Moradores das Maurícias estão a cortar o próprio cabelo para ajudar a evitar um desastre ambiental

Pierre Dalais / EPA

Moradores das Maurícias estão a cortar o seu próprio cabelo para para tentar minimizar os danos causados pelo derrame de petróleo de um navio janponês encalhado nos recifes de coral ao largo da ilha.

Estima-se que uma tonelada de petróleo da carga de um navio japonês de quatro toneladas já tenha escapado para o mar, segundo as autoridades.

O país declarou estado de emergência e em causa pode estar um desastre ecológico.

Enquanto o Governo tenta obter ajuda internacional, os moradores tentam ajudar de outra forma: estão a criar barreiras caseiras para conter o petróleo, usando palha, folhas de cana-de-açúcar E cabelos humanos que são depois colocados em sacos de tecido.

“Os cidadãos estão a construir quilómetros de barreiras flutuantes para conter o derrame de petróleo (…) estamos a fazê-lo com folhas de cana-de-açúcar, mas também com cabelo, uma vez que o cabelo é um ótimo absorvente de petróleo“, disse à BBC Joanna Berenger, parlamentar das Maurícias, que cortou o seu cabelo para ajudar.

Na verdade, o cabelo é uma ferramenta perfeita para ajudar a conter um derrame de petróleo, uma vez que é lipofílico, isto é, repele a água, mas é capaz de se ligar a qualquer outro composto feito a partir de petróleo ou outro óleo, sendo por isso útil na separação entre os dois – na prática, tem afinidade química com as gorduras.

Segundo Berenger, um quilograma de cabelo pode absorver 8 litros de petróleo.

Ao longo dos anos, vários cientistas sugeriram já utilizar cabelo, seja este de origem humana ou animal, para absorver derrames de petróleo, recorda o IFL Science.

Um estudo da NASA publicado no final da década de 1990 concluiu que 11.340 quilogramas de cabelo podem ser suficientes para absorver 170.000 barris de petróleo derramado e que um barril pode ser absorvido em menos de um minuto.

Os moradores locais estão agora a ser incentivos a cortar e a doar os seus cabelos à causa, havendo salões de cabeleireiro a oferecer os cortes de cabelo a quem quiser participar na iniciativa. França, antiga governante colonial da ilha, também se juntou à causa e prevê fazer chegar às Maurícias 20 toneladas de cabelo.

O primeiro-ministro, Pravind Jugnauth, declarou o estado de emergência e apelou à ajuda internacional, adiantando que o derrame “representa um perigo” para o país de 1,3 milhões de pessoas, que depende fortemente do turismo e foi já fortemente prejudicado pelas restrições de viagem causadas pela pandemia de covid-19.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. E que tal a companhia detentora do navio ter de implementar um plano para a resolução do incidente?

    Panaceias têm o seu impacto na comunicação social, ainda assim, é necessário que os responsáveis resolvam a questão asap. (embora os danos causados até ao momento sejam irreparáveis)

  2. Os responsáveis têm que começar a pagar bem caro.
    E aqui não há imunidades diplomáticas nem outras.
    Os custos e resolução imediata terão que ser imputados aos responsáveis.
    Que mundo de animais humanos…

RESPONDER

Faca feita de fezes entre os vencedores deste ano dos prémios Ig Nobel

Uma faca feita com fezes congeladas e um jacaré a arrotar são alguns dos vencedores dos prémis Ig Nobel, que distinguem as invenções mais incomuns. Os prémios Ig Nobel – uma paródia dos prémios atribuídos pelas …

O hemisfério norte teve o verão mais quente de que há registo (e isso é um sinal de alerta para a Terra)

O hemisfério teve em 2020 o verão mais quente de que há registo. No geral, o Planeta Terra teve três dos meses mais quentes, e o mês de agosto foi o segundo mais quente que …

Há uma nova explicação para o naufrágio do Titanic: Uma fantástica Aurora Boreal

Todos conhecemos a história do Titanic. Também todos sabemos que o seu naufrágio aconteceu após o grande navio ter embatido num iceberg. Contudo, um investigador americano põe novas hipóteses em cima da mesa. E se …

Famalicão 1-5 Benfica | "Águia" faminta com nota artística

Após a desilusão de Salónica, que ditou um adeus precoce dos milhões da fase de grupos da Liga dos Campeões, o Benfica goleou na noite desta sexta-feira o Famalicão por 5-1, numa espécie de redenção. Neste …

O anonimato de Banksy teve um custo. Perdeu os direitos sobre uma das suas obras mais icónicas

O famoso artista de rua britânico Banksy perdeu uma longa batalha judicial pelos direitos autorais da obra "The Flower Thrower", contra a Full Colour Black, empresa que produz postais de felicitações. Banksy, o misterioso artista que, …

Reino Unido e Espanha aumentam restrições. Itália e Alemanha com quase dois mil casos

Madrid restringe movimentos de 850 mil pessoas, Itália regista um aumento dos casos de infeção nas últimas 24 horas, britânicos enfrentam novas restrições no país e Alemanha com dois mil novos casos de covid-19. A região …

Trump novamente acusado de assédio sexual. "Enfiou a língua na minha garganta", disse Amy Doris

O Presidente dos EUA, Donald Trump, foi acusado esta quinta-feira de agressão sexual por uma ex-modelo, num episódio que alegadamente terá ocorrido num torneio de ténis, em 1997. A ex-modelo Amy Dorris relatou ao jornal britânico …

Ventura pondera suspender mandato para se dedicar à campanha presidencial

O presidente do Chega afirmou hoje que o seu partido "está a analisar" no plano jurídico a questão da suspensão temporária do seu mandato de deputado para se dedicar às campanhas dos Açores e presidenciais. Em …

Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recupera, avisa neurologista

Um neurologista ouvido num documentário da RMC Sport diz que o ex-piloto de Fórmula 1 Michael Schumacher está em estado vegetativo e dificilmente recuperará. Já passaram quase sete anos desde que Michael Schumacher sofreu um acidente …

Processos com acórdãos a meias entre Rangel e Galante estão em risco

Durante dez anos, centenas de acórdãos do Tribunal da Relação de Lisboa foram feitos a meias entre Rui Rangel e Fátima Galante. Agora, esses processos estão em risco. A Procuradoria-Geral da República anunciou esta sexta-feira a …