprovada pela FDA, São Francisco vai tornar-se a primeira cidade a banir a venda de cigarros eletrónicos. De acordo com o Observador, a Câmara de Supervisores de São Francisco, nos EUA, aprovou uma …

Nunca houve tantos deslocados no mundo. São mais de 70 milhões

Um novo recorde foi quebrado no mundo em 2018, com 70,8 milhões de pessoas deslocadas das suas casas ou dos seus países, devido às guerras ou perseguições, anunciou esta quarta-feira as Nações Unidas. O relatório anual …

A monogamia foi inventada pelas mulheres (e o casamento, pelos homens)

A poligamia é natural no ser humano e a monogamia foi criada por imposição para a mulher, diz o investigador português Rui Diogo, que usa a ciência e a história para explicar a relação entre …

Morreu o DJ Zdar do duo electrónico Cassius. Caiu da janela de um prédio em Paris

O músico, produtor e DJ francês Philippe Cerboneschi, mais conhecido por Zdar, morreu aos 50 anos após ter caído da janela de um apartamento em Paris. O seu agente confirmou a "queda acidental" sem revelar …

PS quer o Estado a pagar licença sabática aos portugueses para voltarem a estudar

A criação de uma licença sabática para qualificar trabalhadores e um sistema de prémios e penalizações para combater a desigualdade salarial são medidas que o PS inclui no seu projecto de programa eleitoral. O director do …

Putin reconhece: as condições de vida dos russos pioraram nos últimos anos

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, admitiu esta quinta-feira que as condições de vida no país pioraram nos últimos anos, mas assegurou que as autoridades russas trabalham para reverter essa tendência, e enumerou os primeiros …

Marcelo, o "verdadeiro professor", é estrela em promo de La Casa de Papel

O novo vídeo promocional de La Casa de Papel tem um protagonista improvável. Marcelo Rebelo de Sousa, ou, na verdade, uma imitação do Presidente da República, faz uma chamada para a inspetora Raquel. Na chamada telefónica, …