MP encontra 635 mil euros sem explicação em contas da produtora de Moita Flores

O Ministério Público detetou movimentos de dinheiro sem explicação em contas bancárias relacionadas com Moita Flores, o antigo presidente da Câmara de Santarém acusado na última semana de três crimes de prevaricação e dois de participação económica em negócio.

Ao todo, segundo a acusação lida pela TSF, são 635 mil euros sem explicação depositados na conta da empresa de Moita Flores e da mulher, a produtora Antinomia, que fez várias séries para a RTP. O MP analisou perto de 150 contas bancárias, nomeadamente as que estavam na “esfera de influência” de Moita Flores.

Foram encontrados 135 movimentos a crédito com origem não identificada por, na sua maioria, se tratarem de depósitos em numerário ou em cujo descritivo apenas constava a designação “depósito”. A acusação diz que “se verificaram movimentações em numerário consideradas incomuns pelos montantes envolvidos e pela frequência dos mesmos”.

Em pouco mais de um ano, entre 2009 e 2010, as contas de Moita Flores receberam 18 depósitos em numerário no valor de 74 mil euros. Já as contas da mulher receberam 18.700 euros, dez mil euros acima do declarado em IRS.

Apesar de em nenhum dos montantes se ter encontrado uma relação com os factos investigados, o MP levanta uma série de interrogações. A maior interrogação encontra-se nas contas da produtora Antinomia que receberam, em 2009 e 2010, 902 mil euros, quase metade em dinheiro.

A magistrada responsável pela investigação exclui os montantes movimentados entre contas da empresa e dos sócios, e mesmo assim não consegue perceber como é que uma empresa com um volume de negócios a rondar os 61 mil euros nesses dois anos recebeu, além desses valores, mais 635 mil euros nas suas contas bancárias. Em causa poderia estar o crime de fraude fiscal ou fraude fiscal agravada, mas a acusação sublinha que o prazo de prescrição já passou pelo que o eventual processo não avançou.

Moita Flores garantiu à TSF que a empresa sempre foi gerida pela esposa que diz, por sua vez, que em causa, nestes montantes que levantam dúvidas ao MP, estão empréstimos avançados por familiares para pagar a fornecedores e salários numa altura em que a Antinomia passava por dificuldades económicas.

Admitindo alguma ingenuidade nestas questões, Filomena Moita Flores explica que o objetivo era apenas cumprir as obrigações da empresa, esperando que a situação melhorasse e que o Estado pagasse aquilo que devia à produtora que fez várias séries para a televisão pública.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Este individuo destruiu, entre decisões e negociatas, a cidade de Santarém para sempre. Desde crimes contra a natureza com abate de centenas de árvores adultas em avenidas e jardins, em projetos paisagísticos altamente polémicos, a endividamento em negócios com estacionamentos e edifícios em zonas privilegiadas que se encontram hoje em ruínas. Um catástrofe. FLORES era uma déspota, e conta se, esclavagista sexual das tarefeiras jovens da câmara. . Relembra se que MFlores concorreu à CMSantarem e foi eleito, derrubando o PS.

RESPONDER

ESA prepara-se para intercetar pela primeira vez um cometa puro

A Agência Espacial Europeia (ESA) desenvolveu um projeto que visa intercetar um cometa puro - um corpo celeste que nunca passou pelo Sistema Solar -, quando este se aproximar da órbita da Terra em meados …

Astrónomos encontraram uma nova (e surpreendente) cratera em Marte

Marte não se "magoa" facilmente mas, quando acontece, o resultado pode ser quase comparado a uma obra de arte. Uma cratera, descoberta em abril pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter (MRO), é a prova disso. Notável não só …

Elon Musk alerta: Civilização pode colapsar daqui a 30 anos

De acordo com Elon Musk, uma "bomba populacional" vai surgir nas próximas décadas, quando uma população mundial cada vez mais idosa chocar com a queda das taxas de natalidade em todo o mundo. Esta não é …

O mundo árabe está menos religioso. Mas continua homofóbico

Há cada vez mais árabes que dizem não ter religião. Esta é a principal conclusão de uma grande sondagem feita a mais de 25 mil cidadãos de países árabes pelo centro de pesquisa Arab Network …

Tina morreu durante 27 minutos e foi ressuscitada 8 vezes. Quando acordou, escreveu "é real"

Uma mulher norte-americana entrou em paragem cardíaca em fevereiro de 2018 quando se preparava para fazer uma caminhada com o seu marido Brian. Depois de desmaiar, Brian ressuscitando-a duas vezes antes de os paramédicos chegarem para …

"Homem-árvore" pede que as suas mãos sejam amputadas

Abul Bajandar, um homem de 28 anos do Bangladesh conhecido como "Homem-árvore" devido às incomuns verrugas que nascem nos seus membros, pediu que as suas mãos fossem amputadas para aliviar as dores insuportáveis.  Bajandar sofre de …

EUA. Senadores republicanos do Oregon fogem para não aprovar lei ambiental

Senadores estaduais do Oregon, nos Estados Unidos (EUA), encontram-se a monte desde quinta-feira para não votarem uma lei ambiental. Procurados pela polícia, voltaram este domingo a faltar a uma sessão legislativa, impedindo que haja quórum …

O planeta enfrenta um "apartheid climático"

O planeta está confrontado com um “'apartheid' climático”. De um lado, os ricos que se podem adaptar melhor às alterações climáticas, e do outro, os pobres que vão sofrer mais, disse esta segunda-feira um especialista …

Governo repõe 40 horas semanais para trabalhadores do CNB. Greve mantém-se

A partir de 1 de julho, os trabalhadores da Companhia Nacional de Bailado (CNB) voltarão às 40 horas semanais, numa uniformização laboral com os trabalhadores do Teatro Nacional de São Carlos. A decisão foi comunicada, esta …

Nova espécie de planta fóssil descoberta em Gondomar

Annularia noronhai foi encontrada no meio da cidade de Gondomar. Tem 300 milhões de anos, é um parente muito afastado da cavalinha e diz muito sobre o clima da época. Uma nova espécie de planta já …