A Ciência descobriu um novo uso para a música de Skrillex: repelente de mosquitos

Segundo um estudo recente, a música Scary Monsters And Nice Sprites, de Skrillex, é altamente eficaz em manter os mosquitos longe do nosso sangue.

Este estudo pode parecer demasiado bizarro para ser verdade, mas os cientistas afirmam, com certeza, que a música Scary Monsters And Nice Sprites, do produtor musical Skrillex, pode evitar que os mosquitos piquem a nossa pele.

O artigo científico foi publicado na Acta Tropica e pode ajudar os cientistas a encontrar novas formas de manter os insetos transmissores de doenças longe da nossa pele com a ajuda preciosa de sons como este.

Para chegar a esta conclusão, a equipa de cientistas expôs o mosquito da febre amarela (Aedes aegypti) à música de Skrillex. Scary Monsters And Nice Sprites foi a música escolhida devido à sua mistura de frequências muito altas e muito baixas, que os cientistas suspeitavam que podiam perturbar os mosquitos. E foi o que, de facto, aconteceu.

Segundo o Fast Company, os investigadores dividiram os mosquitos Aedes aegypti em dois grupos: um deles ouviu a música de Skrillex e o outro não. O resultado foi claro e mostrou que a música tornou os insetos menos sedentos por sangue e menos propensos a ter relações sexuais.

De acordo com os cientistas, o som e a sua receção são cruciais para a reprodução, sobrevivência e manutenção da população de vários animais. “Nos insetos, as vibrações de baixa frequência facilitam as interações sexuais, enquanto que o ruído interrompe a perceção dos sinais de insetos da mesma espécie e hospedeiros”, referem.

A experiência fez com que os investigadores chegassem à conclusão de que as fêmeas eram “entretidas” pela música e, por isso, atacavam menos vezes os humanos. Por sua vez, os machos tinham relações sexuais “com muito menos frequência”, em comparação com o grupo de controlo.

“A observação de que esta música pode atrasar o ataque do hospedeiro, reduzir a alimentação sanguínea e interromper o acasalamento fornece novos caminhos para o desenvolvimento de medidas de proteção e controlo pessoal baseadas na música contra doenças transmitidas pelo Aedes“, adianta o relatório.

O mosquito da febre amarela é, geralmente, encontrado em climas tropicais e conhecido por espalhar doenças mortais, como a febre amarela (espalhada pelas fêmeas do mosquito Aedes aegypti), e também a infeção pelo vírus zika.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. ZAP… gosto muito de vos ler, especialmente no que toca à ciência e à política.

    No que diz respeito à ortografia… Ai ai. Hoje em dia, com corretores ortográficos (alguns até com AI), cada vez menos é desculpa.

    Um abraço!

    • Caro Discípulo do ZAP,
      Obrigado pelo seu feedback, que muito nos apraz.
      Quanto ao seu reparo acerca da ortografia, lamentamos não ter sabido identificar quaisquer erros ortográficos nesta notícia (exceptuando talvez o uso de “sedentos por sangue”, que poderíamos ter escrito “sedentos de sangue”, mas que não é uma questão ortográfica).
      Pode por favor ajudar-nos?

  2. Boa tarde
    talvez seja boa ideia substituir
    “A experiência fez com que os investigadores chegassem à conclusão que as fêmeas era “entretidas” pela música (…)”
    por
    “A experiência fez com que os investigadores chegassem à conclusão de que as fêmeas eram “entretidas” pela música (…)”
    e, ainda,
    “O mosquito da febre amarela é, geralmente, encontrado em climas tropicais e conhecido por espalha doenças mortais, como o vírus zika.”
    por
    “O mosquito da febre amarela é, geralmente, encontrado em climas tropicais e conhecido por espalhar doenças mortais, como a febre amarela (espalhada pelas fêmeas do mosquito Aedes aegypti), e também a infecção pelo vírus zika.”
    (nota: o vírus zika não é uma doença mortal e a sua associação a doenças, de que a mais sonante será a microcefalia de recém nascidos, ainda está em investigação – ver, a propósito, página sobre o zika no site da DGS).

Responder a ZAP Cancelar resposta

Protecção Civil pagou combustível para participar em novela da SIC

A SIC não pagou qualquer valor pelo empréstimo de meios da Protecção Civil para as filmagens de uma novela que está a ser produzida pelo canal. A Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil (ANEPC) …

Liderança do Montepio pode voltar a mudar

Uma nova reviravolta na administração do Banco Montepio pode estar prestes a acontecer. Carlos Tavares, atual presidente da administração com poderes não executivos, pode voltar a ser presidente executivo deste banco. Se isso acontecer, Dulce Mota …

Berardo era peça na "estratégia" de Sócrates para dominar a banca

Em entrevista ao Jornal Económico, o empresário Patrick Monteiro de Barros defende que Joe Berardo foi uma das pessoas de quem José Sócrates se serviu para dominar a banca. Patrick Monteiro de Barros disse, em entrevista …

BCE arrasa propostas de Centeno. Reforma coloca em risco independência do BdP

O Banco Central Europeu teceu duras criticas às propostas de Centeno para a reforma da supervisão financeira em Portugal. O BCE admite que a independência do Banco de Portugal poderia ficar em risco. Depois da Comissão …

#MeToo. Acordo de 40 milhões para evitar processo contra Harvey Weinstein

O antigo produtor de Hollywood Harvey Weinstein terá chegado a um acordo no valor de 44 milhões de dólares (cerca de 40 millhões de euros) em indemnização com dezenas das suas vítimas, de forma a …

Paulo Sande, cabeça de lista do Aliança, recebeu salário de Belém. Mas vai devolver

O cabeça de lista do Aliança decidiu devolver o vencimento que lhe foi pago este mês pela Presidência da República enquanto assessor político de Marcelo Rebelo de Sousa. Paulo Sande começou por gozar uma licença sem …

Trump quer vender armas à Arábia Saudita sem aprovação do Congresso

Uma grande venda de bombas à Arábia Saudita pode estar na mira da Administração Trump. O Presidente dos Estados Unidos quer fintar o Congresso norte-americano e desbloquear 6,3 mil milhões de euros em vendas.  O jornal …

Europeias: Com o PS a "malhar" no Bloco, Rangel fala em encenação eleitoral

Na véspera do último dia de campanha para as eleições europeias, António Costa e Augusto Santos Silva deram um empurrão ao candidato do PS com discursos apontados aos parceiros de esquerda. Enquanto isso Paulo Rangel …

ADSE: Hospitais privados faturaram 21 milhões a mais em 2017 e 2018

A ADSE fechou o ano passado com mais dinheiro em caixa do que no ano anterior, contrariando a tendência de queda registada nos últimos três anos, revela o Relatório de Atividades do instituto que gere …

Pré-reforma travada por serviços do Estado

Os serviços do Estado já receberam milhares de pedidos de pré-reforma, mas ainda não foi autorizado qualquer processo. Milhares de trabalhadores já pediram a pré-reforma, mas os serviços do Estado ainda não deram seguimento a qualquer …