Moscovo expulsa diplomatas da Alemanha, Polónia e Suécia

A Rússia declarou hoje ‘persona non grata’ os diplomatas da Alemanha, Polónia e Suécia, acusando-os de participar numa manifestação de apoio ao opositor Alexei Navalny, anúncio que surge no dia da visita do chefe da diplomacia europeia a Moscovo.

Os diplomatas, cujo número não foi especificado, são acusados de terem participado em encontros “ilegais”, em 23 de janeiro, em São Petersburgo e Moscovo, informou o Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, num comunicado.

O Governo russo considera estas ações “inaceitáveis e incompatíveis com o seu estatuto diplomático”, dando ordem de expulsão aos diplomatas.



“A Rússia espera que, no futuro, as missões diplomáticas do reino da Suécia, da República da Polónia e da República Federal da Alemanha, e os seus funcionários, respeitem escrupulosamente as normas do direito internacional”, acrescentou o comunicado.

Poucas horas antes, o chefe da diplomacia europeia, Josep Borell, que hoje chega a Moscovo para uma visita oficial, tinha dito que as relações com a Rússia estavam “no seu pior” momento, devido aos casos do envenenamento e da condenação de Alexei Navalny.

Navalny, 44 anos, um investigador anticorrupção e o crítico mais conhecido de Putin, foi preso a 17 de janeiro ao regressar da Alemanha, onde passou cinco meses a recuperar de uma intoxicação por agente nervoso que atribui ao Kremlin.

Laboratórios na Alemanha, França e Suécia, e testes da Organização para a Proibição de Armas Químicas, estabeleceram que ele foi exposto ao agente nervoso Novichok. As autoridades russas recusaram-se a abrir um inquérito criminal completo, alegando falta de evidências de que ele fora envenenado.

Na terça-feira, um tribunal russo condenou Navalny a dois anos e meio de prisão, por violação de liberdade condicional.

A pena aplicada a Navalny foi condenada pela grande maioria dos países ocidentais, tendo a UE, através do seu alto representante para a política externa, afirmado hoje que a sentença imposta ao opositor russo é “inaceitável e politicamente motivada”, admitindo a possibilidade de aplicar novas sanções contra a Rússia.

  // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Presidente turco, Recep Tayyip Erdogan

Erdogan ameaça expulsar dez embaixadores que pediram libertação de Osaman Kavala

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos pediu a libertação de Osaman Kavala em 2019 e o Conselho da Europa declarou que a Turquia tem até novembro para libertar o opositor do regime, sob pena …

PCP vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022

A dois dias da votação na generalidade, Jerónimo de Sousa anuncia que o PCP vai votar contra o Orçamento do Estado para 2022 na generalidade. Com o Bloco de Esquerda a votar contra, o PS …

Domingo "gordo": os 18 resultados de um dia agitado no futebol

Muitos golos, muitos empates. Barcelona-Real estranho, José Mourinho expulso e Rui Vitória a sofrer uma goleada nunca vista. Tínhamos deixado aqui o aviso: o dia 24 de Outubro iria ser um "domingo gordo" no futebol. Foram …

Luis Marques Mendes

Não viabilizar o OE2022 seria "suicídio eleitoral" para o PCP

O Orçamento do Estado não parece ter a aprovação garantida e foi um tema inevitável no comentário de Luís Marques Mendes neste domingo à noite, na SIC. O comentador político considera que a intenção de o …

Ricciardi quer criar banco para regenerar nome da família Espírito Santo

José Maria Ricciardi diz que vai tentar criar um novo banco para "regenerar o nome da família Espírito Santo", baseado num conceito diferente dos bancos clássicos. Em entrevista ao jornal Público, José Maria Ricciardi, ex-administrador do …

Manchester United 0-5 Liverpool: o "mimado" Cristiano deveria ter sido expulso

Resultado histórico, mesmo raro em vários aspectos. "Batemos no fundo", admitiu Solskjær. Pogba foi expulso, Cristiano Ronaldo quase. O resultado deste jogo chegava para escrever uma notícia. O jogo de futebol mais aguardado no Reino Unido, …

O avançado Beto na sua apresentação na Udinese.

De trabalhador do KFC a "Haaland português". Pelo meio, Beto esteve para desistir do futebol

Agora a fazer tremer os defesas adversários em Itália, Beto teve uma vida e carreira atribuladas. Chegou a trabalhar no KFC e "por sorte" não deixou o futebol. Foi um salto gigante, mas não maior do …

Abdalla Hamdok, primeiro-ministro do Sudão

Golpe de Estado no Sudão. Primeiro-ministro e outros líderes detidos e internet cortada em todo o país

A internet e a rede telefónica estão a sofrer cortes no Sudão, que já sofreu uma tentativa de golpe de Estado há poucas semanas. Vários ministros, incluindo o primeiro-ministro Abdalla Hamdok, foram detidos. Depois de semanas …

Rui Rio, presidente do PSD

Entre risco e recompensa, direita mantém-se incerta perante chumbo do Orçamento

A esquerda arrisca perder votos caso suceda um cenário de eleições antecipadas com um eventual chumbo do OE. À direita, por sua vez, paira a incerteza. O cenário tem sido equacionado frequentemente nos últimos tempos. Anda …

Sporting está no pódio dos melhores clubes de formação (com Benfica à porta)

O Ajax é o clube com mais jogadores da sua formação a atuar nas 31 principais divisões europeias. O Sporting surge no terceiro posto, Benfica no oitavo e FC Porto no 16.º. O Observatório do Futebol …