MP quer impedir Ivo Rosa de destruir emails do caso Sócrates

José Sena Goulão / Wikimedia

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Ministério Público (MP) apresentou recurso da decisão do juiz Ivo Rosa que ordenou a destruição de emails apreendidos ao ex-patrão de José Sócrates na farmacêutica Octapharma, Lalanda e Castro.

O juiz ordenou aos funcionários do Tribunal Central de Instrução Criminal que coloquem as mensagens de correio electrónico de Lalanda e Castro num “envelope lacrado” para que sejam posteriormente eliminadas, como atesta o Público.

“Dado que o correio electrónico em causa não foi indicado como meio de prova [pelo MP]” e visa “pessoas que não são nem nunca foram consideradas suspeitas” no processo, justifica Ivo Rosa.

Os emails envolvem correspondência entre Lalanda e Castro e funcionários da Octapharma que nunca foram visados na Operação Marquês. O ex-patrão de Sócrates na farmacêutica chegou a ser arguido no processo, mas as suspeitas contra ele foram arquivadas.

Ivo Rosa entende, assim, que estes emails devem ser destruídos. Mas o MP contesta a decisão num recurso enviado para o Tribunal da Relação de Lisboa, alegando que a argumentação do juiz “não tem qualquer suporte legal“, como cita o Público.

O MP acusa também Ivo Rosa de pretender influenciar o desenrolar do caso, notando que “a fase de instrução transforma-se numa forma de condicionar a produção de prova em posteriores fases do processo”.

A posição do MP é que os emails só devem ser destruídos após um eventual julgamento e logo que as possíveis condenações transitem em julgado.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Aqui está a explicação do “conveniente” sorteio de Juízes (à terceira tentativa).
    O Juiz Ivo Rosa é o guardião de José Sócrates.
    Nem que a vaca tussa, com este Ivo Rosa, Sócrates jamais será condenado.
    Talvez se torne mais um “grande amigo” de Sócrates e dos muitos milhões que surripiou.

  2. Óptima iniciativa a do Sr Dr.
    Talvez fosse conveniente caucionar o respetivo salário a receber no futuro para ajudar a pagar a indemnização choruda a peticionar pelo Pinóquio e os seus associados depois de serem absolvidos como se de autênticos meninos de coro se tratasse. Porque a serem absolvidos, os vigaristas nunca ficam satisfeitos e querem a desforra e somos nós que teremos de pagar.
    A alternativa pode também ser uma mudança de profissão, após esse senhor desmontar todo o trabalho a grande custo levado a cabo pelo MP…
    E também sou da opinião que aquele sorteio manhoso, que só funcionou á terceira – á terceira foi de vez – tem muito que se lhe diga…

  3. O malandro do juiz quer destruir emails: a) que não foram indicados como prova; b) que não pertencem a pessoas acusadas; c) quando o próprio Lalanda de Castro não é acusado… e o “malandro” é o juiz???
    O que pretende o MP com emails estranhos aos autos e com títulos como este?

  4. De facto, no primeiro foi tudo muito mais claro: sorteio para quê? Entrega-se em mão ao super juiz e está feito o sorteio. O princípio do juiz natural é só para quando o MP não quiser o super ou estiver distraído.

    • “Arvelos”

      És mais um amigo do pinoquio???
      Malandro tu??? Meu maroto!!!!

      Deve ser mais claro entregar o processo há terceira tentativa depois de ter saído o nome do “super”!!

      Sim super pois ele venceu 3 a 1!!!

    • Durante a primeira fase houve mais de 50 recursos por parte da defesa e apenas um foi deferido… por uma coisa que dá pelo nome de Rangel. Penso que diz tudo relativamente a este processo.

  5. Todos devemos confiar na Justiça, penso que o sistema terá meios de corrigir eventuais erros de um Juiz, que também se pode enganar. pelo que ouvi nas noticias o Juiz Ivo Rosa parece estar mais do lado dos arguidos que do MP e teve algumas decisões polémicas que depois foram corrigidas, algumas já tarde por tribunais superiores ( peço perdão se estou a dizer alguma inverdade ). Quanto à minha opinião sobre este caso, é um caso grande mais para que alguém o possa branquear, a opinião publica não perdoaria algo assim. A justiça será feita apesar de todas as influências que certamente se movem nos bastidores pois são pessoas muito importantes, poderosas e ricas. Algo mudou na Justiça portuguesa o tempo da impunidade para alguns parece ter acabado.

    • Era tão bom que assim fosse!!!

      Olhe no caso da CGD os deputados impediram a divulgação das listas de devedores! Quando estas listas foram públicas os crimes prescreveram

      No caso do Zé S acredito que o juiz Rosa vai só deixar ir a tribunal meia dúzia de pequenos crimes que pelo facto dele ter estado preso vai dar-lhe apenas pena suspensa

      Mas vamos ver quem tem razão

Bolsonaro considera "lamentável" discurso de Biden que apela ao país que pare de destruir a Amazónia

Jair Bolsonaro classificou como “lamentável” o comentário de Joe Biden durante  o debate presidencial que ocorreu na madrugada de terça-feira. O candidato democrata mostrou-se preocupado com o facto das florestas tropicais no Brasil estarem a …

Ex-responsável militar acusado de fazer compras pessoais e cobrar ao Exército

Um antigo responsável militar mandou cobrar ao Exército compras pessoais no valor de 7.600 euros, feitas ao longo de seis meses. Um antigo responsável militar no Porto mandou cobrar ao Exército compras pessoais no valor de …

American Airlines e United Airlines preparam-se para despedir 32.000 funcionários

As companhias aéreas norte-americanas American Airlines e United Airlines preparam-se para despedir, no total, 32.000 funcionários, situação que admitem travar se os apoios do Governo forem prorrogados.  A American Airlines anunciou que começará a despedir 19.000 …

Lei da Nacionalidade. PS deixa cair artigos que motivaram veto de Marcelo

A vice-presidente da bancada socialista Constança Urbano de Sousa disse à agência Lusa que o PS vai "atender plenamente" às objeções que estiveram na origem do veto do Presidente da República à revisão da Lei …

Promulgada lei que prolonga proteção de arrendatários até 31 de dezembro

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, promulgou esta quinta-feira o diploma do Parlamento que prolonga a proteção de arrendatários até 31 de dezembro, por considerar que neste período "é necessária uma especial proteção …

Nuno Melo lança petição para retirar “o que é político” da disciplina de Cidadania

O eurodeputado centrista Nuno Melo lançou uma petição pública que pede a revisão dos conteúdos da disciplina de Cidadania e Desenvolvimento ou o seu caráter opcional, numa tentativa de “expurgar” da disciplina “o que é …

Governo "não se pode queixar de falta de empenho da direita"

O presidente do CDS-PP considerou, esta quarta-feira, que o Governo “não se pode queixar de falta de empenho da direita” na construção do Orçamento do Estado, e recusou “especular uma crise artificial” entre os partidos …

Mais seis mortos e 854 casos de covid-19. Lisboa com 49% das novas infeções

Portugal contabiliza esta quinta-feira mais seis mortos relacionados com a covid-19 e 854 novos casos de infeção com o novo coronavírus, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Desde o início da pandemia, Portugal …

Novo primeiro-ministro belga nomeado após 16 meses de crise política

O atual ministro das Finanças da Bélgica, Alexander de Croo, toma posse esta quinta-feira como primeiro-ministro, depois de ter sido na quarta-feira formalmente nomeado para o cargo, pondo fim a uma longa maratona de 16 …

Cortes de água, luz, gás e telecomunicações regressam esta quinta-feira

A partir desta quinta-feira, regressam os cortes de água, eletricidade, gás natural e telecomunicações para todos os consumidores em situação de desemprego, com uma quebra de rendimentos de, pelo menos, 20% ou que estejam infetados …