MP quer impedir Ivo Rosa de destruir emails do caso Sócrates

José Sena Goulão / Wikimedia

Ex-primeiro-ministro e ex-líder do PS, José Sócrates

O Ministério Público (MP) apresentou recurso da decisão do juiz Ivo Rosa que ordenou a destruição de emails apreendidos ao ex-patrão de José Sócrates na farmacêutica Octapharma, Lalanda e Castro.

O juiz ordenou aos funcionários do Tribunal Central de Instrução Criminal que coloquem as mensagens de correio electrónico de Lalanda e Castro num “envelope lacrado” para que sejam posteriormente eliminadas, como atesta o Público.

“Dado que o correio electrónico em causa não foi indicado como meio de prova [pelo MP]” e visa “pessoas que não são nem nunca foram consideradas suspeitas” no processo, justifica Ivo Rosa.

Os emails envolvem correspondência entre Lalanda e Castro e funcionários da Octapharma que nunca foram visados na Operação Marquês. O ex-patrão de Sócrates na farmacêutica chegou a ser arguido no processo, mas as suspeitas contra ele foram arquivadas.

Ivo Rosa entende, assim, que estes emails devem ser destruídos. Mas o MP contesta a decisão num recurso enviado para o Tribunal da Relação de Lisboa, alegando que a argumentação do juiz “não tem qualquer suporte legal“, como cita o Público.

O MP acusa também Ivo Rosa de pretender influenciar o desenrolar do caso, notando que “a fase de instrução transforma-se numa forma de condicionar a produção de prova em posteriores fases do processo”.

A posição do MP é que os emails só devem ser destruídos após um eventual julgamento e logo que as possíveis condenações transitem em julgado.

ZAP //

PARTILHAR

14 COMENTÁRIOS

  1. Aqui está a explicação do “conveniente” sorteio de Juízes (à terceira tentativa).
    O Juiz Ivo Rosa é o guardião de José Sócrates.
    Nem que a vaca tussa, com este Ivo Rosa, Sócrates jamais será condenado.
    Talvez se torne mais um “grande amigo” de Sócrates e dos muitos milhões que surripiou.

  2. Óptima iniciativa a do Sr Dr.
    Talvez fosse conveniente caucionar o respetivo salário a receber no futuro para ajudar a pagar a indemnização choruda a peticionar pelo Pinóquio e os seus associados depois de serem absolvidos como se de autênticos meninos de coro se tratasse. Porque a serem absolvidos, os vigaristas nunca ficam satisfeitos e querem a desforra e somos nós que teremos de pagar.
    A alternativa pode também ser uma mudança de profissão, após esse senhor desmontar todo o trabalho a grande custo levado a cabo pelo MP…
    E também sou da opinião que aquele sorteio manhoso, que só funcionou á terceira – á terceira foi de vez – tem muito que se lhe diga…

  3. O malandro do juiz quer destruir emails: a) que não foram indicados como prova; b) que não pertencem a pessoas acusadas; c) quando o próprio Lalanda de Castro não é acusado… e o “malandro” é o juiz???
    O que pretende o MP com emails estranhos aos autos e com títulos como este?

  4. De facto, no primeiro foi tudo muito mais claro: sorteio para quê? Entrega-se em mão ao super juiz e está feito o sorteio. O princípio do juiz natural é só para quando o MP não quiser o super ou estiver distraído.

    • “Arvelos”

      És mais um amigo do pinoquio???
      Malandro tu??? Meu maroto!!!!

      Deve ser mais claro entregar o processo há terceira tentativa depois de ter saído o nome do “super”!!

      Sim super pois ele venceu 3 a 1!!!

    • Durante a primeira fase houve mais de 50 recursos por parte da defesa e apenas um foi deferido… por uma coisa que dá pelo nome de Rangel. Penso que diz tudo relativamente a este processo.

  5. Todos devemos confiar na Justiça, penso que o sistema terá meios de corrigir eventuais erros de um Juiz, que também se pode enganar. pelo que ouvi nas noticias o Juiz Ivo Rosa parece estar mais do lado dos arguidos que do MP e teve algumas decisões polémicas que depois foram corrigidas, algumas já tarde por tribunais superiores ( peço perdão se estou a dizer alguma inverdade ). Quanto à minha opinião sobre este caso, é um caso grande mais para que alguém o possa branquear, a opinião publica não perdoaria algo assim. A justiça será feita apesar de todas as influências que certamente se movem nos bastidores pois são pessoas muito importantes, poderosas e ricas. Algo mudou na Justiça portuguesa o tempo da impunidade para alguns parece ter acabado.

    • Era tão bom que assim fosse!!!

      Olhe no caso da CGD os deputados impediram a divulgação das listas de devedores! Quando estas listas foram públicas os crimes prescreveram

      No caso do Zé S acredito que o juiz Rosa vai só deixar ir a tribunal meia dúzia de pequenos crimes que pelo facto dele ter estado preso vai dar-lhe apenas pena suspensa

      Mas vamos ver quem tem razão

Governo vira-se para Rio para mudar a lei e garantir o novo aeroporto

O Governo está a preparar uma alteração à Lei para evitar que o projecto do novo aeroporto do Montijo seja chumbado. Uma medida que passará, necessariamente, pela necessidade de um entendimento entre PS e PSD …

"Entretenimento saudável". Santa Casa desvaloriza estudo sobre raspadinhas

O Departamento de Jogos da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa desvalorizou a investigação da Universidade do Minho que aponta para o vício das raspadinhas. Esta sexta-feira, um artigo científico publicado na The Lancet alertou para …

"Diga-lhe para ligar ao FBI". Autocarro com a cara do príncipe André circula em Londres

Um autocarro escolar, com a cara do príncipe André, andou a circular por Londres, esta sexta-feira, numa campanha da advogada Gloria Allred para pressionar o filho da Rainha a falar com o FBI. Esta sexta-feira, um autocarro …

Suspeito de terrorismo ouvido em tribunal (com o juiz a recusar ver os seus vídeos por não ter Internet)

O arguido Rómulo Costa, um dos oito portugueses acusados por financiamento ao terrorismo e recrutamento, adesão e apoio ao Estado Islâmico, foi interrogado, esta sexta-feira, na fase de instrução do processo que vai decorrer no …

FC Porto recorre do castigo de um jogo à porta fechada

O FC Porto vai recorrer do castigo de um jogo à porta fechada, aplicado pelo Conselho de Disciplina (CD) da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) por ofensa a um agente desportivo. "O FC Porto vai recorrer …

Moita Flores investigado por corrupção. Antigo PJ fala em "coincidência" com empréstimo aos filhos

Francisco Moita Flores, antigo inspector da Polícia Judiciária e ex-presidente da Câmara de Santarém, está a ser investigado por suspeitas de corrupção. Há transferências de dinheiro de uma construtora para empresas a que esteve ligado …

SOS Animal vai constituir-se assistente no processo contra João Moura

A SOS Animal anunciou, esta sexta-feira, que se vai constituir assistente no processo criminal contra o cavaleiro tauromáquico detido, na quarta-feira, por suspeitas de maus-tratos a cães em Monforte, no distrito de Portalegre. Em comunicado, a SOS …

SMS de Rangel revelam teia de corrupção na Relação de Lisboa. Juiz Vaz das Neves tem empresa contra a lei

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa, Luís Vaz das Neves, que foi constituído arguido na Operação Lex, tem uma empresa que se dedica à arbitragem extrajudicial de conflitos, o que constitui uma violação …

Presidente da PwC esteve em Lisboa para controlar danos do Luanda Leaks

O presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC) esteve em Lisboa, há duas semanas, para controlar os danos provocados pelo caso Luanda Leaks. Bob Moritz, presidente mundial da PricewaterhouseCoopers (PwC), esteve em Lisboa, há duas semanas, para perceber até …

CM Lisboa vai negociar avenças em parques para moradores da envolvente da Baixa

O presidente da Câmara de Lisboa afirmou, esta sexta-feira, que a autarquia irá tentar acordar com os operadores dos parques de estacionamento da envolvente da Zona de Emissões Reduzidas da Baixa-Chiado a criação de "avenças …