Miss italiana atacada com ácido pelo ex-namorado mostra o rosto pela primeira vez

Gessica Notaro / Facebook

Gessica Notaro, Miss Roma 2007, antes de ter sido atacada com ácido por ex-namorado.

Gessica Notaro, Miss Roma 2007, antes de ter sido atacada com ácido por ex-namorado.

A italiana Gessica Notaro, uma das finalistas do concurso Miss Itália 2007, está a comover o país, depois de ter mostrado, pela primeira vez, as marcas que lhe ficaram no rosto após ter sido atacada com ácido pelo ex-namorado cabo-verdiano.

Gessica Notaro apareceu em público pela primeira vez, após o ataque que aconteceu no passado 10 de Janeiro de 2017, para mostrar o rosto desfigurado e passar a mensagem de que “isto não é amor”.

A jovem de 28 anos começou por surgir de cara tapada com um lenço no programa “Maurizio Costanzo show”, depois de ter sido convidada para relatar a sua história de sobrevivência.

O apresentador disse-lhe que se ela quisesse, poderia manter o lenço, mas ela sublinhou que preferia tirá-lo, mostrando assim, o rosto desfigurado, após ter sido alvo de várias cirurgias, e ainda com o olho esquerdo tapado por causa de uma operação recente.

“Quero que vejam o que ele me fez. Isto não é amor”, lançou Gessica Notaro no programa.

Até agora, Gessica Genaro só tinha deixado mensagens no Facebook sem mostrar a sua cara, nomeadamente para apelar às mulheres para não deixarem “ninguém” “pisar” a sua “dignidade” e agradecendo a todos os homens que “sabem o que significa a palavra respeito”.

“O ácido comia-me o rosto”

Gessica Notaro foi atacada pelo ex-namorado, o cabo-verdiano Jorge Edson Tavares que está detido, depois de ter sido alvo de perseguições e de ter recebido SMS ameaçadoras.

Insatisfeito com o fim do namoro entre os dois, ele acabou por lhe armar um emboscada, deitando-lhe no rosto uma mistura química que é usada para desentupir torneiras e que é composta por substâncias corrosivas, conforme relata o jornal Corriere della Sera.

A publicação sublinha que o ácido deixou “buracos enormes” em três carros que se encontravam no parque de estacionamento onde a atacou, perto da casa dela.

“Procurei manter-me lúcida”, conta a jovem ao site Dilei.it, relembrando o momento do ataque. “Sabia que não devia tocar o rosto com as mãos e sabia também que não devia enxaguar-me”, acrescenta.

“Pedi à minha mãe para me levar depressa para o hospital, enquanto sentia que o ácido me estava a entrar nos olhos e comecei a ver sempre menos. Enquanto o ácido me comia o rosto, eu rezava a Deus: leva-me a beleza, mas deixa-me ao menos a vista“, revela ainda Gessica Notaro.

Sobre o ex-namorado sublinha que a tinha “ameaçado” quando, há cerca de um ano, apresentou queixa contra ele na polícia. “Ameaçava sobretudo, matar-se depois de me fazer pagar”, refere.

Juiz rejeitou prisão preventiva

O Ministério Público pediu a prisão preventiva do cabo-verdiano, depois da queixa de Gessica Notaro, porque foram encontradas várias armas em sua casa, incluindo uma besta, uma pistola de ar comprimido e balas, segundo revela a imprensa italiana.

Além disso, o homem tinha registo criminal pela falta de pagamento de uma pensão de alimentos a uma ex-companheira, com quem teve um filho, em 2011, e ainda vivia mesmo ao lado da casa de Gessica e da sua mãe.

Mas o juiz de instrução criminal rejeitou a prisão preventiva, decretando apenas uma ordem de restrição, determinando que o cabo-verdiano não podia aproximar-se de Gessica.

A ex-Miss Roma lamenta que o seu caso “revelou quanto a Lei tem demonstrado ser distraída e ineficaz” neste tipo de situações, conforme cita o site Dilei.it. “E quanto é injusto que o rosto das vítimas fique deturpado para toda a vida, enquanto as penas dos agressores se limitam a poucos anos”, conclui.

Durante a participação no “Maurizio Costanzo show”, Gessica abordou de novo estas críticas ao sistema judicial italiano e o ministro da Justiça de Itália, Andrea Orlando, chegou a intervir no programa de televisão para anunciar que vai receber a jovem no próximo dia 27 de Abril.

Entretanto, Gessica diz que pretende “ajudar as mulheres que estão propensas a terem o mesmo desfecho que [ela] a saíram do seu pesadelo“.

Lançamento do primeiro disco em suspenso

A jovem trabalhava num parque aquático como treinadora de leões marinhos, mas por causa das mazelas do ataque, não poderá voltar a exercer essa função.

O sonho de ser cantora continua porém, vivo, porque o ácido não lhe danificou as cordas vocais. Ela tem agora, o lançamento do seu primeiro disco em suspenso quando estava praticamente pronto a ser divulgado, aquando do ataque.

SV, ZAP //

3 COMENTÁRIOS

  1. Não percebo que tipo de justiça esta europa tem e pratica, a meu ver existem penas deste tipo devivo às incompetências dos magistrados, mas não só em Itália.

  2. as mulheres e as filhas destes juízes também deviam de sofre na pele, para ver se eles mudavam logo as penas para outras bem mais pesadas, e cá é a mesma coisa, o pensamento dos muitos juízes é “com o mal das outras posso eu bem”

RESPONDER

O presidente do PSD, Pedro Passos Coelho

Passos não metia "uma rolha na boca" a quem o criticava

"É esta a Democracia praticada por quem está este domingo no Governo, uma Democracia limitada e mais pobre", salientou o ex-primeiro-ministro. O líder do PSD, Pedro Passos Coelho, afirmou este domingo que quando estava no Governo …

-

SpaceX aborta lançamento de foguete Falcon 9 no último instante

A empresa aeroespacial norte-american SpaceX suspendeu este domingo, no último minuto, o lançamento de um foguete na estação espacial Kennedy, da agência espacial norte-americana NASA, devido a "um problema no sensor". O lançamento do foguete Falcon …

O alpinista suíço Ueli Steck

Alpinista suíço Ueli Steck morre em acidente no Evereste

O alpinista suíço Ueli Steck, de 40 anos, morreu hoje num acidente de alpinismo perto do Monte Evereste, no Nepal, informaram os organizadores da expedição. O alpinista Ueli Steck morreu no campo 1 do Monte Nuptse. …

O presidente dos EUA, Donald Trump

Trump vai tomar “grande decisão” sobre Acordo de Paris nas próximas duas semanas

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou este sábado, ao cumprir 100 dias na Casa Branca, que vai tomar “uma grande decisão” sobre o Acordo de Paris relativo às alterações climáticas “nas próximas duas …

goalpoint-braga-sporting-liga-nos-201617-1068x522

Braga vs Sporting | Bas Dost arrasa em jogo de loucos

O Sporting levou a melhor sobre o Sp. Braga, ao vencer por 3-2 na Pedreira, num jogo com uma segunda parte de loucos e quatro golos, num total de cinco. Os “leões” dominaram na posse …

-

"Logan" vai ter uma versão a preto e branco

James Mangold, o realizador de Logan, anunciou esta sexta-feira que o filme vai ter uma versão especial a preto e branco. Recorrendo à rede social Twitter para dar a novidade, Mangold indicou o dia 16 de …

Mergulhadores das forças especiais Navy Seals nadam de regresso ao submarino USS Michigan após uma operação

Coreia promete destruir em "pedaços de metal fundido" o submarino nuclear americano

O submarino USS Michigan da Marinha dos EUA, que chegou este sábado ao porto sul-coreano de Busan, pode ter um “final triste”, se Washington tiver alguma "atitude provocatória". Num artigo para o portal norte-coreano Uriminzokkiri, "Compatriotas …

O ministro das Finanças, Mário Centeno

Regras do Fundo de Resgate não permitem redução do juro proposta por PS/BE

Uma redução da taxa de juro dos empréstimos europeus concedidos no programa de resgate, conforme propõem PS e Bloco de Esquerda, não é permitida pelas regras do Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (FEEF), segundo fonte …

A ativista argentina Taty Almeida, militante da organização Madres de Plaza de Mayo

"Quem lhe falta?": Mães da Praça de Maio completam 40 anos de luta pela memória e pela vida

No dia 30 de abril de 1977, em plena ditadura militar na Argentina, 14 mulheres reuniram-se na Praça de Maio, em frente à sede do governo em Buenos Aires, para protestar pelos seus filhos desaparecidos, …

-

Afinal, os teóricos da conspiração podem ser apenas solitários

Se tivesse que descrever um teórico da conspiração, provavelmente pensaria numa pessoa maluca, que “não bate bem da cabeça”, certo? Errado. Segundo um estudo recentemente publicado no Journal of Experimental Social Psychology, os teóricos da …