Motoristas de matérias perigosas aprovam “acordo histórico”. Falta a opinião dos patrões

Carlos Barroso / Lusa

O Sindicato Nacional de Motoristas de Matérias Perigosas (SNMMP) já obteve a concordância dos seus associados aos termos presentes no pré-acordo celebrado com a Associação Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Antram).

Segundo Pedro Pardal Henriques, advogado do SNMMP, avançou ao Eco, “os filiados” do sindicato “ficaram muito satisfeitos”, com aquilo que consideram ser “um acordo histórico”.

“A aceitação por parte dos nossos associados aconteceu durante o último fim de semana”, apontou Pardal Henriques, sublinhando que os seus “filiados ficaram muito satisfeitos, é um acordo histórico”. Mas para que os termos negociados ganhem estatuto de acordo oficial, falta o mesmo documento ser igualmente aprovado pelas empresas de transportes pesados.

A Antram explicou ao Eco que as reuniões com os associados ainda estão a decorrer, pelo que a associação preferia não se pronunciar, para já, sobre as opiniões que tem recolhido por parte das entidades patronais dos motoristas.

Além dos termos negociados com os motoristas de matérias perigosas, a Antram está também a reunir com os seus associados para lhes apresentar as propostas recebidas do Sindicado Independente de Motoristas de Mercadorias (SIMM), no seguimento da reunião da última segunda-feira, mediada pelo Ministério do Trabalho.

A Antram tem nova reunião com este sindicato agendada para esta sexta-feira, devendo resultar desta a decisão do SIMM em avançar ou não para uma greve a 27 de maio.

O advogado do sindicato de motoristas de matérias perigosas explicou ao mesmo jornal que a expetativa dos motoristas é que também as empresas aprovem os termos negociados com a Antram. Ainda assim, sublinhou, “o pré-aviso de greve continua em vigor até que o pré-acordo seja traduzido a escrito”. Assim, os motoristas de matérias perigosas têm uma paralisação agendada para começar na próxima quinta-feira, dia 23.

Na sequência de um desentendimento entre as partes após a primeira reunião, o SNMMP avançou com um pré-aviso de greve por tempo indeterminado a começar a 23 de maio. Em causa estiveram as declarações públicas da Antram após o primeiro encontro entre entidade patronal e entidade sindical, dando conta que esta última tinha recuado e aprovado um salário-base de 700 euros, que levou o SNMMP a reagir em força.

A visão das empresas face ao acordado pode não ser tão favorável como a dos motoristas. A Antram já salientou que os associados não estão em situação de acomodar as reivindicações salariais inicialmente propostas pelo SNMMP — salário base de 1.200 euros para o setor –, já que operam com margens muito apertadas.

Além da revisão do salário-base, também previa a limitação das horas extra exigidas aos motoristas e o pagamento integral, além de um aumento dos seguros e dos exames médicos a estes profissionais, tudo rubricas de custos a serem suportadas pelas empresas.

O SNMMP foi criado no final de 2018 e tornou-se conhecido com a greve iniciada no dia 15 de abril, que levou o Governo a decretar uma requisição civil e, posteriormente, a convidar as partes a sentarem-se à mesa de negociações.

A arbitragem do executivo fez com que representantes sindicais e empresariais chegassem a acordo, no dia 18 abril, definindo um calendário para o início das negociações, sendo a paralisação desconvocada de imediato.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. AHAHAHAHAHAHAHA
    Eu ontem também aprovei um acordo histórico, acordei cmg própria que vou ganhar o dobro, os meus patrões ainda não aprovaram, mas eu já e é histórico!
    Que cómico

RESPONDER

Sobem para quatro as mortes de professores que a Fenprof quer ver investigadas

A morte repentina de três professores enquanto trabalhavam nos últimos meses fez soar os alarmes na Federação Nacional dos Professores (Fenprof). Numa conferência que decorreu no Porto, Mário Nogueira, secretário-geral da organização sindical, revelou que vai …

Sahara já foi casa de algumas das maiores criaturas marinhas

O Sahara nem sempre foi um deserto e há milhares de anos atrás tinha animais, plantas e lagos. Cientistas descobriram agora que algumas das maiores criaturas marinhas viveram lá. O deserto do Sahara é um dos …

Christine Lagarde vai deixar as funções no FMI em setembro

Christine Lagarde vai deixar de ser diretora administrativa do Fundo Monetário Internacional (FMI) a 12 de setembro. A advogada, economista e política francesa apresentou na terça-feira a sua demissão ainda antes da confirmação do seu …

Governo aquém do objetivo. Há mais portugueses sem médico de família

A ministra da Saúde admitiu esta terça-feira que a meta de atribuição de médicos de família para todos os portugueses ficará aquém do objetivo traçado para esta legislatura. Marta Temido revelou que existem 700 mil …

Dia de vento forte em Lisboa e Leiria. Rajadas podem chegar aos 75 quilómetros por hora

Os distritos de Lisboa e Leiria estão, esta quarta-feira, sob aviso amarelo devido à previsão de vento forte, segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA). De acordo com o IPMA, os distritos de Lisboa …

Em 2100, não haverá tartarugas macho (e a culpa é das alterações climáticas)

https://vimeo.com/348240908 As tartarugas-marinhas-comuns nascidas num terreno fértil em Cabo Verde serão todas fêmeas por causa das mudanças climáticas, alertou um novo estudo. Mesmo sob um cenário de baixas emissões, 99,86% das crias de tartarugas seriam fêmeas até …

Aerogel de sílica pode ser a substância necessária para tornar Marte habitável

Marte é um lugar bastante inóspito e a NASA recentemente mostrou que não é possível transformá-lo numa "segunda Terra". No entanto, investigadores de Harvard mostraram que camadas finas de aerogel de sílica podem aquecer a superfície …

Revelada a primeira fotografia de entrelaçamento quântico

Pela primeira vez na História, os cientistas capturaram uma fotografia de entrelaçamento quântico - um fenómeno tão estranho que o físico Albert Einstein o descreveu como "uma ação fantasmagórica à distância". A imagem foi capturada por …

Netflix retira imagens de suicídio de "13 Reasons Why"

A Netflix modificou o episódio da série "13 Reasons Why" onde apareciam imagens do suicídio da protagonista Hannah Baker (Katherine Langford), passando agora essa parte da ação a ocorrer de forma totalmente oculta para os …

Belinda Sharpe é a primeira árbitra do râguebi australiano em 111 anos

Belinda Sharpe vai tornar-se na primeira árbitra de campo na história de 111 anos da liga profissional de râguebi na Austrália, quando dirigir um jogo do campeonato agendado para quinta-feira. A Liga Nacional de Râguebi (NRL) …