Motoristas de matérias perigosas ameaçam com nova greve a partir de dia 7

Carlos Barroso / Lusa

O vice-presidente do Sindicato Motoristas Matérias Perigosas admitiu a possibilidade de uma nova greve, caso a ANTRAM não aceite que o salário base corresponda a dois salários mínimos nacionais e se não for criada uma carreira específica.

Questionado à saída da reunião entre o sindicato e a ANTRAM sobre se uma nova greve está em cima da mesa, Pedro Pardal disse apenas: “Muito provavelmente”. O vice-presidente sindical considerou uma “afronta” o facto de o representante da ANTRAM, segundo as suas declarações, “não vir preparado”.

” Trouxemos hoje uma proposta de um contrato coletivo de trabalho com mais de 70 artigos. A ANTRAM disse que foi surpreendida pelas nossas reivindicações. Nós não estamos a reivindicar nada a mais do que aquilo que já foi reivindicado ainda antes de iniciarmos a greve”, disse Pedro Pardal Henriques.

O vice-presidente do SNMMP adiantou ainda que deu um prazo de uma semana à ANTRAM para que “se pronuncie concretamente sobre os dois principais temas que estão em cima da minha: reconhecimento oficial da categoria de motorista matérias perigosas e o salário base destas pessoas ser igual a dois salários mínimos nacionais”. “No final desta semana, veremos quais são as formas de luta que iremos utilizar“, acrescentou ainda.

A ANTRAM pareceu desvalorizar a possibilidade de uma nova greve. Pedro Polónio, presidente da direção nacional, explicou que “a ANTRAM não trabalha com ameaças de greve. Aceitamos aquilo que é fazível e que faz sentido”.

Em declarações à saída da reunião, Pedro Polónio confirmou que a ANTRAM, “naturalmente, não trazia nenhumas respostas porque não tinha, em primeiro lugar, tido acesso a uma proposta integral e, por outro lado, foi estabelecido um calendário de negociações até ao final deste ano”. “Como tal, achamos que não se pode querer respostas imediatas. É preciso refletir”, acrescentou.

O presidente da ANTRAM adiantou ainda que o objetivo desta reunião “foi ouvir o sindicato” e que agora irá pensar sobre ela. “De amanhã a oito dias, há uma nova reunião onde vamos tentar continuar as negociações — que foi para isso que nos propusemos“, acrescentou Pedro Polónio.

A primeira reunião após a desconvocação da greve que conseguiu esvaziar cerca de metade das bombas de gasolina do país em apenas dois dias. Entre as reivindicações dos motoristas de matérias perigosas está um salário de 1.200 euros, um subsídio de 240 euros e a redução da idade de reforma.

O Governo, através do ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, conseguiu um acordo para pôr um ponto final na paralisação, definindo um calendário de negociações.

Durante os três dias de paralisação o sindicato conseguiu mais 200 sócios, que são agora mais de 700, num universo de cerca 900.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

NASA revela novos fatos espaciais que os astronautas vão levar para a Lua (e são pura ficção científica)

A NASA apresentou na terça-feira, na sua sede, em Washington, Estados Unidos, os novos fatos espaciais que os astronautas da missão Artemis vão usar em 2024, quando voltarem à Lua. Fatos feitos em modelos 3D, à …

Panama Papers. Mossack Fonseca não gostou do filme e processou Netflix por difamação

A dupla de sócios do escritório de advogados Mossack Fonseca, envolvido no caso “Panama Papers”, moveu um processo em tribunal por difamação contra a Netflix. A plataforma anuncia a estreia, para esta sexta-feira, do filme “Laundromat: …

Porsche e Boeing unem-se em projeto de táxi aéreo premium

A Porsche e a Boeing estão a unir esforços para explorar o mercado de mobilidade área urbana. Aproveitando os seus pontos fortes, as duas empresas prometem desenvolver um táxi aéreo para o futuro. Numa verdadeira fusão …

Fotografia com pombos? Na Tailândia, há "profissionais" contratados para assustá-los

A área de uma das portas da cidade, Tha Pae, parte do que resta da muralha vermelha que protegia a cidade antiga em Chiang Mai, na Tailândia, é uma das maiores atrações turísticas locais. Os turistas …

Sky News lança canal sem qualquer notícia sobre o Brexit

O canal Sky News Brexit-Free foi esta quarta-feira para o ar às 17h horas, sendo que os seus programas serão transmitidos até às 22h, de segunda a sexta-feira. O grupo de televisão britânico Sky vai lançou …

Vacina contra o cancro da mama pode estar disponível dentro de 8 anos

Investigadores da Clínica Mayo desenvolveram uma vacina contra o cancro ovário e da mama que poderá estar disponível comercialmente dentro de apenas oito anos. A ideia da vacina é estimular o próprio sistema imunológico dos pacientes …

Busca pelo avião de Amelia Earhart só encontrou chapéus, detritos de um naufrágio e uma lata de refrigerante

A mais recente busca pelos restos do avião de Amelia Earhart, a famosa aviadora americana que desapareceu sobre o Pacífico em 1937, terminou sem resultados. De acordo com o jornal norte-americano The New York Times, a investigação …

Protestos em Hong Kong. LeBron acusado de apoiar regime chinês

A super estrela do basquetebol LeBron James juntou-se à polémica entre a NBA e a China, após apelidar de “mal-informado” o treinador dos Houston Rockets, Daryl Morey, que expressou apoio aos manifestantes em Hong Kong …

Acordo para o Brexit está "prestes a ficar fechado"

A chanceler alemã, Angela Merkel, e o Presidente francês, Emmanuel Macron, disseram esta quarta-feira que um acordo para o Brexit está em finalização e poderá ser apresentado quinta-feira para aprovação no Conselho Europeu. "Quero acreditar que …

Em Chernobyl, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram para trás"

Chernobyl é, atualmente, a maior atração internacional da Ucrânia e o novo presidente, Volodymyr Zelenski, já apresentou um projeto para trazer ainda mais turistas. No entanto, estão a desaparecer "as memórias que as pessoas deixaram …