MP diz que há provas de luvas nos negócios da PT

Mário Cruz / Lusa

-

Há indícios claros do pagamento de “luvas” nos negócios da Portugal Telecom, nomeadamente envolvendo as brasileiras Vivo e Oi, considera a investigação do Ministério Público em torno do caso que envolve José Sócrates.

Segundo o CM, que teve acesso a extractos da investigação, o Ministério Público defende que “a prova revela que os fundos acumulados na Suíça tiveram origem em diferentes agentes económicos”.

Nestes estarão incluídos, além do ex-Grupo GES, também o Grupo Lena e as empresas do empreendimento Vale do Lobo, cujos principais accionistas foram administradores da ESCOM.

Os referidos agentes económicos terão sido beneficiários de negócios que envolveram a Portugal Telecom, de contratos imobiliários, de obras públicas, de concessões rodoviárias e de financiamentos pela CGD”.

O MP acrescenta, segundo o CM, que “todos estes negócios tiveram o suporte em decisões governamentais, no tempo de governos presididos pelo arguido José Sócrates”.

O CM transcreve também um acórdão do Tribunal da Relação de Lisboa, no âmbito de um recurso da defesa do vice-presidente do Grupo Lena, Joaquim Barroca, também arguido na Operação Marquês.

O acórdão refere “a montagem de sucessivas operações de branqueamento, através da autorização da passagem pelas suas contas e da justificação como prémios de sucesso de fundos com origem, quer ao nível do Grupo Espírito Santo, quer ao nível de Vale do Lobo”.

Estas operações terão sido “favorecidos por decisões políticas, como seja no caso da intervenção da CGD como accionista da PT e como investidor no Grupo do Algarve”.

Segundo revela também o jornal Expresso, na sua edição deste sábado, o Ministério Público suspeita que há 17 milhões de euros do “saco azul” do BES, envolvido nos “Panama Papers“, que estarão ligados a Sócrates através de alegados “contratos forjados” em negócios da PT.

“Não são suspeitas, são insultos”, alega Sócrates

A defesa de Sócrates reagiu entretanto, a estas novas alegações do MP, que levaram à realização de buscas na casa de Zeinal Bava e de Henrique Granadeiro, ex-gestores da PT.

Num comunicado citado pelo Jornal de Notícias, os advogados José Araújo e Pedro Delille notam que depois da “lenda do Grupo Lena e da lamentável invenção de Vale de Lobo“, aparece agora a PT.

“Há muito que se percebeu a táctica do Ministério Público – novas suspeitas para justificarem novos adiamentos”, considera a defesa de Sócrates

Os advogados notam que tantos as anteriores alegações, como as actuais, apresentam “ausência de factos concretos, susceptíveis de contradição e de prova” e um “registo especulativo”.

Segundo a defesa do ex-primeiro-ministro, “o MP nunca confrontou, como era seu dever legal, o engenheiro José Sócrates com as ditas suspeitas e com factos que lhes dessem substância – limitou-se a atirá-las para o espaço público através dos jornais”.

Não são suspeitas, são insultos, não é um processo, é uma perseguição“, concluem os advogados do ex-primeiro-ministro.

ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O pasquim-mor cá do sitio vem hoje defender o seu heroi, com unhas e dentes a propósito da “entrevista”, que irá ser “analisada” pelo CSM. Era uma pena e uma tremenda derrota para o pasquim, que ficaria sem sem o seu “alimentador” de segredos de justiça e de elementos para a continuação do “julgamento popular”. O titulo de 1ª página do pasquim e o conteúdo da “opinião” escrita na página 18, não passam de uma suja chantagem sobre o CSM. Tão suja como o próprio pasquim.

RESPONDER

Situação de Grande Lisboa "não justifica" cerca sanitária, garante Marta Temido

A ministra da Saúde, Marta Temido, garantiu esta terça-feira que não existem na Área Metropolitana de Lisboa (AML) situações epidemiológicas de covid-19 que justifiquem a adoção de medidas como cercas sanitárias. “Naturalmente que, se houver alguma …

Bloco quer subsídio de desemprego extraordinário (e duplicar o valor do apoio para recibos verdes)

A coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, defendeu esta terça-feira a criação de um subsídio de desemprego extraordinário de 439 euros para os contribuintes que perderam rendimentos durante a pandemia e que não tenham …

Sem a pandemia, Benfica teria dois jogadores "praticamente vendidos por 200 milhões"

Luís Filipe Vieira disse que recebeu uma proposta de 60 milhões de euros por Vinícius, em janeiro. Caso não fosse a pandemia, o presidente benfiquista afiança que o clube teria encaixado 200 milhões de euros …

Israel pede ao exército para se preparar para anexar Cisjordânia

O ministro da Defesa de Israel pediu esta segunda-feira ao exército para se preparar para a anexação de partes da Cisjordânia ocupada, medida que é vista como uma aparente antecipação ao que poderão ser as …

"Colocou inúmeras pessoas em risco". Treinador do Atalanta viajou para Valência infetado

O Valência lamentou que o treinador do Atalanta, que admitiu ter tido sintomas compatíveis com covid-19 no jogo entre ambos os clubes, no dia 10 de março, não tenha tomado medidas preventivas. O treinador do Atalanta, …

Covid-19. Tribunal de Contas pede "transparência" nos ajustes diretos

O Tribunal de Contas (TdC) alertou para os riscos de má utilização dos recursos públicos canalizados para enfrentar a pandemia, defendendo que o seu forte impacto nas finanças públicas exige cuidados acrescidos de "transparência" e …

Técnicos do INEM recusaram-se a sair em quatro ambulâncias por falta de desinfeção

Técnicos do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) recusaram-se, nesta segunda-feira, a sair em serviço por falta de desinfeção de quatro ambulâncias destinadas para o transporte de doentes com covid-19. A notícia é avançada esta …

FIFA pede "bom senso" sobre castigos a jogadores que homenageiem George Floyd

A FIFA pediu na segunda-feira "bom senso" na aplicação de possíveis castigos a jogadores que homenageiem durante os encontros o norte-americano George Floyd, que morreu em 25 de maio, após uma ação policial. Em comunicado, a …

China atrasou partilha de mapa genético do novo coronavírus com a OMS

As autoridades chinesas atrasaram mais de uma semana a publicação do genoma do novo coronavírus, após vários laboratórios públicos o terem descodificado, privando a OMS de informação essencial para combater a pandemia, noticia esta terça-feira …

Mosaico romano do século III d.C encontrado intacto no norte de Itália

O piso de um mosaico romano, que os especialistas acreditam ser do século III d.C, foi encontrado intacto em Verona, cidade no norte de Itália. Depois de várias escavações fracassadas, o piso ornamentado foi encontrado junto …