Encontradas munições da 2ª Guerra Mundial na Suíça. Vila poderá ter de ser evacuada durante 10 anos

Os 170 residentes da vila de Mitholz, na Suíça, poderão ter de deixar as suas casas durante mais de uma década para que as autoridades esvaziem um arsenal subterrâneo com cerca de 3.500 toneladas de munições e explosivos da 2ª Guerra Mundial.

Em 1947, sete mil toneladas desse depósito explodiram num evento que matou nove pessoas e causou vários danos materiais. O Ministério da Defesa suíço estima que o risco atual é “inaceitável”, porque a cobertura do local cedeu ao peso e cobriu com rochas vários dos seus explosivos.

“Dependendo de como o trabalho for realizado, os moradores podem ser evacuados durante mais de 10 anos”, porque o trabalho para remover os explosivos não começará até pelo menos 2031, disse o Ministério da Defesa da Suíça, citado pela Euronews.

Esta medida incluiria o desvio da estrada que passa por Mitholz e exige grandes preparativos, que incluem o controlo de temperatura e emissão de gases, além do movimento de rochas.

Até ao momento, foram instalados diversos sistemas dentro e fora do depósito para medir variações de temperatura e detetar emissões de gás e movimentos do solo, segundo a emissora britânica Sky News.

A Suíça desenvolveu um plano B no caso de algo falhar: enterrar o arsenal debaixo de uma pilha de pedras. No entanto, os locais não querem essa alternativa porque seria “um presente tóxico” para as próximas gerações, segundo disse em entrevista a pessoa responsável pelo projeto, Hanspeter Aellig.

  ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Edifícios impressos em 3D pelo exército norte-americano

Exército dos EUA pode agora imprimir edifícios de cimento em 3D em zonas de desastre

O objectivo da tecnologia é facilitar a construção de casas e pontes quando são precisas com urgência em zonas afectadas por catástrofes. O Corpo de Engenheiros do exército norte-americano pode agora imprimir quartéis, bunkers e outras …

Monumento Pillar of Shame, na Universidade de Hong Kong

Pillar of Shame foi, em tempos, um testemunho da liberdade de Hong Kong. Agora, dizem-lhe adeus

Em tempos, a escultura Pillar of Shame, plantada na Universidade de Hong Kong, foi um testemunho das liberdades da cidade. Agora, está a ser removida. Exposta há mais de 20 anos na Universidade de Hong Kong, …

Arquitetura em nome do amor. Homem constrói casa giratória para que a esposa possa escolher a vista

Na Bósnia, um autodidata de 72 anos construiu uma casa invulgar: a habitação gira 360 graus para mudar de vista. Algumas das mais bonitas obras arquitetónicas do mundo nasceram em nome do amor. É o …

Novo SEF deverá chamar-se Agência para as Migrações e Asilo

Afinal, já não vai haver um Serviço de Estrangeiros e Asilo (SEA) para substituir o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), mas sim uma Agência Portuguesa para as Migrações e Asilo (APMA). De acordo com o …

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, com o guarda-redes Diogo Costa

Diogo Costa renova com o FC Porto até 2026

O guarda-redes Diogo Costa renovou contrato com o FC Porto até 2026, anunciaram os dragões, na tarde deste sábado. Diogo Costa, de 22 anos, aproveitou a lesão de Marchesín no início da temporada e assumiu a …

O algoritmo das plataformas de streaming afeta o que vemos (e quem somos)

As plataformas de streaming usam um algoritmo que afeta aquilo que vemos e o que queremos ver, moldando a nossa personalidade. Squid Game, o drama coreano distópico da Netflix, tornou-se a série mais vista lançada pela …

BPN e Banif custam mais do que alívio de IRS e subida de pensões

A despesa prevista no OE2022 para os veículos financeiros dos antigos Banif e BPN supera o valor previsto para medidas como o alívio no IRS e o aumento extra das pensões. Tal como destaca o Dinheiro …

A praia de Katoku, no Japão.

Praia intocada no Japão é uma das últimas do país. A sua pureza está a ser violada

A praia em Katoku, no Japão, é parte do Património Mundial da UNESCO. A construção de um paredão está a dividir a população local. Nesta praia cercada por montanhas em Katoku, no Japão, quase não há …

"Amazónia está próxima do ponto de não retorno", alerta ex-ministra brasileira

Ex-ministra brasileira do Meio Ambiente alertou, este sábado, para a aproximação da Amazónia de uma catástrofe ambiental de proporções planetárias, durante um evento da Universidade Estadual da Califórnia, Santa Bárbara (UCSB). "A Amazónia já está próxima …

Estátuas usadas num jardim eram, afinal, relíquias egípcias com milhares de anos

Duas estátuas de pedra, usadas durante muito tempo como simples decoração de jardim, foram vendidas por cerca de 230 mil euros, depois de se ter chegado à conclusão que eram, afinal, relíquias egípcias com milhares …