Municípios dizem estar na hora de criar regiões administrativas

Luís Forra / Lusa

Manuel Machado, presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses

Os municípios consideram que está na hora de “ultrapassar o tabu da regionalização” e vão empenhar-se para a concretização das regiões administrativas, afirmou hoje o presidente da Associação Nacional de Municípios Portugueses (ANMP), Manuel Machado.

O Conselho Diretivo da Associação Nacional dos Municípios Portugueses reuniu-se hoje em Vila Franca de Xira, no distrito de Lisboa, num encontro descentralizado que teve como foco a preparação do XXIV Congresso da organização, que se realiza em 29 e 30 de novembro em Vila Real, em Trás-os-Montes.

No final do encontro, Manuel Machado salientou que o próximo congresso “propicia a discussão política de temas que são muito importantes” para o poder local, como “consolidar a descentralização, afinar os detalhes que ainda é preciso afinar, porque há aperfeiçoamentos muito importantes a introduzir em determinadas componentes setoriais onde as coisas têm de ter um impulso mais forte”, nomeadamente nas áreas da educação e da saúde.

Segundo o autarca, esta aposta na “consolidação da descentralização” tem em vista o “grande objetivo” que é a regionalização.

“É tempo de ultrapassar o tabu da regionalização, depois de um referendo – naturalmente pelo referendo, novamente. Empenhar-nos-emos em que a regionalização seja efetivamente realizada no nosso país para o desenvolvimento harmonioso de todo o território nacional, de modo que, sempre com base no poder local democrático, se possam dinamizar novas políticas solidárias integradoras de proximidade pela regionalização democrática”, afirmou.

O presidente da ANMP realçou que “isto implica um modelo de desenvolvimento do país” que irá ser discutido no congresso.

“Tudo isto fazemo-lo porque é nossa preocupação permanente desenvolver Portugal, ter um Portugal melhor para todos e mais acolhedor, mais estimulante, mais atento às diversas componentes que afetam a sociedade contemporânea nos dias de hoje, desde a demografia, organização do território, organização do Estado nas suas funções essenciais e as autarquias fazem parte do Estado”, salientou.

A discussão no congresso, acrescentou, “será o arranque para um novo fôlego para o processo da regionalização em Portugal”.

Outro dos temas que os autarcas querem também desenvolver vai ser a “dignificação do Estatuto dos Eleitos Locais”, porque, “para melhoria do regime democrático, é importante desenvolver, aperfeiçoar, atualizar o Estatuto dos Eleitos Locais, que têm sido frequentemente maltratados e injustiçados”.

Numa semana em que foi escolhido um novo Governo, Manuel Machado sublinhou que “é a altura de serem tratados condignamente os eleitos locais”, que estarão “prontos como sempre” para ajudar Portugal a vencer dificuldades.

“Pessoalmente desejo boa sorte à vida dos governantes, do Governo em geral, porque precisamos de um olhar especial sobre a realidade portuguesa e das políticas públicas a empreender, mas, naturalmente, a decisão, a constituição de um Governo é sempre uma responsabilidade direta do primeiro-ministro, em articulação com o senhor Presidente da República. Nós apoiamos, apoiaremos naquilo que considerarmos justo e merecedor de atenção. O nosso próximo congresso vai ser mesmo um sinal nesse sentido”, sublinhou.

A ANMP realiza congressos de dois em dois anos – um logo a seguir às eleições autárquicas, no qual são eleitos os seus dirigentes, e outro a meio do mandato de quatro anos.

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Olhem-me este. Aquele que é muito provavelmente o pior autarca do país. Tem uma cidade que é uma desgraça. E agora quer continuar a contribuir para esbanjar o nosso dinheiro criando mais tachos.
    Olha… vai passear!

RESPONDER

Acesso à Internet deve ser considerado direito humano básico

Uma nova investigação, levada a cabo pela Universidade de Birmingham, no Reino Unido, concluiu que acesso à Internet deve ser um direito humano básico, pois significa a capacidade participar na vida pública. Merten Reglitz, professor de …

Fórmula 1 quer atingir emissões zero de CO2 até 2030

A Fórmula 1 pretende reduzir a zero as emissões de CO2 até 2030, com base num plano que pretende “pôr em marcha de imediato”, anunciou esta terça-feira a Federação Internacional do Automóvel (FIA). O plano divulgado …

A Tesla vai lançar a sua misteriosa pickup “cyberpunk” elétrica ainda este mês

A nova Tesla Cybetruck já tem data de lançamento após um longo tempo de espera. O fundador da empresa, Elon Musk, anunciou que a carrinha "pickup" será revelada no dia 21 de novembro. O anúncio foi …

Asteróide "potencialmente perigoso" aproxima-se da Terra esta quarta-feira

Um asteróide com 147 metros de diâmetro, caracterizado pela NASA como "potencialmente perigoso" vai aproximar-se da Terra esta quarta-feira. Em causa está o corpo rochoso UN12 2019, explica a agência espacial norte-americana, dando conta que o …

Encontrado submarino da II Guerra Mundial que esteve perdido durante 75 anos (devido a um erro de tradução)

Uma equipa de exploradores oceânicos privada encontrou na costa do Japão um submarino do exército norte-americano do tempo da II Guerra Mundial, que estava desaparecido há 75 anos por causa de um erro num dígito …

Uma casa esteve a afundar-se no Tamisa para alertar para a subida do nível dos oceanos

No passado domingo, quem passou junto ao rio Tamisa, em Londres, não deverá ter ficado indiferente à típica casa dos subúrbios ingleses que se afundava perto da Tower Bridge. Felizmente, de acordo com a agência Reuters, …

A defesa de Lage é a melhor do Benfica em quase 30 anos

A defesa de Bruno Lage leva apenas quatro golos sofridos em 11 jornadas, o que faz dela a melhor defesa do campeonato e a melhor do Benfica desde a temporada de 1990/1991, escreve o jornal …

OE2020. “Não vamos para negociar”, esclarece Jerónimo de Sousa

O PCP vai reunir esta quarta-feira com o Governo com vista ao Orçamento de Estado para 2020. Jerónimo de Sousa esclareceu esta terça-feira que os comunistas não vão para negociar, sendo "manifestamente exagerado dizer que …

Benjamin "morreu" enquanto cumpria pena de prisão perpétua. Agora está vivo e quer a liberdade

Um norte-americano, de 66 anos, que cumpre pena de prisão perpétua por ter espancado um homem até à morte em 1996, pretendia ser libertado, uma vez que o seu coração parou por breves instantes. Em 1996, …

“Máfia do Sangue”. Ministério Público deixa Octapharma fora da acusação

O Ministério Público (MP) deixou a farmacêutica Octapharma fora da acusação da operação "O Negativo" por considerar que o ex-administrador Lalanda e Castro montou um esquema de corrupção para a venda de plasma ao Serviço …