A Ciência descobriu um novo uso para a música de Skrillex: repelente de mosquitos

Segundo um estudo recente, a música Scary Monsters And Nice Sprites, de Skrillex, é altamente eficaz em manter os mosquitos longe do nosso sangue.

Este estudo pode parecer demasiado bizarro para ser verdade, mas os cientistas afirmam, com certeza, que a música Scary Monsters And Nice Sprites, do produtor musical Skrillex, pode evitar que os mosquitos piquem a nossa pele.

O artigo científico foi publicado na Acta Tropica e pode ajudar os cientistas a encontrar novas formas de manter os insetos transmissores de doenças longe da nossa pele com a ajuda preciosa de sons como este.

Para chegar a esta conclusão, a equipa de cientistas expôs o mosquito da febre amarela (Aedes aegypti) à música de Skrillex. Scary Monsters And Nice Sprites foi a música escolhida devido à sua mistura de frequências muito altas e muito baixas, que os cientistas suspeitavam que podiam perturbar os mosquitos. E foi o que, de facto, aconteceu.

Segundo o Fast Company, os investigadores dividiram os mosquitos Aedes aegypti em dois grupos: um deles ouviu a música de Skrillex e o outro não. O resultado foi claro e mostrou que a música tornou os insetos menos sedentos por sangue e menos propensos a ter relações sexuais.

De acordo com os cientistas, o som e a sua receção são cruciais para a reprodução, sobrevivência e manutenção da população de vários animais. “Nos insetos, as vibrações de baixa frequência facilitam as interações sexuais, enquanto que o ruído interrompe a perceção dos sinais de insetos da mesma espécie e hospedeiros”, referem.

A experiência fez com que os investigadores chegassem à conclusão de que as fêmeas eram “entretidas” pela música e, por isso, atacavam menos vezes os humanos. Por sua vez, os machos tinham relações sexuais “com muito menos frequência”, em comparação com o grupo de controlo.

“A observação de que esta música pode atrasar o ataque do hospedeiro, reduzir a alimentação sanguínea e interromper o acasalamento fornece novos caminhos para o desenvolvimento de medidas de proteção e controlo pessoal baseadas na música contra doenças transmitidas pelo Aedes“, adianta o relatório.

O mosquito da febre amarela é, geralmente, encontrado em climas tropicais e conhecido por espalhar doenças mortais, como a febre amarela (espalhada pelas fêmeas do mosquito Aedes aegypti), e também a infeção pelo vírus zika.

ZAP //

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. ZAP… gosto muito de vos ler, especialmente no que toca à ciência e à política.

    No que diz respeito à ortografia… Ai ai. Hoje em dia, com corretores ortográficos (alguns até com AI), cada vez menos é desculpa.

    Um abraço!

    • Caro Discípulo do ZAP,
      Obrigado pelo seu feedback, que muito nos apraz.
      Quanto ao seu reparo acerca da ortografia, lamentamos não ter sabido identificar quaisquer erros ortográficos nesta notícia (exceptuando talvez o uso de “sedentos por sangue”, que poderíamos ter escrito “sedentos de sangue”, mas que não é uma questão ortográfica).
      Pode por favor ajudar-nos?

  2. Boa tarde
    talvez seja boa ideia substituir
    “A experiência fez com que os investigadores chegassem à conclusão que as fêmeas era “entretidas” pela música (…)”
    por
    “A experiência fez com que os investigadores chegassem à conclusão de que as fêmeas eram “entretidas” pela música (…)”
    e, ainda,
    “O mosquito da febre amarela é, geralmente, encontrado em climas tropicais e conhecido por espalha doenças mortais, como o vírus zika.”
    por
    “O mosquito da febre amarela é, geralmente, encontrado em climas tropicais e conhecido por espalhar doenças mortais, como a febre amarela (espalhada pelas fêmeas do mosquito Aedes aegypti), e também a infecção pelo vírus zika.”
    (nota: o vírus zika não é uma doença mortal e a sua associação a doenças, de que a mais sonante será a microcefalia de recém nascidos, ainda está em investigação – ver, a propósito, página sobre o zika no site da DGS).

Fugitivo promete entregar-se se tiver 15.000 "gostos". Polícia dos EUA aceita

A Polícia de Connecticut, nos Estados Unidos, informou esta quarta-feira que um fugitivo com vários mandados de prisão concordou entregar-se, mas com uma condição insólita: arrecadar 15.000 "gostos" no Facebook. De acordo com a Esquadra …

Há um pequeno satélite a revolucionar o setor espacial. Chama-se CubeSat

Apesar das pequenas dimensões do CubeSat, o satélite é capaz de efeitos extraordinários que estão a revolucionar o setor espacial. Os avanços da microeletrónica das últimas décadas permitiram desenvolver sistemas espaciais eficazes, de forma mais rápida …

Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus

O treinador espanhol Pep Guardiola já terá chegado a acordo com a Juventus para ser o próximo treinador dos bianconeri, avança a agência italiana AGI.  De acordo com a mesma fonte, Guardiola, de 48 anos, prepara-se …

Porto quer declarar guerra às gaivotas. "É uma questão de saúde"

Vários organismos reclamam que é necessário tomar medidas para controlar o excesso de gaivotas nas zonas urbanas, que se tem tornado num problema de saúde pública. São várias as queixas na zona do Porto por incidentes …

Esta cigarra é a mais ameaçada em Portugal. Só existe em dois ou três sítios do Alentejo

A Euryphara contentei - há quem lhe chame só cigarrinha e há quem diga cigarrinha-verde - resiste apenas em alguns locais exíguos da planície alentejana. É a mais ameaçada das 13 espécies de cigarras que …

EUA anunciam ajuda de 16 mil milhões de dólares a agricultores prejudicados pela disputa comercial com a China

A administração Trump disponibilizará 16 mil milhões de dólares (cerca de 14 mil milhões de euros) para manter os agricultores à tona durante a guerra comercial entre os Estados Unidos (EUA) e a China, anunciou …

Perdeu a família e foi violada. Quase duas décadas depois, recebeu a maior indemnização de sempre na Índia

Na primavera de 2002, uma jovem de 19 anos, grávida de cinco meses, foi violada por 11 homens que lhe mataram a família. Teve que fingir-se de morta para escapar. Agora, 17 anos depois, o …

Ivo Rosa questiona legalidade de provas da ​Operação Marquês

O juiz de instrução criminal da Operação Marquês, Ivo Rosa, tem dúvidas sobre a legalidade de algumas provas recolhidas na investigação, tendo assinado um despacho que enviou para os advogados dos arguidos para se pronunciarem. Segundo …

"Desprezo" do Governo terá "consequências terríveis" no futuro, avisa Fenprof

O secretário-geral da Fenprof, Mário Nogueira, argumentou que o Governo “desrespeita, desvaloriza e até chega a manifestar desprezo pelos professores”, o que terá “consequências terríveis para o futuro”, como a falta de docentes. “O que temos …

Berardo admite que se excedeu no Parlamento. "Tenho servido de bode expiatório"

O empresário José Berardo, mais conhecido por Joe Berardo, admitiu esta quinta-feira que se excedeu durante a sua audição na comissão parlamentar de inquérito à Caixa Geral de Depósitos, mas disse que não tinha a …