Montijo vai mesmo descolar. “Não será uma pandemia a alterar um projeto necessário há mais de 50 anos”

ANA / VINCI Aeroportos

Projeto para novo Aeroporto no Montijo

A pandemia de covid-19 não vai alterar um projeto “considerado necessário há mais de 50 anos”, sublinhou o primeiro-ministro na conferência da Confederação do Turismo de Portugal (CTP).

Acelerar a recuperação do turismo, um dos setores mais prejudicados pela pandemia de covid-19, passa por dar continuidade ao projeto do aeroporto do Montijo.

“Temos trabalhado com a ANA e o município da Moita para que nada justifique atrasos no calendário estabelecido e podermos ter um novo aeroporto em Lisboa para o que será a procura pós-covid”, disse o primeiro-ministro, esta segunda-feira, na conferência da Confederação do Turismo de Portugal (CTP), citado pelo Expresso.

Não será uma pandemia a alterar um projeto considerado necessário há mais de 50 anos”, afirmou ainda António Costa, salientando que o “turismo pós-covid vai ser seguramente um bom setor de atividade num país que é o melhor destino do mundo há três anos consecutivos”.

O problema reside em “como chegar ao pós-covid”, numa crise que não se sabe “quanto tempo vai durar” e que “atingiu brutalmente as empresas de turismo”.

Neste momento, a prioridade do Executivo é “preservar o mais possível os ativos deste setor”. “Precisamos de empresas para recuperar a atividade em pleno, tal como não podemos deixar perder os seus recursos qualificados.”

Flexibilização da medida de apoio à retoma para o turismo

António Costa anunciou que o Governo está a preparar uma flexibilização da medida de apoio à retoma, que veio substituir o lay-off simplificado, assim como uma iniciativa que permitirá reaver parte do IVA dos serviços de turismo e restauração.

O governante adiantou que, tendo em conta a evolução da economia, está a “preparar a flexibilização da medida de apoio à retoma, sucedâneo do lay-off simplificado”, sem adiantar mais detalhes.

O lay-off simplificado foi substituído em agosto pela medida de apoio à retoma progressiva e pelo incentivo financeiro extraordinário à normalização da atividade empresarial – que contempla um apoio equivalente a dois salários mínimos por trabalhador pago ao longo de seis meses ou a um salário mínimo pago de uma vez.

Manter o lay-off simplificado no turismo é uma reivindicação do setor, uma vez queo programa sucedâneo não se adapta à atividade, pois tem como pressuposto a recuperação económica, algo que não se verificou a nível turístico.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Sempre vão avançar com o parque de estacionamento para as avionetas da TAP, da Ryanair e da EasyJet? Um aeroporto para o E190, para o B737 e para o A320!! Até o aeroporto de Badajoz tem uma pista maior do que a do Montijo! Também não é preciso fazer um aeroporto como o de Barajas, mas deixem de brincar às casinhas, está bem?

  2. Alguém falou em turismo?? Ah estavam a falar de covid certo? Covid falta de turistas países a fechar fronteiras, hotéis em dificuldades…. Economia estagnada…. Aeroportos desertos… Que bem é neste contesto que querem construir um novo aeroporto sabendo que o cenário alterou? Vão mas é ajudar as empresas e os desempregado esses sim precisam de ajuda

Responder a Ponto Cancelar resposta

Prisão preventiva para hacker português suspeito de invadir sistema do tribunal eleitoral do Brasil

O hacker suspeito de invadir o sistema informático do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) do Brasil, detido no sábado em Portugal, ficou esta segunda-feira em prisão preventiva, disse à agência Lusa fonte ligada ao processo. A PJ, …

Chefe do Governo Hong Kong revela ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas

A chefe do Governo de Hong Kong, Carrie Lam, revelou esta semana ter "pilhas de dinheiro" em casa por causa das sanções norte-americanas. Em declarações à International Business Channel, a líder do Executivo de Hong Kong …

António Mexia e Manso Neto vão deixar gestão da EDP

Os presidentes executivos da EDP e da EDP Renováveis, António Mexia e Manso Neto, ambos suspensos de funções, manifestaram-se indisponíveis para voltar a integrar os órgãos sociais do grupo num novo mandato. Em comunicado à Comissão …

João Ferreira desafia Marcelo a assumir candidatura "o quanto antes"

  João Ferreira, candidato comunista às presidenciais, acredita, como os "todos" os portugueses, que Marcelo Rebelo de Sousa será recandidato, mas desafiou-o esta segunda-feira a dizê-lo "quanto antes", por "uma questão de transparência". “Já todos perceberam o …

Irão. Líder Supremo pede punição pela morte de cientista que liderou programa nuclear

O líder supremo do Irão, o Ayatollah Ali Khamenei, exigiu no sábado punição pela morte do cientista Mohsen Fakhrizadeh, que liderou o programa nuclear de Teerão, enquanto a República Islâmica culpa Israel pelo assassinato. Israel, há muito …

Portugal é o país da UE mais próximo de atingir metas climáticas para 2030

Portugal é o país da União Europeia (UE) mais perto de atingir as suas metas climáticas de redução de emissões até 2030, relativamente aos níveis de 2005, segundo um relatório esta segunda-feira publicado pela Comissão …

Novos casos aumentam mais de 50% em oito concelhos do Norte

O número de novos casos de infeção no Norte aumentou mais de 50% em oito concelhos da região, seis dos quais no distrito de Vila Real e dois em Bragança, segundo o relatório da Administração …

União Europeia convida Joe Biden para cimeira presencial durante presidência portuguesa em 2021

O presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, convidou o Presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, para uma cimeira presencial no primeiro semestre de 2021, durante a presidência portuguesa da União Europeia. Fontes europeias informaram que …

Maior controlo nas fronteiras não foi eficaz para conter o vírus, diz Cabrita

O ministro da Administração Interna considerou esta segunda-feira que o maior controlo nas fronteiras internas do espaço Schengen, durante os primeiros meses da pandemia, não foi eficaz para conter o novo coronavírus. “Ao nível das fronteiras …

Hospitais de Coimbra estão "muito próximos" do limite de capacidade

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) está "muito próximo do limite de capacidade" de resposta à covid-19, devido à falta de recursos humanos, disse esta segunda-feira o presidente do conselho de administração da …